Presidente Michel Temer deve cumprir agenda em Marabá na 2ª quinzena de março

O Superintendente do Incra  do Sul do Pará, Asdrúbal Bentes, disse ao Zeca News , que o presidente da República, Michel Temer (MDB), deve vir a Marabá entre os dias 15 a 20 deste mês de março para entregar título rurais junto com o Incra e o Programa Terra Legal.Segundo Asdrúbal  o Pará foi dos estados  escolhidos para entrega graças ao prestigio do ministro da integração nacional Helder Barbalho, afirma Bentes. Seria um ato previsto para acontecer, paralelamente, em 10 a 12 municípios da Amazônia, com outras ações em Belém, Acre e Rondônia, por exemplo. A data exata ainda não está definida, mas uma equipe da Comunicação do Palácio do Planalto esteve em Marabá nos últimos dias e conheceu as três principais estruturas que poderiam receber o evento com a presença do presidente da República. Eles estiveram no Plenário da Câmara Municipal (capacidade para 400 pessoas), Ginásio Renato Veloso (7 mil pessoas) e o recém-inaugurado Centro de Convenções, que tem teatro com capacidade para 1.200 pessoas. Todavia, o local exato só será confirmado quando vier a equipe de segurança, que avalia vários itens para definir o espaço ideal.   Ordem de serviço Nesta sexta-feira, dia 9, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (MDB), estará em Marabá para assinar a ordem de serviço para a empresa Cejen Engenharia, vencedora da licitação, executar as obras da Orla do Rio Itacaiunas, em Marabá. O projeto executivo será avaliado pela equipe do professor PHD e engenheiro civil Remo Magalhães de Souza, da Universidade Federal do Pará, para possíveis…

Paulo Rocha lança pré-candidatura ao Governo

O Partido dos Trabalhadores (PT) lançou ontem à noite, na sede do Sindicato dos Bancários, em Belém, os nomes dos pré-candidatos do Pará às eleições 2018, para os cargos de deputado estadual, deputado federal, senador e também para presidente. Apesar de ter sido condenado, Lula foi apresentado para concorrer à Presidência da República, além de Paulo Rocha ao governo e Zé Geraldo ao senado. Estes últimos dois compareceram ao evento, ao lado do deputado federal Paulo Pimenta (RS), líder do partido na Câmara. Questionado sobre a condição de Lula, se poderá concorrer ou não ao pleito do executivo federal, Pimenta foi incisivo. “Queremos Lula livre e vamos elegê-lo no primeiro turno. Não tem plano B, nosso candidato é o Lula! É ele que será presidente”, disse. O senador Paulo Rocha acredita que o principal enfrentamento para essa campanha é desfazer a polarização entre propostas nacional e regional do partido, em prol dos mais pobres. Ele também lembrou os oito anos de governo de Simão Jatene (PSDB) e que pretende implementar um plano de desenvolvimento distinto do atual. “Queremos um programa de governo que considere as diferenças regionais dentro do próprio Estado e aponte para resolver o problema da pobreza”. COLIGAÇÕES Para possíveis alianças políticas, o pré-candidato ao governo informou que o partido está aberto ao diálogo. Paulo Rocha acredita que o PT ainda pode alcançar o governo, mesmo depois de uma derrota nas urnas com a não reeleição de Ana Júlia Carepa, em 2010. “Ela não deixou uma imagem ruim para o PT, mas o…

Pela primeira vez uma mulher comanda um batalhão de policiamento na região metropolitana

A coronel Érika Natalie Duarte, na PM do Pará há 26 anos, assume o Batalhão de Policiamento das Ilhas, criado para atender mais de trinta ilhas da capital. ela primeira vez uma mulher assume o comando de um batalhão de policiamento da região metropolitana de Belém. A coronel Érika Natalie Duarte, na PM do Pará há 26 anos, assume o Batalhão de Policiamento das Ilhas, criado para atender mais de trinta ilhas da capital. Entre as mais povoadas estão Mosqueiro, Caratateua, Cotijuba e Combu. O Batalhão especial funcionará na sede do 10º Batalhão, no Distrito de Icoaraci. A militar terá sob seu comando mais de 500 policiais para fazer o policiamento das ilhas e contará ainda com o apoio do Grupamento de Polícia Fluvial. Mulheres já assumiram outros comandos regionais, mas na capital é a primeira vez. Para a titular do Batalhão, assumir um comando na capital é um desafio. “Para mim é um desafio e abracei esta causa pela necessidade de ter esta representatividade feminina dentro de Belém e da Região Metropolitana. Entre os comandos de batalhões e de companhias da capital, nós não tínhamos mulheres. E até mesmo para a Polícia Militar isso representa uma quebra de paradigma”, comenta a coronel. Habilidades Érika Duarte entrou para a Polícia Militar aos 17 anos. Na época , segundo a PM, as mulheres eram colocadas em um plano inferior aos homens em virtude do tipo físico. “Hoje a gente verifica que a força física não precisa ser a única qualidade de um policial militar. Atualmente muitas…

Vem aí: Publicom 2018 em Marabá nos dias 21, 22 e 23 de março

Em março, a Secom – Secretaria de Comunicação do Pará dá início ao Publicom 2018! A primeira edição será em Marabá. Reserve os dias 21, 22 e 23 de março na sua agenda! As inscrições gratuitas serão abertas na segunda, 12, no site do evento. A confirmação da inscrição será mediante a doação de um livro nos dias do evento.

O Encontro de Comunicação Pública do Pará é um evento promovido pela Secretaria de Comunicação e seu intuito é oferecer treinamento e qualificação para os profissionais de comunicação do Estado.

A primeira edição do Publicom ocorreu em 2013, em Belém, e contou com a participação de mais de 160 participantes. Em 2015, o evento ampliou seu raio de atuação e realizou eventos também nos interiores do Estado, a fim de compartilhar o conhecimento e se aproximar ainda mais daqueles que fazem comunicação nas regiões mais distantes da capital.

Conheça o Publicom: http://www.secom.pa.gov.br/publicom/

 

Compartilhe:

Oncológico Infantil investe em novo medicamento para tratamento de linfomas e leucemias

Nos últimos dias, as horas de sono têm sido frequentes para a filha de Francinete Macedo. A fase adolescente de menina de 14 anos poderia ser um dos motivos, mas a verdade é que para N.M.A, o repouso faz o tempo passar mais rápido. Assim, acaba não sentindo alguns sintomas do tratamento que vem fazendo contra um câncer no Hospital Oncológico Infantil Otávio Lobo, em Belém (PA). Desde 2015 na luta e sempre em busca de novas informações sobre a doença, a mãe renovou as esperanças depois que ouviu as explicações sobre o novo medicamento que será utilizado no tratamento da jovem. “Quando a médica entrou no quarto para falar sobre a PEG-Asparaginase e os benefícios da mudança na medicação, entendi que era o momento de pensar positivo. Vamos receber o que tem de melhor”, disse Francinete ansiosa pelo momento da mudança no tratamento da filha. Protegida quimicamente para que o organismo não a reconheça como um corpo estranho, o que provocaria uma eliminação mais rápida, a PEG-Asparaginase atualmente faz parte da lista de medicamentos mais importantes para o tratamento oncopediátrico de crianças e adolescentes com leucemia e certos tipos de linfomas. “Comparando com o outro medicamento que usávamos, a PEG-Asparaginase atua por mais tempo no organismo do paciente, o que nos permite reduzir a quantidade de doses aplicadas, diminuindo também as dores e os possíveis efeitos adversos”, explicou a médica Alayde Vieira, coordenadora de Oncopediatria do Oncológico Infantil. Mudança para melhor Podendo ser utilizada em todas etapas de tratamento (indução, consolidação, intensificação e manutenção),…

Marabá com o nome limpo fora do CAUC

Gestão Tião  Miranda Equilibra as Contas do Município

Após muita luta, e com esforço da equipe de governo, o município de Marabá está fora do CAUC, e recuperou o “selo de adimplência e bom pagador”.  A  informação  e do vice prefeito  de Marabá Tony  Cunha , Segundo  ele o  CAUC funciona como uma espécie de “SPC e SERASA” para entes federativos. Com o nome limpo, depois de 3 anos, nossa cidade ganhou credibilidade.  Tony afirma que agora, será possível viabilizar muito mais convênios federais, recursos externos para melhorar nossa cidade com obras de infraestrutura e serviços de qualidade.

Compartilhe:

Alta incidência de raios no Pará requer cuidados da população

Alguns itens da rotina doméstica merecem atenção durante o período de tempestades do inverno amazônico   Além das chuvas intensas, o inverno amazônico também é responsável pela grande incidência de raios. De acordo com um levantamento do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), só nos meses de janeiro e fevereiro de 2018 as descargas atmosféricas contabilizaram mais de 425 mil ocorrências no território paraense. Algumas das cidades mais afetadas foram Conceição do Araguaia, Santana do Araguaia e Redenção. Esse número representa uma redução de aproximadamente 30% se comparando com o mesmo período do ano passado. Durante todo o ano de 2017, foram cerca de 4 milhões de registros de raios no Pará. Levando em conta os perigos que as descargas atmosféricas representam, alguns cuidados na rotina doméstica merecem atenção. O executivo da área de Segurança da Celpa, Alex Fernandes, explica quais cuidados devem ser tomados durante as tempestades. “É importante não ligar qualquer aparelho eletrodoméstico durante chuvas com raio, as torneiras e chuveiros elétricos também não devem ser usados. E também muito cuidado com as antenas de TV de canais abertos, pois são as maiores causas de queima de aparelhos. Por isso, desconecte o aparelho da tomada e do fio da antena e jamais tente mexer na antena na hora da chuva”, orienta o executivo. A elevação térmica em uma descarga atmosférica, que é totalmente imprevisível e aleatória, consegue alcançar até 3 mil graus Celsius em frações de segundos. “Devido a sua natureza devastadora a descarga atmosférica quando tem o…

Pró-Saúde oferta vagas para 23 cargos em Barcarena

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar está com vagas abertas para 23 cargos no Hospital Materno Infantil, em Barcarena, no nordeste paraense. Todas as vagas também são destinadas a pessoas com deficiência (PCD), observando-se, obrigatoriamente, os critérios descritos em edital, conforme legislação vigente. As vagas abertas são para os cargos de: assistente de SAME/Estatística; assessor de comunicação pleno; auxiliar administrativo de compras; auxiliar administrativo SAU; auxiliar de farmácia; biomédico; coordenador contábil / financeiro; coordenador de enfermagem; eletricista; enfermeiro; enfermeiro NEP/SCIH; farmacêutico; faturista; fonoaudiólogo; jardineiro; lactarista; Llder de atendimento; coordenador de farmácia; técnico de enfermagem; técnico de informática; técnico de laboratório; técnico de manutenção; e técnico de nutrição. Os interessados devem se candidatar pelo site www.prosaude.org.br/trabalheconoscoaté o dia 17/3/2018. Os currículos também podem ser enviados para o e-mail trabalheconosco@prosaude.org.br, colocando como assunto “HMIB e nome da vaga de interesse”. Porém, é imprescindível que a candidatura também seja realizada pelo site da entidade. Mais informações sobre o edital de abertura de vagas e os cargos, podem ser obtidas em www.prosaude.org.br. O Hospital Materno Infantil de Barcarena, na região do Baixo Tocantins, será um dos mais modernos do Estado do Pará. A unidade terá capacidade para 60 leitos, sendo 10 de UTI Adulto, 10 de UTI Neonatal e 10 de UCI Neonatal. A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar possui 50 anos de atuação e é considerada uma das maiores instituições de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Presente em todas as regiões do Brasil, a entidade tem sob sua responsabilidade cerca de 2.000 leitos…

Monitor da Violência Dia Internacional da Mulher e nada a comemorar

nesta quinta-feira, 8 de março, países do mundo todo celebram o Dia Internacional da Mulher, data que simboliza a busca pela igualdade entre homens e mulheres. A data é percebida por muitos como um momento festivo, no qual se distribuem flores e mensagens que ressaltam a importância da mulher na sociedade. Mas neste 8 de março, nós, mulheres brasileiras, não temos muito a celebrar. Os dados divulgados pelo Monitor da Violência, parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, revelam que o Brasil permanece como uma das nações mais violentas do mundo para as mulheres. As estatísticas levantadas pelo G1 mostram que 4.473 mulheres foram vítimas de homicídio em 2017, um crescimento de 6,5% em relação a 2016, quando 4.201 mulheres foram assassinadas. Isso significa que uma mulher é assassinada a cada duas horas no Brasil, taxa de 4,3 mortes para cada grupo de 100 mil pessoas do sexo feminino. Para que o leitor tenha ideia do que isso representa, se considerarmos o último relatório da Organização Mundial da Saúde, o Brasil ocuparia a 7ª posição entre as nações mais violentas para as mulheres de um total de 83 países. O levantamento também inclui dados sobre feminicídios e revela que foram registrados 946 casos no país ano passado, aumento de 16,5% em relação a 2016. Neste caso, o aumento é uma notícia positiva, pois indica que os estados estão se empenhando em aprimorar os registros deste crime. Mas é evidente que ainda há subnotificação. O feminicídio é o…