Pararão – 2ª Divisão: Águia enfrenta São Raimundo e precisa vencer

O Águia de Marabá vive sua pior fase. Esse ano caiu para a Série D depois de 8 anos na Série C, e corre o risco de não se classificar para a próxima fase da 2ª Divisão do Parazão, competição que disputa pela primeira vez. Quando o Águia foi fundado não existia a segundinha. Para se classificar precisa vencer o São Raimundo, nesta terça, em Santarém, tarefa nada fácil.

4ª rodada – Tiradentes 0 x 2 Izabelense e Gavião 4 x 2 Pinheirense. Terça (20) São Raimundo x Águia.
5ª rodada (última rodada): (25) Izabelense x Gavião, Águia x Tiradentes e Pinheirense x São Raimundo.
Classificação
São Raimundo, Pinheirense e Gavião, 7; Águia 5, Izabelense 4, e Tiradentes, 0

Grupo B
4ª rodada – Vila Rica 2 x 4 Desportiva, Tuna 0 x 1 Bragantino e Vênus 0 x 1 Castanhal.
5ª rodada (última rodada) 25, Tuna x Vênus, Bragantino x Vila Rica e Castanhal x Desportiva.
Classificação
Castanhal 10; Desportiva 8, Vênus 5, Bragantino 4, Tuna 2 Vila Rica, 2.

Compartilhe:

Fique Por dentro das mudanças no trânsito no dia do 35º Círio de Marabá

  Em coletiva na manhã desta sexta-feira (16), o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU), por meio do diretor interino Ademar Gomes Dias, do coordenador de Trânsito, João Pereira, e do superintendente da Guarda Municipal de Marabá, Wellington Lima, informou como será a movimentação de veículos automotores no próximo domingo (16), por ocasião do 35º Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Marabá. O Bambuzal de acesso à Marabá Pioneira será interditado às 6 horas, assim como a via marginal da Rodovia Transamazônica no sentido Núcleo Pioneiro–Nova Marabá. Também a partir das 6h será interditado o acesso às ruas, travessas e avenidas Norberto de Melo, 5 de Abril, Santa Terezinha, Getúlio Vargas e Antônio Maia, todas no Núcleo Pioneiro. Na Nova Marabá, a partir das 8 horas serão fechadas para o tráfego de veículos as Vias Principais 08 (VP-8) e 03 (VP-3); e, de 9 horas em diante as Vias Principais 07 (VP-7) e VP-03 (VP-3). Todas as vias citadas serão liberadas gradativamente após a passagem da procissão. As vias do entorno da Praça da Folha 16, na Nova Marabá, onde está localizado o Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, também serão interditadas ao tráfego de veículos às 8 horas, não sendo permitida a circulação nem estacionamento, com exceção das viaturas policiais e ambulâncias, desde que a via tenha condição de trafegabilidade. Essas ruas serão liberadas logo após a missa campal que encerra a procissão. O estacionamento de ônibus será na Folha 16, na via localizada por trás do Ginásio Poliesportivo “Renato Veloso”;…

MOVIMENTO RESOLVE SUSPENDER BLOQUEIO DA TRANSAMAZÔNICA

Durante toda esta semana o deputado federal Beto Salame (PROS-PA), esteve pessoalmente empenhado, ao lado de outros integrantes da bancada paraense no Congresso Nacional, em fazer chegar ao Governo Federal as reivindicações que ele considera mais do que justas do povo que mora às margens da Rodovia Transamazônica, em especial no trecho compreendido entre Novo Repartimento e Itupiranga que, há mais de 30 anos, sofre com o abandono e com os constantes adiamentos das obras de asfaltamento daquela rodovia. Na manhã desta sexta-feira (16) uma reunião em Novo Repartimento, avaliou os resultados dessa articulação e decidiu liberar o tráfego de veículos na rodovia, interditado desde o domingo passado. Após uma exaustiva rodada de negociações, ficou acertado que a FUNAI entregará ao IBAMA, até o dia 30 de novembro, o Plano Básico Ambiental e Indígena. A FUNAI terá até o dia 15 de novembro para se reunir com as lideranças indígenas e avaliar os impactos ambientais que serão demonstrados no plano. No plano serão listadas as medidas compensatórias que a Funai entende necessárias para reduzir os impactos causados pela execução das obras na Rodovia Transamazônica, próximo à aldeia Parakanã, no trecho entre Novo Repartimento e Itupiranga. A falta deste documento é que vinha impedindo, há mais de dois anos, a continuidade das obras. O IBAMA então comunicará ao DNIT a liberação para execução da obra, mediante o cumprimento das medidas compensatórias. O DNIT vai promover o remanejamento de recursos de outras obras para, garantir o pagamento dos serviços que começarão simultaneamente nos sentidos Itupiranga-Novo Repartimento e…

Comunidade da Folha 6 comemora inauguração de creche para 240 alunos

Na tarde desta sexta-feira (16) a Prefeitura de Marabá inaugurou mais um Núcleo de Educação Infantil (NEI) na cidade. A creche, que recebeu o nome de “Marluse Ferreira da Silva”, é em homenagem a uma professora que adorava crianças e muito contribuiu com a rede de Educação municipal. Durante a abertura da solenidade as crianças do NEI “Deodoro de Mendonça”, do Bairro Francisco Coelho, na Marabá Pioneira, dançaram carimbó. O marido da professora que dá nome à escola, o taxista Ederson Maciel, e os três filhos também prestigiaram a inauguração. Com capacidade para atender a 240 crianças de 3 a 5 anos, a creche funcionará durante o período da manhã e da tarde. Entre as inovações trazidas pelas novas unidades está a adequação às necessidades das crianças. A pequena Carla Yasmila, de 3 anos, filha da doméstica Leiany Lira, é uma das estudantes da nova creche. A mãe estava muito feliz com o novo espaço. “É tudo bem arrumadinho, organizado, agora vou trabalhar com o meu coração tranquilo”, disse. Também feliz com a nova creche da filha, Sônia Marques dos Santos, 32 anos, mãe de Samia Santos Neco, 4 anos, também elogiou a estrutura. “Lá no outro espaço as crianças não tinham onde brincar e aqui tem um espaço maior”. A nova creche possui mobília e banheiros adaptados ao tamanho dos alunos, o que contribui com a sua autonomia, e salas de aula com ar-condicionado. As crianças também vão poder contar com laboratório de Informática. O investimento foi de R$ 1,2 milhão. O Núcleo de…

Após 10 anos, Christiane Pelajo deixa o ‘Jornal da Globo’

A jornalista Christiane Pelajo vai deixar o comando do ‘Jornal da Globo’ após 10 anos. A notícia foi divulgada em um comunicado interno da Globo escrito por Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo da emissora. Nele, Kamel diz que a jornalista vai se dedicar a um novo projeto e William Waack seguirá à frente do “Jornal da Globo”, sozinho. Segundo o Uol, a jornalista vinha pedindo mudança de horário por motivos pessoais. A Globo então condicionou sua saída ao surgimento de um novo projeto, que ainda é mantido em sigilo na emissora. Antes de sair, Christiane vai terminar uma série especial no “Jornal da Globo”. A assessoria da Globo confirmou a informação e afirmou que Christiane vai se dedicar a um novo projeto jornalístico, descartando que ela faça uma mudança para o Entretenimento, como aconteceu com Fátima Bernardes e Patrícia Poeta. Leia o comunicado interno: “Depois de dez anos na bancada do Jornal da Globo, ao lado de William Waack, Christiane Pelajo vinha solicitando mudança de horário por razões pessoais e compreensíveis. Combinamos que isso aconteceria quando surgisse um novo projeto. Esse novo projeto surgiu. Ontem [14], conversamos, e decidimos que ela se dedicará desde já a ele, que será anunciado em breve. Por esse motivo, deixa desde já a bancada do JG. Antes, porém, Chris terminará uma série do JG a que está dedicada há alguns meses. Nesses dez anos, Chris demonstrou todo o seu talento dividindo a bancada com Waack: fez grandes coberturas nacionais e internacionais, séries de reportagem de fôlego e ajudou o…

Candidato com isenção de taxa que faltar no Enem perderá benefício

O Ministério da Educação determinou que o candidato do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que for beneficiado com a isenção da taxa de inscrição e faltar ao teste ficará proibido de obter o benefício na edição seguinte. A decisão está publicada em portaria do ministro Aloizio Mercadante no Diário Oficial da União (DOU).

As provas do Enem serão aplicadas em todos os estados e no Distrito Federal no final de semana dos dias 24 e 25 de outubro. Os portões serão abertos ao meio-dia e fechados às 13h, no horário de Brasília. O Inep recomenda ao estudante que faça o trajeto até o local da prova dias antes do exame, para conhecer o trajeto e evitar imprevistos.

 

Compartilhe:

BATERIA MOURA:GERENTE FAZ PROJEÇÃO DE COMERCIALIZAR 45 MIL BATERIAS NA FILIAL DE MARABÁ EM 2015

 Manoel Messias do Varejão das Baterias parceiro da Moura há 20 anos
Varejão trabalha com todo portfólio de baterias: Moura, Zetta, Moura Moto e Moura Clean.
A bateria Moura moto com 06 meses de Garantia, tecnologia de Ultima Geração e vida útil estimada em media de 2 anos comprovada.

Equipe de atendimento
 A representação das Bateria Moura filial Marabá atende atualmente 39 cidades,com distribuição quinzenal nas praças de Tucuruí e Parauapebas,onde tem participação de 95% do mercado local,e 76% da região Sul e Sudeste do Pará.Mensalmente a empresa vende cinco mil bateria na região sudeste.No Brasil comercializa em torno de 4 milhões e oitocentas mil baterias ao ano.A Moura tem distribuidoras no Brasil e na Argentina.Na região norte tem quatro filiais,sendo uma no Amapá,e três no Pará.A distribuição é feita por filial de Belém,Marabá,Santarém e Macapá no estado do Amapá.A filial de Marabá fica localizada na folha 28 q.37 ao lado do posto Carajás próximo da rotatória.Segundo o gerente da Moura Edilson Nascimento o Varejão das Baterias,é o principal revendedor da marca em Marabá,com vinte anos de parceria.O gerente informa que a Moura se instalou na cidade no ano de 2009.No primeiro ano foram comercializadas seis mil baterias,e para 2015 a projeção e vender 45 mil somente na filial de Marabá.Edilson ressalta que todas as baterias que são vendidas,a cada tonelada que vem direto da fabrica,elas são retiradas do mercado para reciclagem,e reutilizada na fabricação de novas baterias,na matriz  da Moura em Belo Jardim,Pernambuco,no mais modernos processos de reciclagem da América Latina.

Compartilhe:

Vale tem parecer favoravel Sobre decisão judicial

Em julgamento realizado na última quarta-feira, 14/10, o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8)  acolheu o recurso da Vale revertendo a decisão do juiz titular da 2ª Vara da Trabalho da Comarca de Marabá que condenava a empresa ao pagamento de mais de R$ 800 milhões. A 2ª Turma do TRT8 reconheceu, por unanimidade, que a empresa não executa o chamado “dumping social”, que seria a prática de precariedade de direitos dos trabalhadores, demonstrando o cumprimento das normas de segurança e saúde ocupacional pela Vale.
A decisão do Tribunal Regional do Trabalho previu a condenação de R$ 1 milhão a título de indenização, a ser revertida ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O acórdão ainda será publicado.

Compartilhe:

CONFIRMADO: AFLUENTES JOGADOS NO RIO ITACAIÚNAS É DO GRUPO JBS

Porta voz da empresa Alexandre Inácio Garante que não provoca poluição,antes de ser despejado na água passa por tratamento,as analises são feitas em laboratório indicado pela Sema estadual. O porta voz do Grupo JBS Alexandre Inácio confirmou ao Zeca News que os afluentes despejados no rio Itacaiúnas,são provenientes do da produção do curtume,e frigorifico por meio do sistema hidráulico da Unidade do grupo  em Marabá.No entanto ele afirma que diferente do foi divulgado,os afluentes não causam nenhum tipo de dano,ou prejuízo ao meio ambiente. Alexandre diz que eles passam por rigoroso tratamento antes de ser depositado no rio,de tal forma que não existe risco de contaminação por meio de poluentes.Ele garante que esta baseado em parâmetros técnicos,que são analisados,e determinados pela secretaria estadual do meio ambiente do estado Pará.Segundo ele,é quem determina as normas que a empresa tem que cumprir. todos os testes que são feitos são entregues a Sema estadual,após analises feitas em laboratórios indicados pela própria secretaria.Alexandre diz que os testes mostram que os indicadores estão abaixo do teto que empresa é autorizada a atingir.O porta voz do JBS reafirma que por meio destas analises ele pode garantir que afluentes que estão sendo depositado no rio Itacaiúanas em nada prejudica o meio ambiente e o ecossistema.Ele esclarece que afluentes passam por uma serie de lagoas de decantação,as matérias sólidas vão para fundo da lagoa,e o material que fica na parte superior,é levado para um segundo tanque,que processa tudo com adição de microrganismo,que reduzem as matérias orgânicas,que possam estar na água.Alexandre Inácio diz que…