Brasil: Greve do INSS é encerrada na maior parte do país

Paralisação dos funcionários durou 78 dias. Entre reivindicações de funcionários estava reajuste salarial de 27,5%.

Após 78 dias, a greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi encerrada na maior parte do país. No entanto, o atendimento será retomado apenas na semana que vem. Ainda vai ser definido – com o governo e com os grevistas – se haverá plantão para repor o tempo parado. As informações são do “Bom Dia Brasil”.

Servidores de 20 estados aceitaram a proposta de aumento do governo: 10,8%. Uma parte será paga em agosto do ano que vem e outra em janeiro de 2017. Nesta sexta-feira (25) ainda tem assembleia em mais seis estados.

Segundo o sindicato que representa os funcionários, 15 milhões de pessoas deixaram de ser atendidas nesse período de paralisação. Os funcionários pediram reajuste salarial de 27,5%, a incorporação das gratificações, 30 horas de trabalho semanal para todos os funcionários, realização de concurso público e melhoria das condições de trabalho. (G1)

 

Compartilhe:

HOMEM DO POVÃO:Nonato Dourado deixa o PMN

O radialista e apresentador do Barra Pesada Marabá Nonato Dourado está deixando o PMN, partido da base do governo municipal. Ele afirma que já recebeu diversos convites para outras siglas, mas ainda não decidiu para onde deve migrar e disputar um cargo à Câmara Municipal nas eleições de outubro de 2016.
Bom de voto e com grande aceitação na comunidade, o radialista obteve 1.426 votos na última eleição e chegou a assumir 50 dias a vaga no legislativo por conta do afastamento do vereador Gerson do Badeco.
Nonato Dourado tinha esperança de voltar definitivamente à Câmara com o julgamento do caso do vereador Antônio da Ótica, acusado de abuso de poder e doação indevida de óculos no pleito passado, mas o juiz que substituiu César Lins na Justiça Eleitoral, Emerson Cavalcanti, sentenciou o caso dando os votos para a coligação.
Por conta disso, o radialista deve voltar à cena política em outro partido,com grandes chances de se eleger  vereador,por ser um defensor intransigente das causas sociais.

 

Compartilhe:

Para Lula, ‘melhor perder ministérios do que a Presidência’

Em reunião que durou cinco horas, o ex-presidente Lula aconselhou nesta quarta-feira, 23, a presidente Dilma Rousseff a atender a todos os pedidos do PMDB, mesmo que para isso tenha de desidratar o PT na reforma ministerial. “É melhor perder ministérios do que a Presidência”, disse Lula, segundo relato de ministros do PT que participaram da conversa no Palácio da Alvorada. As informações são do Estadão. A portas fechadas, o ex-presidente avaliou que a estratégia montada para atrair os aliados rebeldes, entregando o Ministério da Saúde – hoje com o PT – à bancada do PMDB na Câmara deu fôlego para Dilma barrar pedidos de impeachment no Congresso. Além disso, para não contrariar nenhuma ala do PMDB, Dilma cogita deixar de lado a fusão das Secretarias de Portos e Aviação Civil. Com isso, o partido poderá ficar com seis ministérios, e não mais cinco, como previsto inicialmente. O favorito para Saúde é o deputado Manoel Júnior (PB), homem da confiança do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Nessa nova configuração, o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, deve permanecer no cargo e Helder Barbalho, hoje na Secretaria da Pesca, pode ser deslocado para Portos. A Pesca será abrigada no Ministério da Agricultura. Lula e o vice-presidente Michel Temer sugeriram a Dilma que não deixasse “na chuva” o filho do senador Jader Barbalho (PMDB-PA), para não criar novo foco de rebelião. Os ministros Eduardo Braga (Minas e Energia) e Kátia Abreu (Agricultura) continuam em seus postos. Henrique Eduardo Alves (Turismo), também ligado a Cunha, deve seguir…

Novos ônibus são incorporados ao transporte coletivo em Marabá

Visando melhorar o transporte público na cidade, a Rede de Transporte Coletivo de Marabá (RTCM) entregou no final da tarde desta quarta-feira (23), cinco novos ônibus. A renovação da frota se dá em cumprimento as cláusulas do contrato firmado entre a Prefeitura Municipal e as empresas que operam o sistema. Os veículos foram entregues durante solenidade, na Praça Osório Pinheiro, em frente à sede da prefeitura, na Nova Marabá, onde ficaram expostos. Recém-fabricados, os ônibus são adaptados com plataformas elevatórias para cadeirantes, cadeiras especiais para gestantes e obesos, corrimões especiais para deficientes visuais, câmeras de videomonitoramento e são ecologicamente corretos. Além disso, as portas dos novos ônibus abrem e fecham eletronicamente e a bancada do motorista tem design rodoviário, permitindo uma melhor ergonomia no cotidiano. A incorporação desses cinco novos veículos representa um investimento direto, por parte da empresa, de R$ 2,5 milhões, segundo João Martins, diretor da RTCM. Ele antecipou ainda que mais 15 novos ônibus serão implantados no transporte coletivo do município até o final do ano, totalizando 20 novos ônibus. “O prefeito tem lutado conosco para melhorar o transporte coletivo. Quem ganha com isso é a população de Marabá”, complementou. Na solenidade de entrega, o prefeito João Salame falou da importância dos novos ônibus para melhorar a qualidade do transporte coletivo. “Apesar da crise que o país está enfrentando e da redução de investimentos em todos os níveis, aqui em Marabá nós estamos conseguindo melhorar as ruas, os equipamentos públicos, reformar, construir e agora, na parte do transporte coletivo, entregar mais alguns…

Geologia

Com o tema“recursos minerais da Amazônia e suas implicações  socioeconômicas”,será realizado a 14ª edição do simpósio de geologia da amazônia,de 27 de setembro a 1º de outubro,na UNISFESSPA,em Marabá.

Compartilhe:

Secretário de Educação entrega o cargo a Jatene

O secretário de Estado de Educação, Helenilson Pontes, entregou o cargo nesta quarta-feira (23). O anúncio foi confirmado pela Secretaria de Estado de Comunicação (Secom).

De acordo com a Secom, o motivo para a saída do secretário é “pessoal”. A decisão foi tomada após uma reunião com o governador Simão Jatene.
A secretaria informou ainda que quem assumirá a pasta é a secretária adjunta de Ensino, Ana Cláudia Hage.

Durante a greve dos professores do Estado, no primeiro semestre deste ano, professores chegaram a pedir a saída do ex-vice-governador.

Compartilhe:

Inventor paraense concorre a prêmio nacional

O paraense Edivan Alves, natural de Moju, no Marajó, viajou nesta quarta-feira (23) para o Rio de Janeiro, onde vai participar da gravação da 4ª edição do quadro “Jovens Inventores”, do programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo.

O estudante apresentará o filtro de água desenvolvido a partir do carvão ativado obtido na queima do caroço de açaí. A invenção foi desenvolvida em 2013, no Clube de Ciências da Escola Estadual Ernestina Pereira Maia, no município marajoara, e rendeu ao estudante o primeiro lugar da 17ª edição do Prêmio Jovem Cientista na modalidade Ensino Médio.

O jovem inventor terá a chance de ganhar um prêmio no valor de R$ 30 mil no programa.

Compartilhe:

Disque Denúncia lança cartaz do suposto assassino de Lorena Lima.

O Disque Denúncia lança cartaz de procurado de “CRISTIANO ROBSON PEREIRA” vulgo “PAYSANDU” (36), suspeito de assassinar Lorena Lima, no município de Parauapebas-PA. Lorena Lima que era bastante conhecida na cidade e concorria ao cargo de conselheira tutelar no município, foi morta a golpes de machado no último domingo (20).
Ajude a polícia a esclarecer essa situação. Caso alguém tenha alguma informação sobre a localização do indivíduo, denuncie!
ANONIMATO GARANTIDO!
Disque Denúncia Parauapebas: (94) 3346-2250
Disque Denúncia Marabá: (94) 3312-3350
WhatsApp Disque Denúncia: (94) 98198-3350

 

Compartilhe:

Presidente Dilma consegue manter os principais vetos no Congresso Nacional

O Globo

Na sessão do Congresso iniciada na noite desta terça-feira e que varou a madrugada desta quarta-feira, os parlamentares mantiveram vetos presidenciais para evitar forte impacto nas contas públicas, como o veto presidencial às mudanças no cálculo do fator previdenciário e o que garante isenção de PIS/Cofins para óleo diesel.

A mudança no fator previdenciário era um dos pontos que mais preocupava o governo já que, se derrubado, poderia aumentar as despesas do Regime Geral da Previdência Social em R$ 883 bilhões até 2050. Já as alterações sobre a tributação ao óleo diesel poderiam gerar um impacto de R$ 64,6 bilhões até 2019, segundo cálculos do Ministério do Planejamento.

O texto que flexibilizava o fator previdenciário, aprovado como emenda a uma das Medidas Provisórias do ajuste fiscal, estabelecia a regra “85/95”, que permite a aposentadoria integral quando a soma da idade e do tempo de contribuição atingir 85 no caso das mulheres ou 95 anos para os homens. Para compensar o veto, Dilma enviou ao Congresso uma Medida Provisória com uma regra de progressividade para o cálculo das aposentadorias, baseada na mudança de expectativa de vida.

O veto mais polêmico, ao reajuste do Poder Judiciário, ainda não foi analisado. Continue lendo

Compartilhe: