Floresta: Ministério Público Federal acusa mineradora de destruir rodovia

O Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA) encaminhou à Justiça ação em que acusa a transportadora Floresta do Araguaia, a mineradora Floresta do Araguaia e a Siderúrgica do Pará (Sidepar) por danos provocados pelo transporte de carga com excesso de peso em rodovias federais no Estado em 2014 e 2015.

O Ministério Público Federal pede decisão urgente que impeça os veículos da transportadora de trafegarem com excesso de carga, com a aplicação de multa de R$ 40 mil para cada veículo flagrado com a irregularidade.

Os procuradores também pedem que as empresas sejam condenadas ao pagamento de R$ 350 mil por danos materiais e de R$ 300 mil por danos morais provocados.

Segundo o Ministério Público Federal, a mineradora e a siderúrgica já foram acusadas pela mesma irregularidade em 2011 e condenadas pela Justiça Federal a pagamento de R$ 130 mil.

 

Compartilhe:

Mesa Brasil: Hospital Regional realiza palestras em Marabá

No dia 20 de maio começaram as atividades do Programa Mesa Brasil, uma iniciativa do SESC – Serviço Social do Comércio – que em Marabá, desde 2012, tem a parceria do Hospital Regional do Sudeste do Pará (HRSP).

Pelo menos 30 representantes de organizações não governamentais – entre institutos, associações e fundações – participaram de palestras sobre “Direito da criança e do adolescente”, com a enfermeira Karla Emanuelle Silva Luz, coordenadora do Grupo de Trabalho e Humanização do HRSP; e sobre “Direito humano à alimentação adequada”, com a nutricionista Natália Silva Garcia Lobato, coordenadora do Serviço de Nutrição do HRSP.

O objetivo do programa é fazer com que os representantes das ONGs levem o conhecimento para a comunidade deles e multipliquem essas informações. Em Marabá, o Mesa Brasil atende mais de 13 mil pessoas.

O Hospital Regional, administrado pela Pró Saúde, é considerado fundamental no desenvolvimento do projeto, na medida em que disponibiliza profissionais que detêm conhecimento sobre os assuntos que compõem a grade de temas abordados no programa.

O Mesa Brasil trabalha com instituições sociais, desenvolvendo ações educativas direcionadas à saúde. A participação do Hospital Regional no programa faz parte de uma iniciativa da Pró-Saúde, que visa inserir o hospital na sociedade.

 

Compartilhe:

Marabá:Incra ouve demandas de camponeses e inicia ação itinerante

Levar a Direção Nacional do Incra – Presidência e Diretorias Nacionais – para as superintendências regionais em todo o país e pactuar estratégias e ações com servidores da autarquia, movimentos, representantes setoriais, autoridades do executivo, legislativo, judiciário e do Ministério Público Federal. Com esta proposta, a presidente do Incra, Maria Lúcia Falcón, e os diretores nacionais da autarquia iniciaram neste domingo (24) em Marabá (PA) uma série de agendas no Pará, estado com maior número de famílias assentadas no Brasil.   As atividades iniciaram na Superintendência Regional do Sul do Pará, em Marabá, e na quarta-feira (27) o Incra Itinerante segue para audiências e encontros de trabalho em Belém e região. Na quinta (28) e sexta-feira (29) a presidente e Diretores estarão no Oeste do Pará para agendas em  Santarém e região.   No primeiro encontro a presidente do Incra, Maria Lúcia Falcón, está se reunindo com servidores do Incra, movimentos sociais, Ministério Público Federal, Justiça Federal e autoridades municipais e estaduais.   Em Marabá, o Incra Itinerante conta ainda com as presenças do secretário Extraordinário de Regularização Fundiária da Amazônia Legal (Serfal), Sérgio Lopes, dos diretores de Obtenção de Terras, Marcelo Afonso, de Desenvolvimento de Assentamentos, César Aldrighi, do procurador-chefe da Procuradoria Federal Especializada, Júnior Fidélis.   Aproximar Em reunião com o superintendente Eudério Coelho, com os chefes de Divisões e com o Ouvidor Agrário Regional, ocorrida no domingo (24), em Marabá, Lúcia Falcón explicou que a ideia do Incra Itinerante é aproximar-se dos servidores e dos principais interlocutores do Instituto para discutir e…

Nesta terça é lembrado o dia do Glaucoma; conheça sobre a doença nos olhos

O Dia Nacional de Combate à Cegueira pelo Glaucoma é lembrado hoje em todo o país. Só no Brasil, 900 mil pessoas são portadoras de glaucoma.De acordo com o presidente da Sociedade Paraense de Oftalmologia, o oftalmologista Frederico Lobato, o glaucoma é uma doença que acomete o nervo óptico que pode ou não estar relacionada com a pressão intraocular elevada. Se não for diagnosticada e tratada precocemente, pode levar à cegueira. “Existem pacientes que não têm a pressão intraocular elevada, mesmo assim podem apresentar a doença no nervo óptico. É importante fazer o exame oftalmológico de rotina, no mínimo uma vez ao ano. Pessoas que têm familiares com a doença chegam a ter quatro vezes mais chance de ter glaucoma. São poucos os tipos de glaucoma que apresentam sintomas, a maioria é assintomático. Quando a pressão intraocular está muito elevada, o paciente pode sentir dor. A doença vai diminuindo o campo visual periférico”, explica Lobato. “O tratamento é feito com colírios e cirurgia. A doença é mais comum a partir de 40 anos, mas existem glaucomas secundários que podem ser desencadeados pelo uso de medicamentos. Existe também o glaucoma congênito, que acomete crianças. A evolução da doença depende de cada caso”, esclarece.
Conheça os fatores de risco do glaucoma:

 

Pressão intra-ocular excessivamente elevada

Idade acima dos 40 anos

Casos da doença na família

Descendência africana ou asiática

Ocorrência de diabetes, miopia ou outras lesões oculares e fazer uso prolongado de corticóides

Compartilhe:

Jader diz que aprofundará discussões sobre Pedral

Em visita feita ontem à Faculdade de Engenharia Naval da Universidade Federal do Pará, a convite, o senador Jader Barbalho (PMDB) afirmou que vai aprofundar as discussões em torno do projeto de derrocamento do Pedral do Lourenço “até esgotar o assunto”, se necessário for. Iniciada no fim da manhã, a visita se prolongou até o meio da tarde. Conduzido pelo diretor da Fenav, professor Hito Braga de Moraes, o senador percorreu as dependências internas da faculdade, muito bem instalada no campus do Guamá, e em duas salas de aula dirigiu breves palavras aos estudantes. Além do diretor, participaram da recepção ao senador os professores Nélio Moura de Figueiredo, Emannuel Loureiro e Pedro Lameira. O principal tema do encontro foi o derrocamento do Pedral do Lourenço, objeto de estudo feito entre 2008 e 2009 pela Faculdade de Engenharia Naval do Pará, sob a coordenação do professor Hito Moraes. Como temas afins, foram debatidos também outros empreendimentos, tanto hidroviários, como o da própria bacia do Tocantins, quanto nas áreas de navegação e de construção naval. ALPA O senador mencionou aos professores e pesquisadores da UFPA a correspondência que enviou no dia 6 deste mês à presidente Dilma Rousseff, com cópias para os ministros Eduardo Braga, de Minas e Energia, e Nelson Barbosa, do Planejamento, bem como para o presidente da Vale, Murilo Ferreira. Na correspondência, secundada na tarde do mesmo dia por um discurso na tribuna do Senado, Jader protestou vigorosamente contra a não execução do projeto de derrocamento e a não implantação da siderúrgica Alpa em…

UPA deve ser concluída em nove meses

Na manhã desta sexta-feira (22), o prefeito de Marabá, João Salame Neto, assinou Ordem de Serviço (OS) de retomada da obra da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A construção sofreu duas paralisações, a partir de uma série de irregularidades da empreiteira contratada no governo passado. O contrato com a primeira construtora, que não conseguiu concluir a obra, foi de mais de R$ 2 milhões e empresa fez apenas 33% dos serviços. Na OS assinada pelo prefeito João Salame, junto com Mauro Menezes, diretor geral da nova empreiteira, a Serra Azul Serviços Ltda., e pelo secretário de Saúde, Nagib Mutran, o valor da obra é de R$ 1.700.000,00 e esta deve ser concluída em nove meses. “Quero parabenizar o meu secretário Nagib, pela sua incansável luta para que esta obra de tamanha importância fosse retomada para melhorar o atendimento à população e desafogar o Hospital Municipal”, disse o prefeito. Ele anunciou ainda para este ano a entrega de duas Unidades de Saúde, no mesmo nível da que foi inaugurada recentemente em Morada Nova e que estão sendo concluídas nos bairros Liberdade e Laranjeiras. Nagib Mutran Neto, por seu turno, lembrou que a conclusão da obra da UPA é uma questão de honra para o governo João Salame, principalmente porque os adversários políticos têm acusado esta gestão pelo atraso. “Aconteceram vários equívocos cometidos pela gestão passada, o que impossibilitou que nosso governo levasse à frente a obra”, disse Nagib, afirmando que foi necessário mais de um ano para que, orientados pelo Ministério Público, a gestão quebrasse o…

Prefeitura vai beneficiar maior número de agricultores este ano

A Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri), por meio do Departamento de Mecanização Agrícola (Demec), já está preparada para beneficiar um número maior de produtores rurais este ano, tendo em vista a safra 2015/2016. A primeira reunião será no PA Belo Vale, em 6 de junho próximo.
Marcos Miranda, coordenador do Demec, informa que o preparo dos terrenos acontece a partir de julho, abrangendo as regiões de Brejo do Meio, Sororó e divisa com o município de São Domingos do Araguaia e vai beneficiar os seguintes PAs: Belo Vale, Palmeira Jussara, Burgo, Boa Esperança do Burgo e Alegria, na região de Brejo do Meio; e Piquiá, Lajedo, Cedrinho e Castanheira, na região do Rio Sororó; e o PA Patauá, na divisa de São Domingos do Araguaia.
A mecanização será executada em duas etapas: na primeira, acontece a limpeza do terreno e incorporação de calcário, visando a correção do PH do solo; na segunda etapa, a aração para início do plantio, composto em maior volume de milho e mandioca, sendo que alguns produtores também optam por arroz e feijão.
O Demec empregará na tarefa oito tratores em duas frentes de trabalho, que permanecerão até concluir cada área. Dois novos tratores serão incorporados à frota da Seagri para desenvolvimento da mecanização

Compartilhe:

Nagibinho Mutran teve infarto fatal

Mutran Filho, o Nagibinho, filho  do ex-prefeito de Marabá, Nagib Mutran Neto, atual secretário municipal de Saúde, morreu ontem à tarde, vítima de ataque cardíaco durante passeio de lancha com familiares, no rio Tocantins, que banha a cidade. Nas redes sociais circulou boato de que ele tinha morrido afogado e  boatos que teria cometido suicídio. Na rede social o internauta Celso Santana rebateu boatos da vitima  ter cometido suicídio. Custo a acreditar nisso, apenas e tão somente porque ele era um amigo que estava sempre em conversas comigo pelo chat. Não era uma amizade dessas de dizer que é amigo, apenas. Conversávamos muito sobre a família e ele sempre muito empolgado com o filho. Segundo um amigo, do Corpo de Bombeiros de Marabá, que participou de seu resgate, ele ainda foi resgatado com vida, depois de um princípio de afogamento, mas logo em seguida sofreu um ataque cardíaco e não resistiu, vindo a óbito! Uma outra versão  do IML ele teria pulado da lancha, quando se divertia com amigos, no Rio Tocantins, e pode ter batido a cabeça em alguma coisa.Mais  por  enquanto IML aponta para afogamento,os exames mais aprofundado sobre a causa oficial solitado pelo delegado Vitor Leal será  divulgado em 30  dias O Ultimo Adeus a Nagibinho O velório esta ocorrendo na Maçonaria da Velha Marabá, de lá  o cortejo  sai as 3hs  da tarde  para  o santuário  de Nossa senhora  de Nazaré,onde será celebrada a Missa de corpo presente as 16hs.O sepultamento esta marcado para as 5 da tarde desta segunda feira no…

NOTA DE PESAR

 

A Prefeitura Municipal de Marabá, na pessoa do Prefeito João Salame Neto, vem de público se solidarizar com a família do Secretário Municipal de Saúde, Nagib Mutran Neto, pela brusca perda de seu filho Nagib Mutran Filho, servidor da Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas. Ele perdeu a vida no final da tarde deste domingo, 24, em acidente no Rio Tocantins.

Compartilhe: