MARABÁ: EX SECRETÁRIA DO GOVERNO MAURINO MORRE VITIMA DE ACIDENTE DE TRANSITO NA BR 230

Morreu hoje Lucia Mendes ex-secretária de assuntos comunitários do governo Maurino Magalhães.O acidente ocorreu em um trecho da rodovia BR 230 as proximidades da cidade de Pacajá,ainda há  pouca informação sobre a causa do acidente, que também ceifou a vida da mãe da ex- secretaria. Os corpos foram levados para procedimento no IML de Tucuruí.

Compartilhe:

MPF cria site sobre a Lava Jato

O Ministério Público Federal (MPF) criou um portal – http://lavajato.mpf.mp.br/ – da Operação Lava Jato que permite que qualquer cidadão acompanhe o que está sendo feito. O site explica que a roubalheira na Petrobras já dura 10 anos – desde o primeiro mandato do presidente Lula (PT) e que grandes empreiteiras organizavam um cartel de propina que abastecia empresários e políticos com capital da estatal.

Com o nome de “MPF combate à corrupção – Caso Lava Jato”, o site possibilita entender sobre a operação, acompanhar a atuação da Justiça, além de ceder novas informações sobre o caso e envolvidos. Também há uma série de perguntas e respostas, que vão desde o que é um doleiro, até sobre o processo de uma colaboração premiada.

Compartilhe:

Miséria no país aumenta 10% em 2013 e ameaça conquistas sociais, diz Ipea

Quase 1 milhão de brasileiros voltaram à miséria em 2013, segundo boletim divulgado nesta quinta-feira (16) pelo Ipea. Segundo os números – que levam em conta os dados da Pnad/IBGE -, o percentual de famílias em pobreza extrema saltou de 3,63% em 2012 para 4,03% em 2013. Para o Ipea, a recessão e o ajuste fiscal são ameaças às políticas sociais do governo. As informações são do UOL.

Levando em conta que em 2013 a população brasileira era de 201 milhões de pessoas, segundo o IBGE, o número de pessoas em pobreza extrema passou de 7,2 milhões, em 2012, para 8,1 milhões, no ano seguinte. Foi a primeira alta desde 2005, quando o percentual de pessoas na miséria, entre um ano e outro, caiu de 7,58% para 7,02%.

Para o Ipea, o percentual –apesar de pequeno do ponto de vista estatístico– não deve ser desprezado. “Na discussão em torno da leitura dos resultados desta pesquisa, alguns analistas argumentaram que a variação da taxa da pobreza extrema foi muito pequena, não sendo, portanto, estatisticamente relevante. Variações de magnitudes similares nos anos anteriores foram comemoradas como avanços na redução da miséria”, avalia. Continue lendo

Compartilhe:

Brasil usará drones para vigiar mata na Amazônia e no Cerrado

O Brasil passará a adotar drones para monitorar atividades ilegais nas matas da Amazônia e do Cerrado, como o desmatamento e queimadas. A ideia é do projeto Ecodrones, que será lançado nesta sexta-feira (17) e é uma iniciativa do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, o ICMBio,  ligado ao Ministério do Meio Ambiente, e da organização WWF-Brasil. Por transmitirem imagens em tempo real, os veículos aéreos não-tripulados (Vant) vão observar áreas que sofrem constantes ataques de madeireiros ou são consumidas por incêndios. Desta forma, a vigilância pelo ar vai facilitar a mobilização de fiscais e equipes de bombeiros. O Ecodrones já conta com três equipamentos, mas apenas um tem permissão de voar. O modelo Nauru 500, com autonomia de 4 horas de voo e alcance de 80 km, é utilizado pelo ICMBio no monitoramento completo do Parque Nacional Pau Brasil, resquício de Mata Atlântica na Bahia. Outros dois Vants aguardam pela regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Por enquanto, só podem voar para testes em uma área delimitada do interior de Goiás. Segundo Leonardo Mohr, coordenador geral de proteção do Instituto Chico Mendes, os drones são ferramentas importantes para a conservação por terem capacidade de alcançar locais de acesso impossível. “Tem algumas áreas de combate ao desmatamento em que os madeireiros ilegais dificultam o nosso acesso, colocando toras pela estrada. A gente só consegue ficar sabendo disso quando chega ao local. Nessas situações o equipamento será utilizado e repassará informações remotas”, explica Mohr. Da guerra para a proteção ambiental A tecnologia, considerada polêmica já que…

Fotógrafo flagra gaivota tentando salvar ‘refeição’ de águia nos EUA

Foto: Reprodução/Facebook/U.S. Department of the Interior)

O fotógrafo David Canales flagrou uma cena curiosa na Enseada do Príncipe Guilherme, que fica no Alasca, nos Estados Unidos. Em pleno voo, uma gaivota tentava salvar uma companheira, que era carregada por uma águia-de-cabeça-branca.

A imagem foi divulgada, na terça-feira (14), no Facebook oficial do Departamento o Interior dos EUA e teve mais de 9 mil curtidas, além de 7 mil compartilhamentos.  Questionados por um internauta sobre o fim da caçada, o departamento informou que a águia, também conhecida como águia-careca ou águia-americana, acabou levando a melhor. “A gaivota acima da águia desistiu e a outra não foi capaz de se soltar”.

Compartilhe:

PARÁ: Espanha quer ampliar investimentos e negócios estado

O embaixador da Espanha no Brasil, Manuel de La Cámara Hermoso, defendeu em Belém ontem, durante encontros com autoridades governamentais e empresariado o aumento dos contratos entre o seu país e o Pará. Ele chegou na segunda-feira, 13, para apresentar a estatal espanhola Tragsa, holding que opera no Brasil nas áreas de construção civil, saneamento e agricultura sustentável por meio da Tragsa Brasil. No Pará, em parceria com a paraense Ikopp Construtora, a estatal da Espanha executa obras de infraestrutura social dos governos federal e estadual. O interesse espanhol em ampliar os negócios no Pará é reforçado pela participação de dois altos funcionários do país europeu na comitiva chefiada por Hermoso. O embaixador veio acompanhado da conselheira comercial e representante permanente da Espanha na ONU, Maria Amélia Guzman, e do conselheiro de Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente da embaixada da Espanha no Brasil, Luís Bento Ruiz. No Pará, a Tragsa Brasil já opera há um ano e meio. Além da Caixa Econômica Federal, com a qual assinou contrato para a construção de 1.400 apartamentos do Programa Minha Casa, Minha Vida em Santarém, no oeste do Pará, a parceria Tragsa/Ikopp executa obras de saneamento em Marabá, Ananindeua e Itaituba. Na primeira agenda do dia, o embaixador foi recebido pela manhã pelo governador Simão Jatene, no Palácio dos Despachos. Na comitiva, além dos dois conselheiros, estiveram o secretário-geral da holding, José Manuel Díaz; o diretor-geral da Tragsa Brasil, Félix Díaz de Rada Santos; e diretores da Ikopp. À tarde, Hermoso apresenta as vantagens bilaterais de negócios com…

Senado aprova a criação de novos municípios

O Senado Federal aprovou por 57 votos a favor e nove contrários o projeto de Lei Complementar de autoria do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) que abre caminho para a criação, incorporação, fusão e desmembramento de pelo menos mais 200 novos municípios no país. A matéria agora vai ao exame da Câmara. É a terceira vez que o Senado aprova projeto para tratar do tema. Somente no Pará, pelo menos 19 pedidos que tramitam na Assembleia Legislativa do Estado se enquadram em todas as exigências contidas no texto concluído ontem no Senado, aumentando de 144 para 163 municípios.

Compartilhe:

‘PT entrou no vício do poder’, diz Leonardo Boff

Em reunião com representantes da Igreja Católica e de movimentos sociais a convite do Instituto Lula, o teólogo Leonardo Boff criticou a presidente Dilma Rousseff, a oposição e a imprensa, e disse que o “PT entrou no vício do poder”. O teólogo só defendeu o próprio Lula, que não compareceu ao encontro. As informações são d’O Globo. “O poder, para se manter, precisa sempre de mais poder. Ou ele vai acumulando cada vez mais e se torna ditatorial, ou se alia a outros para ser sempre poderoso. Acho que o PT entrou nesse vício de poder. E onde há poder não há amor, desaparece a misericórdia”, afirmou o teólogo. Para cerca de cem pessoas, Boff — que não participou do encontro em que Lula, semanas atrás, disse a religiosos que o PT “está abaixo do volume morto” — afirmou que esse “vício do poder” não deveria continuar sendo o caminho do PT. Ele afirmou ainda que há em curso uma articulação dos três grandes jornais para derrubar a presidente. “Acho que o caminho nosso implica uma espécie de ruptura democrática, que passa pela convocação de uma Assembleia Constituinte, de uma redefinição do projeto econômico. Eu acho que o [ministro da Fazenda, Joaquim] Levy representa o grande capital mundial.” Boff fez críticas específicas ao jornal O Globo e a colunistas do jornal, ao lembrar que o jornal teve acesso a informações sobre reunião recente em que Lula fazia críticas a Dilma. (”Eu trouxe a minha bengala aí, e se alguém gravar leva uns bengalaços meus”). Sobre…