Guerrilha do Araguaia: novas descobertas

O Museu da Guerrilha do Araguaia, em São Geraldo do Araguaia (PA), era fachada para Eduardo Lemos Porto, técnico agrícola e agente da repressão política infiltrado no Sul do Pará entre as décadas de 1970/1980 pelo Centro de Inteligência da Marinha (Cenimar). A descoberta da Comissão Estadual da Verdade do Pará, em conjunto com a Universidade Federal do Sul e Sudoeste do Pará e a Associação dos Torturados na Guerrilha do Araguaia, foi apresentada ontem, 31, no auditório do Campus I da Unifesspa, em Marabá, em relatório da diligência realizada no último dia 18. O acervo recolhido, constituído por documentos oficiais, revelou que o antigo Museu da Guerrilha do Araguaia serviu, durante mais de vinte anos, de fachada para ações de monitoramento, vigilância e informações. A infiltração do agente na região, onde foi deflagrada à guerrilha do Araguaia (1972/1975), correspondeu às preocupações que a repressão política teve com a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e o Partido Comunista do Brasil (PC do B) no curso das crescentes lutas de resistência dos posseiros conta a grilagem e os grandes empreendimentos no Sul e Sudeste do Pará. A ação de Eduardo Lemos Porto, ligado à Marinha desde 1973, foi de assessoria às ações do Grupo Executivo de Terras Araguaia-Tocantins (Getat), instrumento que militarizou a questão fundiária na região e que era ligado diretamente ao então Conselho de Segurança Nacional da Presidência da República. Os documentos comprovam, ainda, que a estrutura de vigilância e de informações aos órgãos de segurança perdurou até a década de 2000 e que os camponeses que lutam para conquistar…

Deputado João Chamon solicita cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia para Marabá

Buscando levar ao setor acadêmico meios para engrandecer e melhor qualificar nossos jovens do Sul e Sudeste do Pará, apresentei durante a Sessão desta quarta-feira (26), Moção ao Magnífico Reitor Maurílio de Abreu Monteiro, da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará – UNIFESSPA, solicitando as medidas necessárias para que, no Campi de Marabá sejam ofertados os cursos de MEDICINA VETERINÁRIA e ZOOTECNIA. Me motivou tal propositura o fato de que Marabá e a micro-região de Carajás formam um importante polo agropecuário, segundo o último senso agropecuário. Com isso, a oferta destes cursos de graduação são fundamentais para o pleno desenvolvimento e sucesso dessa atividade econômica tão importante para a nossa região. Estarei vigilante e atento no acompanhamento desta solicitação. Espero poder em breve trazer boas notícias.

Compartilhe:

Em Marabá, Hospital reúne aprendizes legais em encontro

O Núcleo de Educação Permanente (NEP) do Hospital Regional do Sudeste do Pará (HRSP) Dr. Geraldo Veloso, em Marabá, promoveu o 1º Encontro Aprendiz Legal. O objetivo foi fomentar a importância do trabalho dos aprendizes dentro do HRSP e promover uma atitude reflexiva sobre sua postura no âmbito organizacional.

O HRSP mantém, atualmente, em seu quadro de colaboradores, 14 jovens aprendizes legais, que atuam em nove setores. O evento foi conduzido pela psicóloga Taís Moraes Ribeiro da Silva, coordenadora do setor de Recursos Humanos.  A psicóloga explicou que o intuito do hospital é manter os jovens aprendizes na instituição. Diretamente a eles, em palestra, ela acrescentou o que pode melhorar para cada um deles no processo de treinamento, ao se tornarem funcionários da Pró-Saúde; explicou ainda sobre os benefícios que eles pode oferecer ao hospital, principalmente para os pacientes e acompanhantes, ao se qualificarem profissionalmente.

“Percebemos que alguns dos aprendizes tiveram dificuldade em falar de si”, situação compreensível porque, “realmente não é fácil falar de nós mesmos. Normalmente, quando falamos de nós nos deparamos com nossos defeitos; nem sempre estamos preparados para encarar e expor essa realidade”, completa Taís.

Compartilhe:

Guerrilha do Araguaia:Beto Salame vai mediar processo de tombamento da casa azul

Durante encontro ocorrido no auditório do Campus I da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), o deputado federal Beto Salame se comprometeu a envidar esforços no IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – para agilizar o processo de tombamento da “Casa Azul”. Para quem ainda não conhece, a Casa Azul – que fica na área do DNIT na entrada do Núcleo Cidade Nova, em Marabá – foi usada como base militar e prisão de suspeitos durante a Guerrilha do Araguaia. Ali há relatos de graves violações de Direitos Humanos (prisões, torturas e execuções) durante a Ditadura Militar no Brasil. Em 31 de março deste ano, a Unifesspa criou o Grupo de Trabalho “Casa Azul”, para a realização de estudo e apresentação de relatório sobre o valor histórico e cultural do referido espaço, visando fundamentar petição de solicitação de seu tombamento no IPHAN. E é justamente nesse contexto que o deputado Beto Salame deve atuar, agilizando o andamento do processo por meio de audiência com representantes do IPHAN. Além disso, Salame também deve definir emendas parlamentares para a Unifesspa, no sentido de fortalecer esse e outros projetos tocados pela universidade.   O tombamento da “Casa Azul” visa preservar um patrimônio material da/para a memória coletiva dessa região da Amazônia e do Brasil; manter viva e atualizada a memória das violações (prisões, torturas, execuções cruéis, intervenção como área de segurança nacional) de um período antidemocrático da história política recente do Brasil. Conforme consta no Relatório da Comissão Nacional da Verdade, estima-se…

Vale apresenta novo Trem à imprensa nesta quarta

A renovação do transporte de passageiros é um marco no ano em que a Vale completa 30 anos de operações no Pará e Maranhão   Na quarta-feira 2/9, a Vale apresenta à imprensa o novo Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC). A visita técnica será realizada às 14h30 na Estação Ferroviária de Marabá, no Km 738, no Distrito Industrial e inclui um passeio de 40 minutos pela ferrovia.   A renovação do transporte de passageiros, que interliga os estados do Pará  e Maranhão, é um marco para a Vale pois este ano a empresa celebra 30 anos de operações da EFC e do Complexo Minerados de Carajás. O trem, que percorre  27 municípios e povoados, sendo quatro no sudeste paraense e 23 no Maranhão,  é utilizado por 1.300 pessoas por dia. Em média, por ano, são 350 mil pessoas beneficiadas com o transporte ferroviário. A renovação do transporte de passageiros é um marco no ano em que a Vale completa 30 anos de operações no Pará e Maranhão   Na quarta-feira 2/9, a Vale apresenta à imprensa o novo Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC). A visita técnica será realizada às 14h30 na Estação Ferroviária de Marabá, no Km 738, no Distrito Industrial e inclui um passeio de 40 minutos pela ferrovia.   A renovação do transporte de passageiros, que interliga os estados do Pará  e Maranhão, é um marco para a Vale pois este ano a empresa celebra 30 anos de operações da EFC e do Complexo Minerados de Carajás.…

MARABÁ:CRISE OBRIGA SINE MUDAR DE ENDEREÇO E FUNCIONAR EM COOPERAÇÃO COM O ESTADO

A Prefeitura Municipal de Marabá informa ao público que o Sistema Nacional de Emprego (Sine) não teve suas atividades paralisadas na cidade.

Esclarece que o serviço funciona conforme Termo de Cooperação com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), e que esse termo teve sua validade expirada no final de agosto.

Entretanto, o Governo Municipal se reúne nesta quarta-feira, dia 2, em Belém, com o secretário-adjunto de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda para propor que doravante os serviços oferecidos pelo Sine, via município, sejam transferidos para a Estação Cidadania, que funciona no Shopping Pátio Marabá, onde a Seaster executa as mesmas atribuições quanto à oferta de emprego.

Vale ressaltar que na Estação Cidadania os usuários terão ambiente mais acessível e mais confortável, com número maior de servidores no atendimento, que acontecerá com mais rapidez.

A proposta também representa considerável economia para o município, na ordem de R$ 300 mil mensais, tendo em vista o momento de contenção de despesas pelo qual todos os municípios do país passam em razão do momento econômico.

Em nenhum momento há, por parte do governo municipal, intenção de paralisar as atividades do Sine. O que se busca é ampliação do sistema e uma maior comodidade e agilidade no atendimento ao público de Marabá e região.
Ascom Marabá

 

Compartilhe:

Marabá:Vereador denuncia caos nas Universidades Públicas

A universidade do estado do Pará (UEPA) é dividida em três centros, de acordo com as áreas do conhecimento: centro de ciências sociais e educação. Em Marabá mais de 700 alunos deveriam receber apoio pedagógico e de infraestrutura para o bom desempenho de suas atividades educacionais. Isso funciona na teoria, porque na prática, por aqui a realidade é outra. Então está comprovado a falta de investimento por parte do Governo do Estado. Para o Vereador, Ilker Moraes do PHS, que também já sentou nos bancos de universidades públicas, a nossa juventude em especial precisa de mais atenção. “Eu entendo perfeitamente o que passa esses alunos, pois já estive lá um dia. Essa falta de investimentos aliados ao comodismo de quem gere a educação em nosso estado faz com nossos alunos não consigam o mesmo desempenho que necessitam para ter um futuro promissor”. Ressalta Ilker Moraes. Ainda discutindo a relação em que, um exemplo prático da falta de estrutura está no curso de Biomedicina, pioneiro em Marabá. Mas uma decepção aos olhos dos estudantes.// a começar por esta pequena sala, onde serve de laboratório. Péssimas condições para um melhor aprendizado. A Universidade do Estado do Pará foi criada em 1993 em Belém, a partir da junção entre faculdades mantidas pelo governo do estado, sendo a mais antiga a Faculdade de Enfermagem Magalhães Barata. Se funcionando corretamente em todo o estado ela ofertaria 26 cursos de graduação, 6 mestrados, 1 doutorado e 40 especializações. Em todo o estado, o cronograma exibe o quadro de oferta os cursos:…

MARABÁ: AUDIÊNCIA PÚBLICA NESTA QUARTA VAI APRESENTAR PORTARIA QUE REGULAMENTA FUNCIONAMENTO DE BARES E RESTAURANTES

Acontece nesta quarta-feira (2) na Câmara Municipal de Marabá a Sessão Especial que vai discutir os horários de funcionamento das Casas Noturnas, bares, restaurantes e similares do município. A sessão foi solicitada pelo vereador Ubirajara Sompré (PPS), através de requerimento 72/2015, apresentado e aprovado em Plenária na sessão ordinária realizada em 25 de agosto de 2015. De acordo com o vereador Antônio Araújo (PR), a audiência vai apresentar a Portaria que regulamenta os horários de funcionamento dos locais que, na ausência de uma lei, municipal, o horário foi regulamentado pela portaria da segurança pública estadual. Pela Portaria, há uma regulamentação que classifica os estabelecimentos de acordo com a localização, as condições de segurança, a acústica do ambiente e a existência do laudo do corpo de Bombeiros. A ideia é garantir a atividade econômica dos estabelecimentos mas também que as famílias que vivem próximos aos Bares e Casas Noturnas, não fiquem prejudicadas com o funcionamento noturno desses locais. Alám disso segundo o vereador Araújo, a quantidade de acidentes de transito aumentam consideravelmente em Marabá durante os finais de semana, e geralmente são resultado do uso de bebidas alcoólicas e drogas lícitas ou ilícitas. A audiência deve então apresentar uma lei definitiva para o funcionamento de casas noturnas, bares e restaurantes em Marabá. SONORA Pela lei estadual, os locais podem funcionar até as 4h da manhã e o problema, segundo o vereador Coronel Araújo, é que a lei não classifica os bares de acordo com a localização, liberando o funcionamento de um bar, em uma área residencial…

Parauapebas: Juiz afasta 5 vereadores

Cinco vereadores da Câmara Municipal de Parauapebas, no sudeste paraense, foram afastados dos cargos nesta segunda-feira (31). O afastamento foi continuação da operação “Filisteu”, realizada pelo Ministério Público do Estado do Pará, através Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

A Câmara de Parauapebas está sendo alvo de investigações que desmontou um esquema de fraudes e várias outras irregularidades, praticadas na gestão do vereador Josineto Feitosa, à frente da presidência da Casa de Leis durante os anos de 2013 e 2014.

Os vereadores afastados são Josineto Feitosa de Oliveira (SDD), José Arenes (PT) Devanir Martins (SDD), Major da Mactra (PSDB) e Luzinete Rosa Batista (PV).

Compartilhe:

Copa do Brasil: Vasco, Palmeiras, Santos e Grêmio decidem em casa

Rio – Fim do suspense. Foram definidos nesta segunda-feira, na sede da CBF, os duelos das quartas de final da Copa do Brasil deste ano. Todos os times participantes poderiam se enfrentar, já que o sorteio foi realizado com as oito equipes dentro do mesmo pote. Os representantes cariocas terão de encarar dois tricolores. Enquanto o Vasco joga contra o São Paulo, Fluminense fará a disputa contra o Grêmio.
Os jogos de ida serão realizados no dia 23 de setembro, enquanto os de volta serão no dia 30. Fluminense, Figueirense, São Paulo e Internacional serão mandantes nos jogos de ida. Vasco, Santos, Palmeiras e Grêmio recebem o último jogo.

Confrontos das quartas de final da Copa do Brasil foram definidos
Foto:  Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação
Os vencedores dos duelos entre São Paulo e Vasco, e Figueirense e Santos, se enfrentarão na semifinal da competição. Enquanto quem sair com a vitória entre Palmeiras e Internacional, e Grêmio e Fluminense, definirão o outro confronto da próxima etapa.
Duelos de ida das quartas de final da Copa do Brasil:
Chave 1: São Paulo x Vasco  (Morumbi)
Chave 2: Figueirense x Santos (Orlando Scarpelli)
Chave 3: Internacional x Palmeiras (Beira-Rio)
Chave 4: Fluminense  x Grêmio (Maracanã)

Compartilhe: