‘PT entrou no vício do poder’, diz Leonardo Boff

Em reunião com representantes da Igreja Católica e de movimentos sociais a convite do Instituto Lula, o teólogo Leonardo Boff criticou a presidente Dilma Rousseff, a oposição e a imprensa, e disse que o “PT entrou no vício do poder”. O teólogo só defendeu o próprio Lula, que não compareceu ao encontro. As informações são d’O Globo. “O poder, para se manter, precisa sempre de mais poder. Ou ele vai acumulando cada vez mais e se torna ditatorial, ou se alia a outros para ser sempre poderoso. Acho que o PT entrou nesse vício de poder. E onde há poder não há amor, desaparece a misericórdia”, afirmou o teólogo. Para cerca de cem pessoas, Boff — que não participou do encontro em que Lula, semanas atrás, disse a religiosos que o PT “está abaixo do volume morto” — afirmou que esse “vício do poder” não deveria continuar sendo o caminho do PT. Ele afirmou ainda que há em curso uma articulação dos três grandes jornais para derrubar a presidente. “Acho que o caminho nosso implica uma espécie de ruptura democrática, que passa pela convocação de uma Assembleia Constituinte, de uma redefinição do projeto econômico. Eu acho que o [ministro da Fazenda, Joaquim] Levy representa o grande capital mundial.” Boff fez críticas específicas ao jornal O Globo e a colunistas do jornal, ao lembrar que o jornal teve acesso a informações sobre reunião recente em que Lula fazia críticas a Dilma. (”Eu trouxe a minha bengala aí, e se alguém gravar leva uns bengalaços meus”). Sobre…

TUCURUI: PRESOS CHEFE DO INCRA E DA FETRAF ACUSADOS DE DESMATAMENTO ILEGAL EM PROJETO DE ASSENTAMENTO

O chefe da unidade avançada do Instituto de Colonização e Reforma Agrária em Tucuruí, Gilvan Ribeiro dos Reis, foi preso pela Polícia Federal, ontem, durante operação contra acusados de desmatar ilegalmente o projeto de assentamento Cururuí, em Pacajá, no sudoeste do Pará. Ele seria responsável, dentro do esquema, por passar informações sobre possíveis fiscalizações do Incra, evitando que a quadrilha fosse flagrada. Também foi preso o representante da Federação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf) no sudoeste do Pará, Roberto Elias de Lima. Segundo as investigações, ele teria facilitado a entrada de desmatadores nos assentamentos de reforma agrária. Foi também cumprido mandado contra Gelson Gomes de Andrade, acusado de coordenar o envio de homens armados para assentamentos do Incra, que negociavam com assentados a retirada ilegal de madeira. Como Andrade foi preso no último dia 1º pela operação Crashwood, do Ministério Público do Estado do Pará, Polícia Civil e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, ele foi notificado no Presídio Estadual Metropolitano II, em Marituba, sobre a nova ordem de prisão. Gelson Gomes de Andrade é foragido da Justiça na Bahia e no Espírito Santo. As prisões são preventivas e foram decretadas pela Justiça Federal a pedido do Ministério Público Federal em Tucuruí. Todos os réus já foram denunciados pelos crimes de constrangimento ilegal, desmatamento em terra pública e comercialização ilegal de produto florestal. Gilvan Ribeiro dos Reis também responde por violação de sigilo funcional. Dois investigados continuam foragidos.

Compartilhe:

Turismo doméstico tem preferência de sete em cada dez brasileiros

A Sondagem do Consumidor, realizada no mês de junho pelo Ministério do Turismo, registrou o melhor índice de intenção de viagem para destinos nacionais dos últimos quatro anos, em comparação com os resultados anteriores do mesmo mês. De acordo com a pesquisa mensal, 73,3% dos entrevistados que pretendem fazer pelo menos uma viagem até dezembro deste ano deve optar por visitar alguma cidade turística dentro do Brasil. A pesquisa apresentou crescimento de 3,3% em relação ao mesmo mês do ano passado (70,9%).

Para o ministro do turismo, Henrique Eduardo Alves, a pesquisa revela que, por causa da alta do dólar, viajar dentro do Brasil está mais atrativo. “Com o cenário econômico de desafios, a alta na preferência por viagens domésticas representa a sustentabilidade do mercado do turismo”, afirmou. O melhor mês de junho havia sido registrado em 2011. O último recorde era de 74,9%.

 

Compartilhe:

Câmara aprova minirreforma eleitoral com limite para doações privadas

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (14), o projeto de lei da minirreforma eleitoral (PL 5735/13), que propõe limites a doações de empresas e também regulamenta aspectos da reforma política (PEC 182/07), como o financiamento privado de campanhas com doações de pessoas jurídicas a partidos.

O texto aprovado da minirreforma é o substitutivo do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que muda as leis de partidos (9.096/95) e das eleições (9.504/97) e o Código Eleitoral (4.737/65). A matéria precisa ser votada ainda pelo Senado.

 

Compartilhe:

Inaugurado o Centro Cirúrgico do Hospital Materno Infantil

O prefeito João Salame e o secretário municipal de Saúde, Nagib Mutran Neto, entregaram à população, na tarde desta quarta-feira (15), o novo Centro Cirúrgico do Hospital Materno Infantil de Marabá. A maternidade é referência na região sudeste do Estado e, com a reforma, oferecerá mais segurança e conforto às mães, bebês e familiares, assim como aos servidores que trabalham na unidade de saúde. São quatro salas cirúrgicas, sendo duas destinadas a parto normal e duas para parto cesáreo; três salas de pré-parto, recuperação pós-cirurgia (RPA), repouso dos médicos, farmácia, enfermaria, banheiros com vestiários e copa. “São oito leitos bem modernos, com um melhor padrão de qualidade. Não existe em nossa região casa de saúde voltada para a maternidade com essa estrutura que nós inauguramos hoje”, disse o prefeito João Salame. A partir da próxima segunda-feira (20), o novo Centro Cirúrgico deve começar a funcionar, uma vez que o espaço vai passar ainda pela fase de desinfecção para garantir melhor qualidade no parto. “Inclusive, as camas das parturientes são mais modernas e com isso poderão ser deslocadas do centro cirúrgico direto para o quarto, um atendimento mais humanizado e é isso que a gente pretende melhorar o serviço para a população”, destacou o gestor municipal. A inauguração também contou com a presença do bispo de Marabá, Dom Vital Corbellini, que abençoou o novo espaço da maternidade. “É um local bonito, que vai acolher muitas mães e filhos”, disse. O secretário municipal de Saúde, Nagib Mutran, agradeceu o trabalho dos colaboradores. “Ficou melhor do que a…

COMEÇA O VAZIO DA SOJA NO PARÁ

De 15 de julho a 15 de setembro começa no Pará o primeiro período de ausência total de plantas vivas de soja. A medida fitossanitária visa a proteção contra a ferrugem asiática, doença causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi. A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), órgão responsável pela fiscalização do cumprimento da medida, alerta aos produtores por se tratar de uma praga extremamente prejudicial à sojicultura do Pará e do País. Nessa etapa inicial, os dois meses sem plantio da planta abrangerá o sul do estado. De fato, o Vazio terminará em solo paraense somente em novembro. De 1 de setembro até 30 de outubro será a vez do nordeste do Estado. De 1 de outubro a 30 de novembro, o vazio chega à região oeste. Durante o Vazio da Soja, o produtor não pode manter ou permitir a presença de plantas vivas de soja na sua propriedade rural, estejam elas em qualquer fase de desenvolvimento, como forma de proteção contra a ferrugem asiática, que só atinge as plantas vivas, por isso a necessidade de se erradicar, inclusive, as plantas que germinem fora das plantações. Segundo a coordenadora do Programa Fitossanitário Estadual da Cultura da Soja na Adepará, Alice Thomaz, o Vazio Sanitário não tem como objetivo resolver o problema da ferrugem, e muito menos ocasionar prejuízos ao produtor. “Ele é mais uma estratégia de manejo, que visa reduzir a praga, diminuindo assim, a possibilidade de incidência da doença no período vegetativo e consequentemente, reduzindo o número de aplicações de fungicida para…

Confirmado: Centro Cirúrgico HMI será inaugurado na tarde desta quarta feira 15/7

hoje  às 14 horas, o novo Centro Cirúrgico do Hospital Materno Infantil será inaugurado. depois de ampla reforma.

O novo Centro conta com quatro salas cirúrgicas, sendo duas destinadas a parto normal e duas para parto cesáreo; três salas de pré-parto, recuperação pós-cirurgia (RPA), repouso dos médicos, farmácia, enfermaria, banheiros com vestiários e copa.

Uma das novidades da reforma é que o piso agora é anti-choque cujo objetivo é evitar a interrupção de processos cirúrgicos, danos a equipamentos eletro-médicos e oferecer segurança a profissionais de saúde e ao paciente contra queimaduras e choques elétricos.

Compartilhe:

No Face:Deputado Zé Geraldo Enaltece discurso do Papa sobre os Meios de Comunicação

A visita do papa Francisco à Bolívia, semana passada, desagradou os donos e barões da mídia do Brasil. Vossa Santidade o Papa Francisco, em seu oportuno discurso para nossos dias, afirmou que “A concentração monopolista dos meios de comunicação social que pretende impor padrões alienantes de consumo e certa uniformidade cultural é outra das formas que adota o novo colonialismo. É o colonialismo ideológico. Como dizem os bispos da África, muitas vezes pretende-se converter os países pobres em ‘peças de um mecanismo, partes de uma engrenagem gigante’”. O Pontífice disse que “as vezes, é o poder anônimo do ídolo dinheiro: corporações, credores, alguns tratados denominados ‘de livre comércio’ e a imposição de medidas de ‘austeridade’ que sempre apertam o cinto dos trabalhadores e dos pobres… Noutras ocasiões, sob o nobre disfarce da luta contra a corrupção, o narcotráfico ou o terrorismo – graves males dos nossos tempos que requerem uma ação internacional coordenada – vemos que se impõem aos Estados medidas que pouco têm a ver com a resolução de tais problemáticas e muitas vezes tornam as coisas piores”. A frontal critica que o Papa faz ao monopólio midiático é tão certo quanto preocupante, e sobretudo requer – de todo defensor da democracia real – atitudes para mudar tal cenário. Vale ressaltar que esta não é a primeira vez que o papa Francisco crítica a mídia monopolista.[Como informado no 247]. Em março de 2014, ele já havia apontados alguns “pecados” da imprensa. Numa audiência para as emissoras católicas da rede Corallo, Bergoglio afirmou: “Hoje o…

SÃO DO ARAGUAIA: CONSUMIDORES RECLAMAM DO VALOR TARIFA DA ÁGUA APÓS ODEBRECHT VENCER CONCESSÃO

Câmara Municipal de São João do Araguaia realizou Sessão Publica Especial para discutir concessão, tarifa e serviço de fornecimento de água prestado pela empresa Odebrecht que há menos de cinco meses assumiu a concessão de água do município de São João, porem a população reprova os serviços prestados pela Odebrecht que recebeu concessão por meio de transferência da empresa Hidro Forte. A comunidade da zona urbana quanto na rural reclama dos valores absurdos cobrado nas faturas durante a sessão desta feira 14/7. Participaram moradores da vila Jose Martins (Vila Santana), família de baixa renda que apresentaram varias faturas com valores entre $ 250,00 e 280,00, enquanto que na zona urbana havia faturas acima de $300,00.Na sessão da Câmara estava presentes o prefeito João Neto Alves Martins (PTB); a vice Izalene Labes de Souza (PRP); os vereadores Benisvaldo Bento (PMDB); Gilson Barbosa (DEM); Romualdo Alves Martins (PC do B); Claudean Alves (PPS); Jose Bento Dutra (PT); Claudivino Pereira (PT), além do representante da Odebrecht Sr. Reinaldo. Além da  discussão em torno do alto valor da tarifa, ocorreu  reclamações  do elevado teor de produtos químicos na água (cloro) e o processo da concessão ausente de audiência pública que para muitos ficou configurado como processo ilegal. O representante da prestadora de serviço por diversas vezes entrou em contradição quantos aos questionamentos do público, mas garantiu resolver a polemica em 15 dias, vereadores mostraram insatisfeitos com os serviços porem a maioria primam pela permanência da prestadora. O prefeito por sua vez manifestou-se exigindo que a empresa Odebrecht enviasse pessoa…