FEBRE AFTOSA: CAMPANHA DE VACINAÇÃO INICIA NA SEXTA FEIRA

O Governo do Estado do Pará, através da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), lança, no próximo dia 30 de abril, a Campanha Estadual de Vacinação contra a Febre Aftosa/Etapa Maio 2015.  

O lançamento será no município de Santarém com a presença de autoridades de governo, sindicatos rurais e produtores.  

A vacinação do rebanho de bovinos e bubalinos do Estado será realizada entre 1º e 31 de maio, em todo o território paraense, com exceção do Arquipélago do Marajó e municípios de Faro e Terra Santa.

A Adepará, responsável pela campanha, de importância estratégica para a balança comercial do Estado, aplicará cerca de R$ 400 mil no combate à doença.  

Mais de 500 servidores estarão envolvidos e acompanharão o trabalho para garantir que todo o processo de vacinação atenda às metas da Agência, que é alcançar o mais alto índice vacinal.

 

Compartilhe:

CASO NOÉ: POLICIA INSTAURA INQUÉRITO PARA APURAR SUPOSTA ACUSAÇÃO DE PEDOFILIA

O delegado Márcio Maio da policia civil de Marabá,informou que presidente da fundação casa da cultura,Noé Von Atzingen,foi detido no final de semana.Ele foi  conduzido a delegacia pelo policial Moacir Bispo de Sousa da policia militar.Noé foi  denunciado de praticar pedofilia via Niop.Um garoto de 13 anos de idade teria pegado uma carona,com Noé,de Morada para Murumurú,na zona rural de Marabá.No trajeto dentro de veiculo Fiat de cor  branca,o professor teria  molestado o menor,em seguida dado a quantia  de 20 reais,segundo relato da vitima e da responsável do menor a policia.O professor prestou depoimento,e foi liberado por falta de provas,para fazer o flagrante.Segundo a autoridade policial a mãe  do menor já foi  ouvida e a suposta vitima .O delegado disse que na tarde desta segunda feira,três testemunhas foram ouvidas,e durante esta semana  mais pessoas devem prestar depoimento.Noé disse policia que sua casa,e bastante frequentada,uma vez que no local tem um balneário,preservado já que é ambientalista. Noé afirma que vai provar sua inocência.Ele considerou a acusação um absurdo.O delegado afirmou que Por se tratar de criança,e de pessoa influente na cidade,o inquérito deve ser concluído o mais rápido possível, e será encaminhado a justiça para as providencias cabíveis.

Compartilhe:

Executivo do Google morre no Everest após terremoto

O executivo do Google Dan Fredinburg morreu neste sábado (25) no monte Everest, após uma avalanche provocada pelo forte terremoto de magnitude 7,8 que abalou o Nepal e países vizinhos, deixando mais de 1 mil mortos.

Segundo informou o G1, a morte foi anunciada pela empresa de expedições de aventura Jagged Globe, que levava o grupo de Fredinburg à montanha. Uma mulher, que se identificou como irmã mais nova dele, confirmou a informação em uma rede social. “Eu sou Megan a irmã mais nova de Dan. Sinto em informar todos que gostavam dele que durante a avalanche no Everest nesta manhã nosso Dan sofreu um sério ferimento na cabeça e não sobreviveu”, afirmou.

Formado em Ciências da Computação, Dan Fredinburg estava na gigante de tecnologia desde 2007 e era chefe de políticas de privacidade do projeto Google X. Ele chegou a Katmandu, capital do Nepal, no final de março para a escalada. Não era a primeira vez que o executivo enfrentava a montanha mais alta do mundo. Em abril do ano passado, ele sobreviveu a uma avalanche que matou 16 xerpas, etnia local conhecida por ajudar os alpinistas nas escaladas.

Compartilhe:

Família de carioca que está no Nepal se diz ‘aliviada’ após receber notícias

Familiares de Monique Corrêa receberam informações da Embaixada. Ela e a amiga Danielle Sulamita Pio embarcam para o Brasil neste domingo. Danielle (à esquerda) e Monique estão bem, segundo familiares (foto: Reprodução do Facebook) A família da fisioterapeuta carioca Monique Corrêa Santos, de 32 anos, está “aliviada” após receber notícias de que ela e a amiga Danielle Sulamita Pio, de 33 anos, estão bem. As duas chegaram em Katmandu, capital do Nepal, na sexta-feira (24) e foram para a região do Monte Everest. Desde que receberam notícias sobre o terremoto que devastou parte do país deixando mais de 1.800 mortos, os familiares de Monique estavam desesperados. Mas a Embaixada do Brasil em Katmandu entrou em contato com a mãe da fisioterapeuta, Josete Corrêa, e informou que as brasileiras embarcam de volta ao Brasil ainda neste domingo (26). “Foi angustiante e íamos passar a noite inteira nesta angústia se [a Embaixada] não tivesse entrado em contato. Graças a Deus recebemos a notícia de que elas estão bem agora. A família inteira está aliviada com essa informação”, disse Ingrid Ribeiro, cunhada de Monique, ao G1 por telefone. Angústia Na tarde de sábado (25), o irmão de Monique, Ronaldo Corrêa, contou havia feito contato com a irmã e a amiga dela momentos antes dos tremores de terra. “Falamos com elas por e-mail por volta das 9h. Elas disseram que estavam fazendo check out no hotel e indo para a região do Everest por volta das 10h”, conta o Ronaldo. Ele contou ainda as jovens planejavam ir até o Everest e…

Brasileira está desaparecida no Nepal

Mariana Malaguti Uchôa, de 26 anos, à esquerda, está desaparecida no Nepal
A brasileira Mariana Malaguti Uchôa, de 26 anos, está desaparecida no Nepal, atingido neste sábado por um terremoto de 7,8 graus na escala Richter.

Segundo o pai da jovem, o empresário Carlos Uchôa, a filha fez seu último contato com a família na última quarta-feira (22).“Hoje, com o terremoto, a mãe dela enviou vários e-mails, só que as comunicações com o Nepal estão muito precárias e ainda não tivemos resposta”, disse o pai ao canal de notícias Globonews.

Carlos Uchôa relatou que a filha estava tentando chegar ao Everest e estaria no meio do caminho quando o abalo sísmico aconteceu. Ele completou que acionou o consulado brasileiro no Nepal, mas o mesmo não funciona nos finais de semana.

Compartilhe:

OMS quer reduzir mortes por malária em 90% até 2030

Nos próximos 15 anos, a Organização Mundial da Saúde quer erradicar a malária de 35 países  Neste sábado, 25, é celebrado o Dia Mundial contra a Malária. A Organização Mundial da Saúde (OMS), criou uma estratégia global para diminuir as mortes por malária. O plano para o período 2016 a 2030 foi produzido em parceria com países onde há mais casos. O primeiro objetivo é reduzir as mortes em 40% até 2020 e depois trabalhar para redução de 90% das fatalidades até 2030. A OMS também quer erradicar a malária de 35 países durante os próximos 15 anos. A OMS alertou para o elevado número de mortes causadas pela malária em todo o mundo. Para a agência, é urgente que as autoridades reforcem as ações de prevenção e combate à doença. Por ano, mais de 600 mil pacientes com malária morrem, sendo que três quartos das vítimas são crianças menores de cinco anos. Apenas uma entre cinco crianças africanas com malária recebem tratamento. Tratamento Nesta semana, a OMS também atualizou suas recomendações sobre tratamento da malária. Para casos menos complicados, o indicado é utilizar medicamentos à base de artemisinina. Quando há suspeita, a OMS recomenda testes de diagnóstico rápido, amplamente disponíveis, mas ainda assim, 40% dos africanos com suspeita de malária não são testados. Para o sucesso da nova estratégia, a OMS afirma ser essencial forte compromisso político e amplo financiamento, incluindo investimentos no controle da malária, em pesquisas e nos sistemas de saúde. A agência lembra ser preciso combater a resistência dos parasitas a antibióticos…

Brasileiro será executado “em breve”, diz Indonésia

Autoridades indonésias disseram nesta quinta-feira (23) que esperam anunciar em breve a data de execução de um grupo de condenados por tráfico de drogas, depois que o tribunal mais importante do país rejeitou o recurso final de todos, com exceção de um. As informações são da EFE/Gazeta do Povo.

No grupo está o paranaense Rodrigo Muxfeldt Gularte, de 41 anos, preso há dez anos no país, acusado de tráfico de drogas. Mais da metade do grupo de 10 prisioneiros que devem enfrentar o pelotão de fuzilamento são estrangeiros. O caso tem abalado as relações do governo de Jacarta com Austrália, França e Brasil. Continue lendo

Compartilhe:

REDENÇÃO:Detentos se concentram em teto de presídio

Quatro agentes prisionais – Samuel Saraiva, Reginaldo Fotógrafo, Diego Veloso e Jeison Cleonabi – estão como reféns dos detentos do presídio de Redenção. A rebelião começou no início da noite de ontem, quinta-feira (23/04), por volta das 19 horas, e na manhã de hoje os presos levaram os reféns para cima do telhado e quem passa perto do presídio é possível vê-los.Os detentos chegaram a agredir os agentes prisionais com tapas no rosto e na cabeça e ameaça matá-los. Veículos da polícia em frente ao presídio O Grupo Tático Operacional da PM de Redenção já está dentro do presídio. O Grupo Tático Operacional de Conceição do Araguaia, Xinguara e de Marabá também já estão em Redenção. Chega, em Redenção, por volta das 9 horas, de helicóptero, o Grupo de Choque de Belém. Os motivos para a rebelião são as reclamações dos detentos por melhorias nas condições das celas da unidade prisional, bem como a demora no julgamento de diversos processos. Os presos reclamam ainda da superlotação do local, que comportaria 180 pessoas e atualmente estaria com cerca de 350. Dos quatro agentes que estão sendo feitos reféns, dois estão no teto do presídio, onde vários detentos se aglomeram. Colchões e outros materiais foram queimados. Outro agente está em uma cela e o quarto refém está enrolado em um colchão. Os presidiários ameaçam tocar fogo no funcionário. Apesar dos detentos estarem armados com artefatos produzidos na cadeia, as informações dão conta de que os agentes não estão feridos. Foto: WhatsApp/ Diário do Pará As negociações seguem tensas e…

Jardim do Éden:Prefeito repudia ilegalidade e pede que população denuncie fraudadores

O prefeito Joã o Salame concedeu entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (23), acompanhado dos secretários de Assistência Social da Prefeitura, Adnancy Rosa; Urbanismo, Cláudio Feitosa, de Comunicação, João Carlos Rodrigues e do superintendente da SDU, Gilson Dias, onde esclareceu alguns pontos sobre o processo de seleção das 968 unidades habitacionais do Residencial Jardim do Éden, do Programa Minha Casa Minha Vida, em Morada Nova. Inicialmente, foram inscritas 8.341 pessoas para concorrer a casas no Jardim do Éden e Magalhães I e II (os dois últimos estão em construção). Desse número, 1.775pessoas estavam inicialmente aptas a concorrer a unidades habitacionais no “Jardim do Éden”. Em uma primeira triagem, 516 pessoas foram retiradas do cadastro por não atender seis requisitos municipais e federais e 1.259 cadastros foram enviados para a Caixa, que, pelos critérios de eliminação, enviou a lista dos 968 contemplados à Seasp. Por não terem sido contemplados com uma casa e denunciando que pessoas contempladas teriam ganhado uma unidade habitacional ilegalmente, porque já seriam proprietários de imóveis, um grupo de manifestante interditou nos últimos dias 21 e 22 a Rodovia BR-222, à altura do Residencial “Jardim do Éden”. Diante disso, Salame convocou uma entrevista coletiva, onde esclareceu que a seleção foi feita de acordo com os critérios municipais e federais, mas ressaltou que o problema está sendo gerado, pois o município tem muitas áreas de ocupação, com imóveis não registrados. “Às vezes a pessoa possuiu um imóvel, mas não existe o registro desse imóvel, nem na SDU, nem em outros órgãos de controle”, disse.…

Brasileiro desaprova aumento de conta para reduzir consumo de energia, mostra pesquisa

Se o governo decidir aumentar o preço da conta de luz para estimular a economia de energia elétrica, a maioria dos brasileiros deverá desaprovar a medida, segundo pesquisa do DataSenado divulgada nesta quarta-feira (22) em reunião da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI).

Mas se a saída para reduzir o consumo de eletricidade for a de incentivar a fabricação de eletrodomésticos que evitem o desperdício, ainda que mais caros, o apoio da maior parte da população estará garantido: 86% dos brasileiros veem com bons olhos a iniciativa. A criação de leis que obriguem a fabricação desses aparelhos também é positiva para 65% dos entrevistados.

A pesquisa de opinião sobre o que pensam os brasileiros a respeito das políticas energéticas no país, feita pelo DataSenado em parceria com a Universidade de Columbia (EUA), também revelou que 85% dos respondentes concordaram total ou parcialmente em que o Brasil invista mais em fontes de energia renováveis como eólica e solar. Um número um pouco menor, mas ainda representativo de indivíduos apoiam que empresas de energia sejam obrigadas a investir nessas fontes: 68%.

 

 

Compartilhe: