Dia do Jornalista

Este é o dia oficial da profissão de jornalista. Esta comemoração foi criada pela Associação Brasileira de Imprensa como homenagem a Giovanni Battista Libero Badaró. o primeiro jornalista a lutar até à morte em defesa da liberdade de expressão. É seu um dos primeiros escritos publicados no Brasil em defesa da liberdade de imprensa, rechaçando sempre a tese de que supostos abusos praticados pelos jornalistas justificariam o cerceamento da liberdade. Hoje, seu pensamento está consolidado na Constituição Federal e na jurisprudência do STF. No dia 20 de novembro de 1830, Líbero Badaró sofreu um brutal atentado à bala. A primeira pessoa a socorrê-lo foi o estudante de direito Emiliano Fagundes Varela, pai do futuro poeta Fagundes Varela. Suas últimas palavras foram: “Morre um Liberal, mas não morre a Liberdade”. No dia seguinte estava morto, aos 32 anos. Um alto funcionário do Judiciário imperial chegou a ser processado como mandante do crime, mas foi absolvido, por falta de provas. Segundo historiadores, a ordem para matar Badaró pode ter partido do próprio imperador Dom Pedro I. Com sua morte, aumentaram o descontentamento e as manifestações de protesto contra o absolutismo, e D. Pedro abdicou em 7 de abril de 1831. Parabéns a todos os jornalistas que lutam para assegurar o direito de toda sociedade principalmente que tem dificuldade de ser ouvido pelo poder. quem faz jornalismo com amor e sabe sua importância na comunidade

Compartilhe:

Brasileiros com mais de US$ 50 mi no HSBC usaram 97 contas e 68 offshores

Brasileiros com mais de US$ 50 mi no HSBC usaram 97 contas e 68 offshores Fernando Rodrigues Empresas em paraísos fiscais controlavam o dinheiro na Suíça SwissLeaks mostra que era disseminado o uso de “offshores Do alto à esquerda, em ordem horária: Benjamin Steinbruch, André Esteves, André Jakurski, Aloysio Faria, Jacks Rabinovich e Habib Esses Milionários brasileiros utilizaram 97 contas no banco HSBC da Suíça, segundo registros de 2006 e 2007, e fizeram uso de 68 empresas conhecidas como “offshores” para movimentar os seus recursos. Essas companhias ficam em paraísos fiscais, como Panamá e Ilhas Virgens Britânicas, no Caribe. São usadas principalmente por quem quer pagar menos impostos. Se o envio e depósito dos valores em offshores e a volta dos recursos ao país de origem forem declarados, não há ilegalidade. Essas empresas, porém, podem servir a propósitos ilícitos, como ajudar a camuflar dinheiro sem origem comprovada. Levantamento feito pelo UOL e pelo jornal o “Globo” entre os brasileiros ligados a contas no HSBC da Suíça encontrou 38 pessoas divididas em 14 grupos (de integrantes da mesma família ou sócios), que compartilhavam as mesmas operações financeiras, vinculados a contas com saldo acima de US$ 50 milhões. Somadas, essas contas registravam um depósito máximo de cerca de US$ 2 bilhões em 2006 e 2007, período ao qual os dados se referem. Esse valor representa mais de um quarto dos US$ 7 bilhões vinculados a pessoas relacionadas ao Brasil na filial do HSBC em Genebra. Foram usadas 68 offshores para movimentar esses recursos. A discrição é uma…

Tarifas de serviços dos Correios terão reajuste de 9,3%

O Ministério da Fazenda autorizou um reajuste linear de 9,329% nas tarifas e preços dos serviços postais de monopólio prestados pelos Correios.

A decisão consta de portaria assinada pelo ministro Joaquim Levy publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta terça-feira (7). O documento autoriza os valores máximos a serem cobrados pela empresa. Os preços finais, no entanto, devem ser definidos pelo Ministério das Comunicações.

Compartilhe:

Garota cai em represa e família morre afogada tentando salvá-la Os sete parentes da menina fizeram uma corrente-humana para descer até a água

Sete pessoas de uma mesma família se afogaram ao tentar salvar a filha caçula que caiu em uma represa. Ao se darem conta da queda da menina, os parentes formaram uma “corrente-humana” para tentar descer até a água, e foi quando o acidente aconteceu. O grupo, formado por quatro adultos e três adolescentes, visitava um túmulo em um cemitério próximo à represa, na cidade de Shantou, na província chinesa de Guangdong. Uma das jovens, de 17 anos, decidiu lavar as mãos no reservatório, e acabou se desequilibrando e caindo na água. O restante da família fez uma tentativa desesperada de resgatá-la, mesmo cientes de que nenhum integrante do grupo sabia nadar. A iniciativa deu errado, e todos se afogaram. O resgate foi chamado, mas já era tarde. Os oficiais encontraram e resgataram os sete corpos de dentro da represa. De acordo com um dos paramédicos, a impressão que se teve é de que todos os parentes estavam muito empenhados em salvar a garota. — Nenhum deles sabia nadar, e mesmo assim se arriscaram. Recebemos uma ligação de moradores, que viram o que aconteceu mas que, infelizmente, não puderam ajudar a família a tempo. Resgatamos a garota e seus dois irmãos, um menino de 15 anos e uma menina de 13, assim como os pais e tios dela, todos declarados mortos ainda no local. Oficiais responsáveis pela preservação da área onde aconteceu o acidente abriram investigação para ver se é possível prevenir que outras tragédias como esta voltem a acontecer. A família estava reunida para visitar…

CASO JAKSON SILVA:POLÍCIA DE MANAUS JÁ TEM NOVA VERSÃO PARA MORTE DO ADVOGADO

A Polícia Civil do Amazonas informou ao G1, nesta segunda-feira (6), que descartou a suspeita de que o assassinato do advogado paraense Jakson Souza e Silva, de 45 anos, tenha sido um crime encomendado.

A primeira fase das investigações foi concluída, no entanto, novas diligências ainda serão realizadas. A nova linha de investigação apura se Silva foi vítima de latrocínio – roubo seguido de morte.

Jakson Silva, que era presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Parauapebas (PA), foi morto em Manaus em janeiro deste ano. O advogado estava com o nome incluso em lista de “marcados para morrer

Compartilhe:

Abertas as inscrições para a eleição de conselheiro tutelar

A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura (Seasp), por intermédio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), iniciou ontem (7) a inscrição de interessados a candidato ao cargo de conselheiro tutelar, com vista à eleição por voto direto, objetivando o preenchimento de 10 vagas e igual quantidade de suplentes, para composição dos dois Conselhos Tutelares do Município, conforme edital 001/2015- CMDCA, publicado no Diário Oficial do Estado.
Irene Gomes de Sousa, secretária do CMDCA, acredita que, este ano, a concorrência será bem acirrada devido à escassa oferta de trabalho em Marabá e também considerando a remuneração do cargo, R$ 1.398,00. No entanto, para concorrer a uma vaga de conselheiro tutelar há muitas exigências além da eleição, um certame equivalente ao pleito de prefeito ou vereador.
Também, de acordo com Irene, além das certidões de praxe, o candidato deve ter residência e domicílio eleitoral no município de, no mínimo dois anos, comprovadamente; e reconhecida experiência em órgão que tenha por objetivos institucionais o atendimento, estudo, pesquisa, promoção ou a defesa dos direitos da criança e do adolescente, também de, no mínimo, dois anos.
O período de inscrição segue até 4 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 14 horas, na sede do CMDCA. A eleição, unificada em nível nacional, acontece em 4 de outubro deste ano. E a posse dos novos conselheiros tutelares será em 10 de janeiro de 2016.
Mais detalhes no site https://cmdcamaraba.wix.com/escolhaunificada, onde todos os procedimentos para inscrição e eleição

Compartilhe:

8ª ROMARIA DE SANTO EXPEDITO: NOVENA INICIA DIA 11 DE ABRIL

Com tema”Santo expedito,ajudai-nos, a fortalecer nossa fé, e a confiança em Deus,”a diocese de Marabá,e a paróquia Santana,de Morada Nova,realiza dia 19 de abril a 8ª  Romaria de Santo expedito.A saída será as 6h da manha,de Morada Nova, com chegada as 9h,em Murumurú.Dia 11 inicia as novenas as 20 horas no santuário em murumurú com celebração de missa,com o padre Luís Weber.Alberto Porto um dos organizadores informa que dia 25 tem leilão,e bingo no parque exposição de murumurú.A renda é para  terminar  a construção do santuário do santo das causas  urgentes.O ponto alto  do vento religioso é a procissão dia 19 de abril.

Compartilhe:

Municípios com mais de 200 mil eleitores poderão ter eleição majoritária para vereador

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 398/15 que estabelece eleições majoritárias para vereadores em municípios com mais de 200 mil eleitores.

Hoje, os vereadores são eleitos pelosistema proporcional, ou seja, os votos computados são os de cada partido ou coligação e, em uma segunda etapa, os de cada candidato. Já no sistema majoritário, quem obtiver mais votos sagra-se vencedor.

 

Compartilhe:

Audiência discutirá implementação da emenda dos agentes de trânsito

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados promoverá, nesta quinta-feira (9), audiência pública para discutir a efetiva implementação da Emenda Constitucional 82, que reconhece a carreira de agentes de trânsito no sistema de segurança pública.

Promulgada em julho do ano passado, a emenda incluiu a segurança viária entre as ações de segurança pública e deu caráter constitucional à competência de órgãos e agentes de trânsito, estruturados em carreira, no âmbito dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.

 

Compartilhe:

Balanço parcial da Semana Santa registra 92 mortes nas estradas federais

Balanço preliminar divulgado nesta segunda-feira (06) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) informa que, entre a última quinta-feira (2) e ontem (5), feriado prolongado da Semana Santa, 92 pessoas morreram e 1.197 ficaram feridas em 1.847 acidentes nas rodovias federais do país. Os dados são parciais, já que a Operação Semana Santa termina às 23h59 desta segunda-feira. Os resultados consolidados serão divulgados hoje (7). No ano passado, a PRF não divulgou números parciais. Durante os primeiros quatro dias de operação, os agentes da PRF realizaram mais de 49 mil testes de bafômetro, que resultaram em 1.062 motoristas impedidos de prosseguir.

Já os radares portáteis flagraram 68 mil motoristas trafegando acima da velocidade permitida. Foram fiscalizados mais de 139 mil veículos e 151 mil pessoas. No domingo, a polícia registrou movimento intenso nas estradas. Muitos motoristas deixaram para retornar no fim da tarde, o que contribuiu para lentidão e congestionamentos, principalmente na chegada às capitais dos estados. Em 2014, a operação também durou cinco dias e foram registrados 2.837 acidentes, sendo 417 graves. Ao todo, 140 pessoas morreram.

 

Compartilhe: