Prefeito leva Título Definitivo à Vila Espírito Santo

O prefeito João Salame Neto, acompanhado do superintendente de Desenvolvimento Urbano de Marabá, Gilson Dias Cardoso, esteve na noite de ontem, terça-feira (25), na Vila Espírito Santo. Ele entregou à população do local o Título Definitivo de Propriedade de 15 hectares da Gleba Geladinho Praia Alta, repassado ao município no último dia 14, pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, transferindo para Marabá as terras, que antes pertenciam ao patrimônio da União.

Agora, a partir da emissão desse documento, cada uma das 68 famílias que moram na vila, fundada há mais de 50 anos, vai poder requerer, na Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU), o título definitivo de seu imóvel e ser o proprietário de fato e de direito.

Na ocasião, os representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Rogério Paulo Hohn e Cristiano Medina, falaram da importância do momento, que representa uma vitória daquela comunidade, após vários anos de luta.

De acordo com eles, o MAB teve papel destacado nessa conquista, com a ajuda do Programa Terra Legal, do governo federal, representado na ocasião pelo coordenador-adjunto, Maurício Carvalho de Araújo, o qual, em rápidas palavras narrou a forma como conseguiu convencer a Secretaria do Patrimônio da União (SPU) de que aquelas terras deveriam passar a fazer parte do matrimônio municipal.

Compartilhe:

BOM JESUS DO TOCANTINS

Família aguarda para hoje real causa da morte A família da jovem Suenne Ferreira Lima, que morreu na Guatelama, aguarda para hoje o resultado do laudo necropsial sobre as possíveis causas da morte . A família, que é de Bom Jesus do Tocantins, distante cerca de 80 quilômetros de Marabá no sudeste paraense, está aguardando informações de amigos da jovem que estavam com ela na Guatemala. A tia da jovem, Deusina Ferreira Lima, muito abalada, não confirma a morte de Suenne por conta do frio ou de pneumonia. Por telefone ela informou que somente o laudo da necropsia vai revelar realmente o que de fato aconteceu. O que se sabe é que Suenne Lima teria ido para a Guatemala, onde já residia um amigo da família, e que de lá ela aguardava a oportunidade de entrar nos Estados Unidos. Somente após a liberação do corpo e do passaporte da jovem, é que a família poderá em definitivo saber o real valor dos gastos com o traslado do corpo até o Brasil. “Nós não temos informações concretas. Não sabemos nem o dia que ela morreu, se foi de quinta pra sexta, ou de sexta pra sábado”, disse Deusina Lima. Nesse momento, um primo de Suenne acompanha o corpo nos Estados Unidos e ainda hoje repassará para a família quando poderá trazer o corpo para Bom Jesus do Tocantins. Uma mobilização já começa a acontecer na cidade para ajudar na angariação de recursos para o traslado do corpo. Suenne Lima era natural de Bom Jesus do Tocantins,…

Marabá:evento em alusão ao dia nacional da adoção será nesta sexta feira

 

Dando continuidade à campanha “Adotar nunca é tarde” e em alusão ao Dia Nacional da Adoção, comemorado no dia 25 de maio, o Grupo de Trabalho (GT) de Psicologia e Políticas Públicas de Marabá, através do Conselho Regional de Psicologia e com o apoio do Ministério Público do Estado do Pará e Tribunal de Justiça do Estado do Pará, realizará na próxima sexta (29) a 2ª edição do Cine PSI com a exibição do filme “O Contador de histórias”, baseado na história de Roberto Carlos Ramos, filme produzido por Luiz Villaça.

O evento ocorrerá no auditório do Ministério Público em Marabá, a partir das 18:30h.

Os organizadores convidam os interessados a refletirem sobre o verdadeiro sentido da adoção: “Um ato de amor que independe de idade e sexo”.

Após a exibição do filme será realizado um debate sobre o filme e adoção, com a promotora de Justiça da Infância e Juventude de Marabá, Alexssandra Muniz Mardegan, o juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude, Eduardo Antonio Martins Teixeira e a Psicóloga da Vara da Infância e Juventude de Marabá, Ivana Elci Lacerda.

Compartilhe:

Operação Filisteu apreende documentos e faz prisões no Peba

  A operação denominada Filisteu desmontou esquema criminoso oriundo de fraudes em processos licitatórios e superfaturamento de terrenos desapropriados pela prefeitura; emissão de notas fiscais frias e desvio de recursos públicos entre membros da câmara e o comércio na região. Foi preso até o momento o vereador Odilon Rocha de Sansão (PMDB), conhecido pela afirmação polêmica acerca do valor do salário de vereador. E o empresário do ramo do comércio local, Edmar Cavalcante conhecido como “Boi de Ouro” acusado de emitir e vender notas fiscais frias.   Outro alvo da operação é a casa do ex-presidente da câmara municipal, Josineto Feitosa de Oliveira. A operação coordenada pelo Grupo de Atuação especial de combate ao crime organizado (Gaeco) do MPPA foi deflagrada na madrugada desta terça (26) contra a prefeitura municipal, secretaria de obras e a câmara no município de Parauapebas, região sudeste do Pará. Executa a operação pela promotoria de Parauapebas os promotores de Justiça, Hélio Rubens, Paulo Morgado Junior,  Franklin Jones e Eduardo Falessi; pelo Gaeco atuam os promotores de Justiça, Milton Menezes (coordenador), Harrison Bezerra, Arnaldo Célio de Azevedo, Raimundo Aires, Daniel Barros e Augusto Sarmento e pelo Núcleo de combate a corrupção, o procurador de Justiça, Nelson Pereira Medrado. PRISÕES Mandados de busca e apreensão e de prisões foram expedidos em Belém pela desembargadora Maria de Nazaré Silva Gouveia, do TJPA, em desfavor da prefeitura municipal cujo titular é o prefeito Valmir Queiroz Mariano (PDT) e, em desfavor da câmara, pelo juiz da comarca de Parauapebas, Libio Araújo Moura. APOIO A “Operação…

MARABÁ: Deputado protocola moção contra implantação projeto judicial eletrônico

 Hoje na Alepa o advogado e deputado Dirceu ten Caten,após participar  do ato publico em Marabá na manha desta segunda feira 25/5,protocolou uma moção em apoio ao movimento dos advogados contra a implantação do PJE nas comarcas do interior do estado do Pará. O deputado Dirceu apoiou o ato público dos advogados de Marabá contra a implantação Projeto Judicial Eletrônico na Justiça do Trabalho sediada no município. Segundo o parlamentar é preciso, primeiro, dar condições para que os profissionais do direito e seus clientes possam usufruir da celeridade do PJE. Não adianta implantar se não tiver como funcionar. O projeto importante instalação do PJe tornará a tramitação dos processos mais célere, transparente e econômica, pois, com sua disponibilidade na internet 24 horas por dia, todos os dias da semana, o advogado poderá peticionar sem a necessidade de se deslocar até o Fórum, os cidadãos podem acompanhar o curso do processo via internet, e o consumo de materiais como papel e tonner será muito reduzido. No entanto em Marabá e nos municípios da região, os serviços de fornecimento de energia elétrica e sobretudo de internet são precários. A Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado do Pará, representada por seu presidente André Serrão, esteve presente em Marabá-PA, buscando, em parceria com a OAB/PA, chegar a um acordo com o TRT da 8ª Região para o adiamento da instalação do PJe na comarca, onde os serviços de fornecimento de energia elétrica e sobretudo de internet são precários. Apesar da visível disposição dos magistrados presentes à reunião para que…

SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA: PEDRO PARANÁ PARTICIPA DA XVIII MARCHA DOS PREFEITOS EM BRASÍLIA

Começou nesta segunda-feira (25) de maio, a XVIII marcha dos prefeitos em Brasília, muitos prefeitos, vereadores e gestores municipais participam todo ano desse movimento em defesa dos municípios. O atendimento foi aberto da manhã desta segunda-feira. O evento acontecerá em três dias, de 25 a 28 de maio. Dentre eles, o prefeito de São Domingos do Araguaia no Pará Pedro Patrício Medeiros ( Pedro Paraná) disse que a união dos prefeitos é necessária, pois cada dia o governo federal promove cortes nos repasses às prefeituras, tornando mais precário o atendimento a população. “É no município que as pessoas moram, são as prefeituras que tem a missão de atender as demandas da população, o governo federal precisa rever os conceitos de relacionamento com os municípios e, é isso que vamos reivindicar

Compartilhe:

Floresta: Ministério Público Federal acusa mineradora de destruir rodovia

O Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA) encaminhou à Justiça ação em que acusa a transportadora Floresta do Araguaia, a mineradora Floresta do Araguaia e a Siderúrgica do Pará (Sidepar) por danos provocados pelo transporte de carga com excesso de peso em rodovias federais no Estado em 2014 e 2015.

O Ministério Público Federal pede decisão urgente que impeça os veículos da transportadora de trafegarem com excesso de carga, com a aplicação de multa de R$ 40 mil para cada veículo flagrado com a irregularidade.

Os procuradores também pedem que as empresas sejam condenadas ao pagamento de R$ 350 mil por danos materiais e de R$ 300 mil por danos morais provocados.

Segundo o Ministério Público Federal, a mineradora e a siderúrgica já foram acusadas pela mesma irregularidade em 2011 e condenadas pela Justiça Federal a pagamento de R$ 130 mil.

 

Compartilhe:

Mesa Brasil: Hospital Regional realiza palestras em Marabá

No dia 20 de maio começaram as atividades do Programa Mesa Brasil, uma iniciativa do SESC – Serviço Social do Comércio – que em Marabá, desde 2012, tem a parceria do Hospital Regional do Sudeste do Pará (HRSP).

Pelo menos 30 representantes de organizações não governamentais – entre institutos, associações e fundações – participaram de palestras sobre “Direito da criança e do adolescente”, com a enfermeira Karla Emanuelle Silva Luz, coordenadora do Grupo de Trabalho e Humanização do HRSP; e sobre “Direito humano à alimentação adequada”, com a nutricionista Natália Silva Garcia Lobato, coordenadora do Serviço de Nutrição do HRSP.

O objetivo do programa é fazer com que os representantes das ONGs levem o conhecimento para a comunidade deles e multipliquem essas informações. Em Marabá, o Mesa Brasil atende mais de 13 mil pessoas.

O Hospital Regional, administrado pela Pró Saúde, é considerado fundamental no desenvolvimento do projeto, na medida em que disponibiliza profissionais que detêm conhecimento sobre os assuntos que compõem a grade de temas abordados no programa.

O Mesa Brasil trabalha com instituições sociais, desenvolvendo ações educativas direcionadas à saúde. A participação do Hospital Regional no programa faz parte de uma iniciativa da Pró-Saúde, que visa inserir o hospital na sociedade.

 

Compartilhe:

Marabá:Incra ouve demandas de camponeses e inicia ação itinerante

Levar a Direção Nacional do Incra – Presidência e Diretorias Nacionais – para as superintendências regionais em todo o país e pactuar estratégias e ações com servidores da autarquia, movimentos, representantes setoriais, autoridades do executivo, legislativo, judiciário e do Ministério Público Federal. Com esta proposta, a presidente do Incra, Maria Lúcia Falcón, e os diretores nacionais da autarquia iniciaram neste domingo (24) em Marabá (PA) uma série de agendas no Pará, estado com maior número de famílias assentadas no Brasil.   As atividades iniciaram na Superintendência Regional do Sul do Pará, em Marabá, e na quarta-feira (27) o Incra Itinerante segue para audiências e encontros de trabalho em Belém e região. Na quinta (28) e sexta-feira (29) a presidente e Diretores estarão no Oeste do Pará para agendas em  Santarém e região.   No primeiro encontro a presidente do Incra, Maria Lúcia Falcón, está se reunindo com servidores do Incra, movimentos sociais, Ministério Público Federal, Justiça Federal e autoridades municipais e estaduais.   Em Marabá, o Incra Itinerante conta ainda com as presenças do secretário Extraordinário de Regularização Fundiária da Amazônia Legal (Serfal), Sérgio Lopes, dos diretores de Obtenção de Terras, Marcelo Afonso, de Desenvolvimento de Assentamentos, César Aldrighi, do procurador-chefe da Procuradoria Federal Especializada, Júnior Fidélis.   Aproximar Em reunião com o superintendente Eudério Coelho, com os chefes de Divisões e com o Ouvidor Agrário Regional, ocorrida no domingo (24), em Marabá, Lúcia Falcón explicou que a ideia do Incra Itinerante é aproximar-se dos servidores e dos principais interlocutores do Instituto para discutir e…

Nesta terça é lembrado o dia do Glaucoma; conheça sobre a doença nos olhos

O Dia Nacional de Combate à Cegueira pelo Glaucoma é lembrado hoje em todo o país. Só no Brasil, 900 mil pessoas são portadoras de glaucoma.De acordo com o presidente da Sociedade Paraense de Oftalmologia, o oftalmologista Frederico Lobato, o glaucoma é uma doença que acomete o nervo óptico que pode ou não estar relacionada com a pressão intraocular elevada. Se não for diagnosticada e tratada precocemente, pode levar à cegueira. “Existem pacientes que não têm a pressão intraocular elevada, mesmo assim podem apresentar a doença no nervo óptico. É importante fazer o exame oftalmológico de rotina, no mínimo uma vez ao ano. Pessoas que têm familiares com a doença chegam a ter quatro vezes mais chance de ter glaucoma. São poucos os tipos de glaucoma que apresentam sintomas, a maioria é assintomático. Quando a pressão intraocular está muito elevada, o paciente pode sentir dor. A doença vai diminuindo o campo visual periférico”, explica Lobato. “O tratamento é feito com colírios e cirurgia. A doença é mais comum a partir de 40 anos, mas existem glaucomas secundários que podem ser desencadeados pelo uso de medicamentos. Existe também o glaucoma congênito, que acomete crianças. A evolução da doença depende de cada caso”, esclarece.
Conheça os fatores de risco do glaucoma:

 

Pressão intra-ocular excessivamente elevada

Idade acima dos 40 anos

Casos da doença na família

Descendência africana ou asiática

Ocorrência de diabetes, miopia ou outras lesões oculares e fazer uso prolongado de corticóides

Compartilhe: