Criticado, projeto do Facebook será expandido no Brasil com operadoras

O Internet.org, programa de inclusão por meio do qual o Facebook levará wi-fi ao bairro de Heliópolis, zona sul de São Paulo, será ampliado em parceria com as operadoras no Brasil para permitir acesso gratuito no celular a serviços considerados essenciais, disse em entrevista o executivo responsável pela iniciativa.

A ideia é que os usuários das provedoras parceiras possam acessar grátis a Wikipédia, busca do Google, sites de órgãos do governo e educativos, além do Facebook. Tal mecanismo vai contra a chamada neutralidade da rede e que, por isso, recebeu críticas de entidades no país e boicote de algumas empresas na Índia.As informações são da Folha de São Paulo.

 

Compartilhe:

ONU: Redução de idade penal pode agravar violência no país

A ONU (Organização das Nações Unidas) afirmou nesta segunda-feira (11) que está “preocupada” com a tramitação do projeto de lei que prevê a redução da maioridade penal Brasil de 18 para 16 anos. Para a organização, se a redução for aprovada, a violência no país pode ser agravada.

“Se as infrações cometidas por adolescentes e jovens forem tratadas exclusivamente como uma questão de segurança pública e não como um indicador de restrição de acesso a direitos fundamentais, a cidadania e a Justiça, o problema da violência no Brasil poderá ser agravado, com graves consequências no presente e futuro”, disse em nota (leia a íntegra abaixo) a organização.

Compartilhe:

AGRONEGÓCIO: V EM AI 29ª Exposição Agropecuária de Marabá

O Parque de Exposições José Francisco Diamantino, em Marabá, está passando por uma reforma geral para a 29ª Exposição Agropecuária de Marabá (Expoama), promovida pelo Sindicato dos Produtores Rurais (SPRM) e pelo Sindicato da Indústria, Comércio e Turismo do município. Segundo o presidente do Sindicato Rural de Marabá, Antônio Vieira Caetano,a principal obra é a construção de um gigantesco estacionamento com vagas para 2.400 ,veículos, para produtores, expositores e geral, sendo 1.900 para o público, onde será aberto um novo acesso.

A edição de 2015 da Exposição Agropecuária de Marabá será realizada dos dias 4 a 12 de julho, no Parque de Exposições de Marabá. A largada já foi dada com a apresentação das candidatas à Rainha Expoama em uma rede social.

Shows:
Zeze di Camargo & Luciano – 4 de Julho
Wesley Safadão – 9 de Julho
Diego Ferrari – 10 de Julho
Edson & Hudson – 11 de Julho

Narração: Gleydson Rodrigues

Realização: Sindicato Rural de Marabá – Expoama

Compartilhe:

PORTOS: CDP PODERÁ SER EXTINTA COM O NOVO MODELO DE CONCESSÃO

O Tribunal de Contas da União liberou os estudos dos novos arrendamentos portuários em Santos e no Pará. Mas, como já se passou mais de um ano e meio desde que foram enviados ao TCU, os levantamentos terão de ser adaptados, o que significa mais atrasos no lançamento dos editais, que devem ficar prontos só no final de junho ou início de julho. A LOGZ, controlada por fundos da gestora BRZ (criada pela GP Investments) está de olho no porto de Vila do Conde, em Barcarena(PA), que figura nesse primeiro bloco de arrendamentos. A empresa quer ter novo terminal arrendado em porto público perto do terminal privado que está fazendo em sociedade com a Odebrecht TransPort, para grãos. A estratégia é dispor de duas opções de saída. Já a APM Terminals, empresa do grupo dinamarquês Maersk, uma das maiores operadores mundiais de terminais de contêineres, também se interessa por Vila do Conde e destacou quase R$ 2 bilhões para investir em novos ativos portuários no Brasil – já tem três arrendamentos em Santos(SP), Itajaí (SC) e Pecém (CE). A estratégia da empresa para 2020 é desenvolver tanto terminais de contêineres como multipropósito. O VDC 29 – terminal portuário de Vila do Conde, no município de Barcarena, no Pará – é o mais cobiçado por ser considerado privilegiado do ponto de vista logístico. Utilizando hidrovias para o transporte das cargas diminui em muito o tempo de viagem e o custo de frete em relação aos portos do Sul e Sudeste. Só que, quanto mais tempo o…

Relatório da ONU é apresentado no MP

O lançamento do Relatório da ONU foi prestigiado pelo suprocurador-geral de Justiça, Miguel Ribeiro Baía, que representou o Procurador-Geral; o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Sebastião Reis Júnior, a desembargadora federal Maria do Carmo Cardoso, o ouvidor-geral do Ministério Público, Aldo Saife, o presidente da Ampep, Manoel Murrieta, a ouvidora da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PA), Ivanilda Pontes, e a secretária de Estado de Governo, Izabela Jatene. O Relatório da ONU, apresentado pelo jurista e PHD em direito penal, Edmundo Oliveira, teve como objetivo difundir as “Metas de Desenvolvimento Sustentável do Milênio” a serem implementadas a partir de dezembro de 2015 pela Organização das Nações Unidas (ONU) em todo o mundo. Esse documento, segundo Oliveira, terá a assinatura de 193 chefes de estado e deverá ser apresentado em dezembro deste ano em Paris, capital francesa. le também abordou temas estratégicos que serão alvos de debates e de proposições para políticas públicas em todo o planeta, disse o jurista e PhD em direito penal, Edmundo Oliveira, como: O mundo está cada vez mais armado e a cultura da paz sempre inspirando inquietações: Por ano, 1 trilhão, 630 bilhões com gastos militares no mundo; Por ano, apenas 128 bilhões para assistência ao desenvolvimento dos povos; Por ano, somente 2 bilhões e 700 milhões para a paz, a segurança e os direitos humanos no planeta. Uma em cada oito pessoas no mundo permanece com fome; 840 mil mulheres morrem por ano durante a gravidez ou em trabalho de parto; 68 milhões de crianças não têm…

Marabá: Obra pública teria se tornado abrigo para jacaré

Em relação às obras paralisadas na cidade, a Prefeitura de Marabá esclarece que: A urbanização da Grota do Aeroporto teve uma pausa devido ao período do inverno, uma vez que se trata de obra em terreno alagadiço e, nessas condições, é impossível trabalhar nesse tipo de projeto. Entretanto, a obra não se encontra totalmente paralisada. A empresa encarregada está aproveitando o período para fazer reparos em serviços que apresentaram algum tipo de falha. De outra parte, a Prefeitura de Marabá aguarda liberação de verbas do Governo Federal para a continuidade dos trabalhos, já que está havendo, por parte da União, ajustes no orçamento de 2015. Assim que os recursos forem liberados a obra prossegue em ritmo normal. Por último, a contrapartida da prefeitura é considerada alta, mesmo assim, para que a obra não sofra paralisação, a administração municipal está buscando meios de prover essa contrapartida. Sobre a Grota Criminosa, as obras também estão paralisadas devido ao inverno, mas assim que passar o período chuvoso, os trabalhos vão continuar. Também nesse caso, os recursos também estão sendo contingenciados pelo Governo Federal. A respeito da UPA, a construção dessa Unidade de Pronto Atendimento começou no governo passado, mas, a atual administração constatou que a construtora não estava cumprindo o cronograma. O município, então, assinou Termo de Ajuste de Conduta diante do Ministério Público Estadual se responsabilizando pela rescisão do contrato com a empresa e por abrir novo processo licitatório, para que a população não perdesse tão importante obra. Nova licitação foi aberta pela modalidade RDC – Regime…

Ações de defesa agropecuária são intensificadas no Pará

Após o Pará ser considerado livre da febre aftosa, uma série de ações de defesa agropecuária começam a ser realizadas no estado. Nesta segunda-feira (26), uma caravana composta por secretários e técnicos do Governo do Pará,  liderada pelo secretário especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção, Sidney Rosa, parte para os municípios de Tucumã, São Félix do Xingu, Ourilândia do Norte, Água Azul do Norte, Rio Maria, Xinguara, Sapucaia, Eldorado dos Carajás e Marabá. A equipe de gestores e técnicos da área do setor produtivo cumprirá uma agenda que inclui a inauguração de escritórios da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará); a instalação do sistema eletrônico de emissão de Guias de Trânsito Animal (GTA) e divulgação da recente liberação do estado como área livre de febre aftosa pelo governo federal. O roteiro inclui reunião com produtores e sindicatos rurais nos municípios por onde a comitiva passará, lançamento da Guia de Trânsito Animal (GTA) eletrônica; visita a frigoríficos, visita a obras de escritórios da Emater, difusão de informações acerca da certificação do “Pará Livre de Aftosa”, entrega de equipamentos e veículos agrícolas (trator e colheitadeira), visitação à estrutura do projeto “Trilha do Leite”, inauguração do escritório da Adepará em Eldorado, visita a unidades da Ceplac e entrega de Cheques Moradia pela Cohab, no município de Sapucaia. Entre os objetivos da comitiva, está o levantamento de demandas que agreguem melhorias para o setor produtivo do estado. Segundo Sidney Rosa, o momento é para ouvir os produtores, mas também para levantar demandas referentes a outros setores…

Celpa informou que 11 cidades estão totalmente sem energia. Problema é na companhia supridora de energia elétrica.

Onze municípios localizados na região sudeste do Pará ficaram sem energia elétrica desde as 5h25 desta segunda-feira (11). De acordo com a concessionária Celpa, o problema foi ocasionado em uma subestação da empresa supridora de energia. O fornecimento já está  normalizado em sete municípios.

Os municípios atingidos foram: Xinguara, Sapucaia, Rio Maria, Redenção, Pau d’Arco, Conceição do Araguaia, Santa Maria das Barreiras, Água Azul do Norte, Tucumã, Ourilândia do Norte e São Félix do Xingu.

A Celpa disse ainda que não há previsão de normalizar o fornecimento de energia elétrica e que depende da empresa supridora. As prefeituras municipais estão sendo informadas sobre o ocorrido.

 

Compartilhe: