Águia 3 x 2 Icasa – Enquanto um sonha, o outro acaba rebaixado à Série D O Águia ficou a quatro pontos do Cuiabá, primeiro fora da zona de rebaiamento no Grupo A Agência Futebol Interior Publicado em 13/09/2015

Marabá, PA,  A tarde foi emocionante para Águia e Icasa, que poderiam ‘morrer abraçados’ e amargar o rebaixamento á Série D. Pior apenas para o Icasa, que perdeu por 3 a 2, neste domingo á tarde, no Estádio Zinho Oliveira, em Marabá, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.Emocionante, pois tudo dependia do resultado entre Cuiabá e América-RN, na capital mato-grossense. Se o Cuiabá vencesse, tanto Águia quanto o Icasa estaria rebaixados. Enquanto o empate ou vitória do time potiguar mantinha o Águia na briga para escapar do descenso nas próximas rodadas. E foi o que aconteceu, já que o duelo terminou empatado por 2 a 2. Com o resultado, o Águia se manteve na penúltima posição do Grupo A, agora com 12 pontos. Está a quatro do Cuiabá, oitavo, com 16, e que será seu próximo adversário no campeonato. Já o Icasa ficou com sete pontos e na última posição. Foi rebaixado para a Quarta Divisão. É o segundo rebaixado seguido do time cearense, que no ano passado caiu da Série B para a Série C. O JOGO O Águia teve as melhores chances e mereceu a vantagem no primeiro tempo. Logo aos 18 minutos, Flamel foi lançado na área e de cabeça, com categoria, abriu o placar no interior do Pará. Depois disso o time da casa priorizou o toque de bola manteve a cautela para não ser surpreendido. Antes do intervalo o Águia voltou a pressionar o Icasa e chegou ao segundo gol. Aos 41 minutos, Esdras aproveitou confusão na…

MARABÁ: 35º Círio Abertura oficial acontece neste domingo

A abertura oficial do Círio 2015 em Marabá, no sudeste paraense, será realizada neste domingo, com a Santa Missa de Abertura Oficial e Coroação de Nossa Senhora. O evento ocorrerá no Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, na Folha 16, a partir de 19h30.

Com a missa, será dado início às peregrinações internas e externas das paróquias que fazem parte da Diocese de Marabá.

Amanhã, a peregrinação inicia com saída do Santuário de Nazaré para a Comunidade São João Paulo II, da Folha 23, a partir das 18h30. Com a chegada da Imagem, haverá uma missa a partir das 19h30. Na terça, a Imagem de Nossa Senhora sairá da Comunidade São João Paulo II e vai para a Comunidade São Francisco das Chagas, na Folha 15.

“Maria, ensina-nos a servir” é o tema da 35ª edição do Círio em Marabá, que sai às ruas no dia 18 de outubro, terceiro domingo do mês.

Compartilhe:

MARABÁ: GOVERNO RECONHECE ASSOCIAÇÃO DE IDOSOS COMO UTILIDADE PÚBLICA

Um projeto de lei do deputado estadual João Chamon Neto (PMDB) tornou-se realidade para a Associação dos Aposentados, Pensionistas, Idosos e Deficientes de Marabá e região. O governador do estado, Simão Jatene, por meio de Portaria divulgada no Diário Oficial da União de 9 de julho de 2015, reconheceu como Utilidade Pública para o Estado a Associação com sua sede em Marabá.
Com o reconhecimento, a associação fica apta a receber incentivos de qualquer natureza, na forma da legislação em vigor.
Os direitos assegurados a Associação dos Aposentados, Pensionistas, Idosos e Deficientes de Marabá e Região, neste dispositivo legal, serão mantidos durante e enquanto perdurarem as atividades constantes em seu estatuto social, cessando-os quando as finalidades para o qual foi instituído forem desvirtuadas, diz a divulgação no DOU.

 

Compartilhe:

Flexa Ribeiro: Governo anuncia terceira etapa do Minha Casa, Minha Vida sem terminar a segunda

O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) criticou o governo federal por, mesmo sem ter concluído 1,4 milhão moradias da segunda etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida, anunciar o lançamento da terceira etapa do programa, com a previsão de mais de três milhões de unidades habitacionais até 2018. Ele observou que, além de a segunda fase ainda não estar concluída, o Minha Casa, Minha Vida enfrenta outros problemas. Como exemplo, disse que construtoras que fazem obras do programa no Pará estão sem receber do governo federal cerca de R$ 100 milhões referentes a julho e agosto. Flexa Ribeiro disse ainda que, devido à crise criada pelo próprio governo, a construção civil deixou de crescer e também está se defrontando com sérias dificuldades, como redução das atividades e das vendas. Por isso, de julho do ano passado a julho deste ano, o setor já demitiu mais de 600 mil trabalhadores. — De acordo com o Sinduscon-Pará, a continuidade das obras do Programa Minha Casa, Minha Vida estão seriamente comprometidas devido ao nível de imprevisibilidade do pagamento. Se o orçamento previsto de R$ 800 milhões por mês para atender as obras em andamento em todo o Brasil não consegue executar as obras da fase dois, como o governo anuncia que irá iniciar a nova etapa do programa? — disse o senador. O Sinduscon-Pará garante que seis obras estão totalmente paradas; sendo duas no município de Breves, no Marajó; duas em Cametá, uma em Ananindeua e uma em Marituba. Em outras cidades paraenses, inclusive na capital, onde se tem…

Projeto Ciranda Verde inicia atividades em prol da arborização urbana de Marabá

O debate aconteceu nesta sexta-feira (11), no Plenarinho da Câmara Municipal. O objetivo do grupo foi discutir ações simples que podem ser colocadas em prática, como por exemplo, o combate a queimadas e ao corte de árvores. Participaram da discussão engenheiros agrônomos e florestais; estudantes e professores universitários; vereadores; representantes do Exército e de ONGs como o Projeto Rios de Encontro. O secretário municipal de Meio Ambiente, Carlos Brito, também esteve presente e disse que é muito importante que o município tenha um Plano de Arborização Urbana, já que, por meio do planejamento, são feitos estudos técnicos das áreas a receberem plantio, quais espécies são mais adequadas e também os cuidados que as árvores necessitam para florescer e crescer. “Uma das coisas mais importantes é definir quais os tipos de árvores e fomentar na população esse desejo de que cada um faça sua parte na questão de arborização para que a gente consiga melhorar a nossa qualidade de vida como um todo”, avaliou. Ainda segundo Carlos Brito, o corte de árvores é considerado crime ambiental e passível de multa. “Qualquer interferência na vegetação urbana ou rural depende de prévia avaliação da Secretaria de Meio Ambiente”, explicou, acrescentando que a população deve procurar a Semma para solicitar uma vistoria e, a partir dela, os técnicos informam qual o melhor procedimento. Quando há interferência na rede elétrica, a Semma emite uma autorização que deve ser entregue à Celpa para que a companhia envie uma equipe que realize a poda da árvore. O Plano Municipal de Arborização Urbana…

ELEIÇÕES 2016: NOME DO MÉDICO MANOEL VELOSO É O MAIS COTADO DO DEMOCRATAS NA DISPUTA PELA PREFEITURA DE MARABÁ

Á O partido Democratas (DEM) apresentou na tarde desta sexta-feira (11) em Marabá as novas lideranças para a região. O evento contou com a presença do presidente estadual do partido, deputado Lira Maia.O  presidente da Assembleia Legislativa do Pará, Márcio Miranda e o  deputado federal Hélio Leite confirmaram presença, mais não compareçam devido a outros compromissos. Um dos nomes mais cotados para a corrida eleitoral municipal, o Dr. Manoel Veloso deu uma entrevista ao Zeca News e falou sobre as perspectivas do partido para Marabá. Confira: P – Manoel Veloso, o DEM está inaugurando o seu novo escritório político, junto com o Diretório da Mulher e da Juventude. Nos fale desse momento do partido hoje em Marabá e qual a importância dessas novas diretorias e como o partido está se preparando para o momento político na cidade? R – Visando as eleições municipais de 2016, eu recebi um convite do presidente estadual do partido, deputado Lira Maia, para ajudar a recompor e melhorar o partido aqui na cidade. Começamos um trabalho em maio deste ano sob a tutela do empresário Reinaldo Zucatelli que era o presidente interino. E aí estamos trabalhando com diversos nomes pra compor o nosso time eleitoral para o ano que vem. E paralelo a isso, já sabendo da minha intenção de me candidatar o ano que vem, e o nome vem crescendo para que a gente possa lançar uma possível candidatura mas isso ainda não está definido. A ideia mesmo é reforçar o partido. O Zucatelli me chamou para dar atenção…

Encerra nesta sexta-feira Conferência Municipal da Mulher

Encerra hoje (11) a 1ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres. O evento, que objetiva traçar políticas nacionais em favor da mulher, ocorre na Câmara Municipal de Marabá, no Núcleo Cidade Nova. A abertura ocorreu no início da noite de quinta-feira (10) e surpreendeu pelo grande número de participantes, que lotou o plenário. O tema central discutido é: “Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres”. Promovido pela Prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Seasp) e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, a conferência contou com dezenas de mulheres de diferentes setores da sociedade. Antes de iniciar o evento, a universitária Dani Rocha, militante do movimento Levante Popular da Juventude, fez uma declamação e pediu igualdade de direitos para homens e mulheres. Sobre a importância do evento, ela disse que a conferência é um sinal de que as atenções começam a se voltar para os direitos das mulheres. “Agora queremos que essas propostas realmente saiam do papel, não só para as mulheres brancas, mas as negras, as LGBTs, as que realmente necessitam de políticas públicas” disse. Uma das coordenadoras da conferência é Rosalina Izoton, presidente do Conselho Municipal da Mulher, ela informou que nesse segundo dia do evento será feito um levantamento das políticas públicas das quais as mulheres necessitam. Após isso, serão definidas propostas que serão apresentadas na Conferência Estadual em Belém. Em Marabá serão eleitas oito delegadas, sendo cinco da sociedade civil organizada e três do poder público. Rosalina ressaltou que muito se precisa fazer, exemplificando…

DEMOCRATAS: PARTIDO PROMOVE ENCONTRO COM LIDERANÇAS ESTADUAIS E EMPOSSA NOVAS DIRETORIAS NESTA SEXTA EM MARABÁ

Manoel Veloso
Pres.Democratas Marabá
O partido Democrata realiza nesta sexta feira,11 de setembro as 17hs na antiga clinica do Dr. Manoel na Veloso,na Marabá Pioneira,grande encontro com lideranças do partido do município,e do Estado.O Médico Manoel presidente do diretório municipal,informa que na ocasião será inaugurado o escritório político,e posse das novas diretorias da juventude,e Mulher Democratas.Manoel Veloso informa que confirmaram presença no evento,o presidente Estadual do Partido Lira Maia,presidente da Assembleia Legislativa Deputado Estadual Márcio Miranda,e o deputado Federal Hélio Leite demais autoridades e lideranças locais do democratas .

Compartilhe:

MARABÁ:Instaurados PADs contra magistrados

Duplo domicílio e ausência da comarca motivaram investigações Por decisão unânime, o Pleno do Tribunal de Justiça do Pará, em sessão realizada nesta quarta-feira, 9, instaurou procedimentos administrativos disciplinares contra os magistrados Maria Aldecy Pissolati e Manoel Antonio Macedo, atuantes nas Comarcas de Marabá e Dom Elizeu, respectivamente, por infrações à Constituição Federal e à Lei Orgânica da Magistratura Nacional (LOMAN). Em relação ao juiz Manoel Macedo, os desembargadores integrantes do Pleno decidiram ainda afastá-lo das funções judicantes até o término do PAD. Pela ordem, foram sorteados os desembargadores Roberto Moura e Edinéa Tavares, para relatarem os Procedimentos. A decisão do Pleno acompanhou o voto da relatora do Auto de Sindicância e do    Procedimento de Investigação Preliminar, desembargadora Maria do Ceo Coutinho, que também é corregedora de Justiça das Comarcas do Interior. No primeiro caso, a juíza Maria Aldecy foi alvo de pedidos de providências junto à Corregedoria do Interior por parte do Sindicato dos Trabalhadores na Educação Pública do Pará (SINTEPP), que denunciou que a juíza infringia tanto a Constituição Federal quanto a LOMAN ao manter domicílio em Brasília. As legislações determinam que o magistrado deve residir na Comarca onde cumpre seu ofício. No caso, a magistrada afirmou que mantém domicílio em Brasília e em Marabá. A relatora corregedora ressaltou ainda que não havia qualquer autorização para que a magistrada mantivesse duplo domicílio, e que, quando requereu autorização para cursar mestrado em Brasília, o pedido foi negado pelo TJPA. Além disso, ressaltou a corregedora no relatório que a magistrada ausentava-se da comarca nos finais…