Maio Amarelo: Hospital Regional leva informações

Uma exitosa parceria entre Hospital Regional do Sudeste do Pará (HRSP) “Dr. Geraldo Veloso”, Grupo Correio de Comunicação e o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU) busca formas de contribuir com a diminuição no número de acidentes de trânsito em Marabá, por meio do programa “Maio Amarelo”, que visa a paz no trânsito. Esta semana (no dia 21), dentro do programa de rádio “Itacaiúnas News”, do Grupo Correio, o médico Cassiano Barbosa, diretor técnico do Hospital Regional, e o técnico Edigley Ferreira, do DMTU, levaram informações aos ouvintes da rádio sobre a importância da direção segura para evitar acidentes. Durante o programa apresentado pelo jornalista/radialista Adilson Neto, o cirurgião geral Cassiano Barbosa explicou que tamanha é a quantidade de acidentes de trânsito em Marabá e região, que o Hospital Regional de Marabá acabou se tornando referência em traumas por conta disso. Ainda segundo o médico, são comuns no hospital pacientes com os chamados traumas de extremidade, que são fraturas de braço e principalmente de pernas, uma característica marcante de acidentes de moto. E o que mais preocupa é que se trata, geralmente, de pacientes jovens, entre 20 e 29 anos. Essas pessoas vão deixar de trabalhar; serão submetidas a uma internação que pode durar até seis meses, quando ocorrem fraturas graves, inclusive de crânio, que em alguns casos são irreversíveis. Para se ter uma ideia do tamanho dessa demanda, o Hospital Regional realiza cerca de 300 internações por mês e, pelo menos, 50% são vítimas desse tipo de trauma. Isso causa outro problema:…

Ministério lança campanha de doação de leite materno

O Ministério da Saúde lançou  a Campanha Nacional de Doação de Leite Materno, que visa a aumentar as doações principalmente para bebês prematuros. O tema deste ano é “Seja doadora de leite materno e faça a diferença na vida de muitas crianças”.

O objetivo é aumentar o número de novas doadoras voluntárias e o volume de leite materno coletado e distribuído para recém-nascidos, especialmente prematuros de baixo peso internados em unidades de saúde.

Compartilhe:

Dia da Liberdade de Imposto

A ação visa chamar atenção para a alta carga tributária que é cobrada dos brasileiros.  o objetivo é cobrar a efetiva e correta aplicação de tributos em benefício de toda sociedade, além de coletar assinaturas para o Movimento Brasil Eficiente (MBE) – que propõe a Simplificação Fiscal por meio da redução do número de impostos, ponto de partida para a redução da carga tributária. Pela Lei 12.352/10, o ‘Dia da Liberdade de Impostos’ é celebrado sempre no dia 25 de maio. Em 2015, será realizado no dia 22 de maio, porque é alusivo ao período em que os brasileiros trabalham no ano para pagar impostos, taxas e tributos para o governo. No Brasil, a carga tributária é de 35% do PIB. Isso significa que os cofres públicos recebem um valor que equivale a mais de um terço do que o País produz. Na prática, a cada três reais que a economia gera, um volta para o governo.  Entre os 20 produtos com maior carga tributária do País estão jogos de videogame, motocicletas, forno de microondas, perfumes nacionais e importados, além de fraldas descartáveis e gasolina. Impostômetro O impostômetro é um totem que mostra a quantidade total de tributos arrecadados pelo Poder Público no País. Ele indica os valores arrecadados pelas três esferas de governo a título de tributos: impostos, taxas e contribuições, incluindo as multas, juros e correção monetária. Conjove Marabá orienta: se você sonha com um sistema tributário mais eficiente assine: www.brasileficiente.org.br e se junte aos mais de 250 mil brasileiros que estão na causa.  …

Saúde: Chamon denuncia que regulação na capital dificulta internação de pacientes no interior

Deputado João Chamon denunciou ontem na Assembleia Legislativa que os pacientes que precisam ser internados no Hospital Regional de Marabá têm que esperar horas, às vezes o dia inteiro, até que o procedimento seja autorizado pela Secretaria de Saúde estadual, em Belém. João Chamon protocolou um requerimento para o secretário de Saúde do Pará, Victor Matheus, seja convocado para prestar esclarecimentos sobre os motivos para que o atendimento tenha sido burocratizado. Os questionamentos levantados pelo deputado em seu requerimento são os seguintes: por que a liberação para internação no Hospital Regional de Marabá é centralizada por Belém? Caso este procedimento seja realmente necessário, explicar as razões do mesmo. E a descentralização da liberação destas internações não seria a melhor forma de acesso imediato à prestação de saúde por parte do Estado à população marabaense?
O deputado disse que os pacientes precisam de esclarecimentos. E afirma que é necessário que o secretário de Saúde responda à população de Marabá quais as razões técnicas que o Estado tem para que o acesso ao Hospital Regional de Marabá seja regulado por Belém.

Compartilhe:

MARABÁ

UPA: SALAME ASSINA ORDEM DE SERVIÇO NESTA SEXTA E CONSTRUÇÃO SERÁ RETOMADA
A construção da Unidade de Pronto Atendimento Marabá,começou no governo passado,mas a atual administração constatou que a construtora não estava cumprindo o cronograma.O município assinou Termo de Ajuste de Conduta no Ministério Público Estadual se responsabilizando pela rescisão do contrato com a empresa e por abrir novo processo licitatório, para que a população não perdesse tão importante obra. Nova licitação foi aberta pela modalidade RDC – Regime Diferenciado de Contratação – e a empresa vencedora Serra Sul Serviços Técnicos Ltda. A obra está orçada em R$ 1.657.400,00. A construção da Unidade de Pronto Atendimento orçada em R$ 1.657.400,00, será retomada nesta sexta-feira, dia 22, às 9 horas, com a presença do prefeito João Salame, com a assinatura da Ordem de Serviço. A solenidade será no próprio local da obra, Rodovia Transamazônica, ao lado do Dnit.

Compartilhe:

BATE PAPO EMPREENDEDOR: ‏JORNALISTA CRSISTINA LACERDA MINISTRARÁ PALESTRA SOBRE O USO ADEQUADO DAS REDES SOCIAIS

 

O Conselho de Jovens Empresários de Marabá realizará mais uma edição do Bate Papo Empreendedor. Caetano Candido dos Reis Neto Presidente do CONJOVE – Conselho de Jovens Empresários de Marabá informa que a palestrante da vez, é a Jornalista e Diretora da Planet Comunicação, Ana Cristina Lacerda, O tema será sobre o uso adequado das Redes Sociais no ambiente empresarial e no ambiente pessoal. O programa Bate Papo Empreendedor é um programa de capacitação dos jovens empresários associados no CONJOVE, tendo como ideia central, orientar, qualificar e preparar os Jovens Empresários. A jornalista é Graduada em Comunicação Social, habilitação em jornalismo pela Universidade Federal do Pará; Especialização em Meio Ambiente pela FGV MBA em Comunicação e Marketing pela Universidade Castelo Branco; MBA em Gestão Empresarial pela FGv, e cursando MBA em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais pela Faculdade Estácio. O evento inicia às 18hs desta quinta feira, no auditório da Acim.

Compartilhe:

MARABÁ RECEBE SEGUNDA EDIÇÃO DO MURAL CULTURAL

Acontece amanhã (22) em Marabá o “II Mural Cultural – Lendas e Poesias” onde haverá pela segunda vez a apresentação da riqueza cultural marabaense em forma de música e poesia. Desta vez o Mural Cultural apresentará o espetáculo: “Marabá – Folhas Escritas por Lendas e Encantarias” e terá mais uma vez a participação de Carlos Correia e o projeto Versivox, selo especializado em criar números multiculturais que partem da literatura.
Criador do Versivox, o poeta e músico Carlos Correia Santos é o coordenador geral do Mural e será mediador da programação. Correia também tocará violão e cantará canções que compôs especialmente para a programação. “Nossas lendas e mitos saem das matas e dos rios para ser o foco de um evento especialmente criado para Marabá. Um pop sarau que une música, teatro e bate papo com dois grandes nomes da cultura marabaense: a escritora Katiucia Oliveira e o escritor e músico Javier Di Mar-y-abá”, declarou.
Em cena, um mini-espetáculo divertido e surpreendente protagonizado por Diego Aquino e Tábita Veloso. Tudo isso mediado pelo poeta e músico Carlos Correia Santos, através do selo Versivox. Participações especiais: Edu Hilário (percussão), Pedro Soares (violão solista), Javier Di Mar-y-abá, Tábita Veloso, Katiucia Oliviera e Versivox.
A segunda versão do Mural Cultural, acontece amanhã as 19h no Cine Marrocos.
 

Compartilhe:

Drenagem avança no entorno da Feira do Laranjeiras

Uma das maiores obras de drenagem já realizadas pela Prefeitura de Marabá avança no entorno da Feira do Laranjeiras, o que está proporcionando mais mobilidade nos Bairros Da Paz, Laranjeiras e Bom Planalto. O serviço vem para acabar com alagamentos históricos nessas áreas. Na Travessa Manaus, na confluência dos Bairros Bom Planalto, Laranjeiras e Cidade Nova, as obras de drenagem profunda iniciaram nesta terça-feira (19). Há 15 anos morando naquela travessa, o vigilante Carlito Fernandes, 50 anos, elogia o serviço que está sendo executado pela prefeitura. “Todas as vezes que chovia, a nossa rua enchia e a água entrava em muitas dessas casas”, lembra, ele, complementando que vários prefeitos prometeram fazer aquele serviço, “mas só agora com o João Salame está sendo executado”. Além da Travessa Manaus, a equipe está trabalhando na Avenida Itacaiúnas, onde os serviços já estão bastante avançados. São 800 metros de serviços que incluem drenagem, alargamento da grota que passa nas cercanias e instalação de 900 tubos. Essa drenagem e, posterior pavimentação, está sendo executada com recursos próprios. Segundo o encarregado Adriano Vieira, da Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas (Sevop), os serviços de drenagem no bairro iniciaram pelo grotão na Rua Manoel Pedro de Oliveira e prosseguiram pela Rua Miguel Basílio dos Santos, onde foram feitos com quatro linhas de drenagem para desafogar o fluxo de água que desce da feira. “Retornamos a drenagem para a Avenida Alfredo Monção, ligando com a Avenida Boa Esperança. Depois disso, fizemos a Avenida Itacaiúnas para pegar a Rua Pedro Marinho de Oliveira”,…

CME CUMPRE MANDATO DE REINTEGRAÇÃO DE POSSE NO TERRENO DA ALPA

Invasores deixam a área da Alpa antes da chegada da Polícia Na manhã desta quinta-feira, o CME, Comando de Missões Especiais deslocou o efetivo junto com outros órgãos de segurança para cumprir mandado de reintegração de posse para o terreno da Aços Laminados do Pará, Alpa, localizado às margens da BR-230 no rio Tocantins. Ao chegar no local os sem teto já tinham deixado a área. Apenas três pessoas estavam no local e foram conduzidas para prestar depoimento à autoridade policial. Segundo informações do comando da Polícia Militar eles vão permanecer durante todo o dia na área e quem tentar retornar ao local novamente será preso. A ocupação durou cinco dias. O projeto da Alpa previa um investimento estimado em R$ 3,7 bilhões de dólares com previsão de gerar 16.000 empregos na fase de implantação e mais 5.300 empregos diretos e outros 16.000 indiretos na fase operacional. A Vale emitiu nota esclarecendo que investimentos na empresa no Ceará não inviabiliza o projeto Alpa na região. O principal entrave é a falta da hidrovia que ainda não saiu do papel por conta de entraves na licitação para o derrocamento do Pedral do Lourenço. A Associação Comercial e o Conjove divulgaram nota de repúdio contra a invasão da área. Em um trecho, as entidades afirmam uma grave violação à estabilidade jurídica, e lastima suas consequências a curto prazo,  como responsável pelo afugentamento de empreendedores interessados em investir no município, já que nenhuma empresa se sente confortável e segura, para aplicar recursos, tendo as leis desrespeitadas e as…