Oncológico Infantil promove batismo de crianças em tratamento ML

A brinquedoteca estava lotada, as crianças vestidas de branco e o videogame dava lugar à imagem de Nossa Senhora de Nazaré, tudo isso indicava que algo diferente aconteceria no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, na tarde deste último sábado, 17/02, “Hoje, nossa comunidade se alegra por ganhar novos filhos e filhas, crianças que são o dom precioso de Deus e a prova de seu amor”. As palavras do diácono Benedito Balieiro, da Paróquia de São Francisco de Assis, davam as boas-vindas para quem esteve na brinquedoteca, mais especialmente para cinco crianças que fazem tratamento contra o câncer no Oncológico Infantil e a irmã de uma delas. Todas foram batizadas na cerimônia organizada pelo hospital, que é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A pequena L.V.S, de um ano e seis meses, era a mais nova entre as crianças batizadas. A escolha foi da mãe, Larissa dos Santos, que viu os pais saírem recentemente de Portel, na Ilha do Marajó – PA para tentar mudar de vida em Belém e agora, conta com o apoio deles no tratamento da filha iniciado há poucos dias. Larissa viu no batismo uma oportunidade de fortalecer suas crenças e buscar proteção à filha. “Acredito que Deus tem planos para nós e para ela. Para enfrentarmos tudo isso, vamos precisar nos apegar mais a Deus, ter pensamentos positivos e esperar que eles voltem para a gente. Ela ainda é pequena, não tem noção do…

Ibope sinaliza indefinição no Pará

Helder Barbalho lidera em 3 cenários para o Governo do Estado do Pará A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Pará contratou o Ibope, pagando R$ 77 mil, para pesquisa eleitoral realizada entre os últimos dias 3 e 9 de fevereiro (registro no TRE nº PA-07845/2018 e nº BR-01042/2018 no TSE), divulgada com exclusividade pelo Diário do Pará. O resultado confirma que a situação está indefinida. E como estamos a oito meses das eleições e muita coisa depende da desincompatibilização – ou não -, até o dia 7 de abril, do governador Simão Jatene, e também dos desdobramentos da Operação Lava Jato, a única evidência forte é a de que o eleitor quer algo diferente. Para o Governo do Estado, em todas as projeções, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho(MDB), lidera as intenções de voto, mas só tem 7% a mais do que a soma de brancos, nulos e indecisos. E, pela margem de erro, brancos e nulos chegam a 35 e Helder a 33. Em um cenário, Helder tem 36%, o senador Paulo Rocha (PT) 14%, o prefeito de Belém Zenaldo Coutinho (PSDB) 9%, a jornalista Úrsula Vidal(Rede) 7%, o deputado estadual Sidney Rosa (PSB) 4% e o sindicalista Charles Alcântara (sem partido) aparece com 1%. Votos em branco ou nulos seriam 19%, e 10% os indecisos ou que preferem não responder. Em outro cenário, Helder tem 36%, Paulo Rocha 15%, o prefeito de Ananindeua Manoel Pioneiro(PSDB) e Úrsula Vidal empatam com 8%; Sidney Rosa 4%; e Charles Alcântara, 2%. Brancos e nulos…

Comandante da PM é preso por tráfico de drogas em Óbidos

O capitão Marcel de Jesus Duarte Wanzeler foi preso na manhã desta sexta (16) acusado de envolvimento no tráfico de drogas e descaracterização de um veículo da Polícia Militar para uso particular. Wanzeler está preso na sede da 2ª Companhia de Missões Especiais da Polícia Militar, em Santarém, oeste paraense.

 
A prisão foi realizada após denúncia anônima recebida no último dia 14, apurada no mesmo dia pelo Comando de Policiamento Regional 1 (CPR). Foi constatado que a esposa do capitão fazia uso do veículo militar para fins pessoais. Além disso, o veículo não estava com giroflex ou qualquer tipo de recurso de identificação visual da polícia.
Foram encontrados também oito tabletes de maconha no gabinete do capitão. Os mais de 5kg dos entorpecentes já foram periciados pelo Centro de Perícias Científicas Renato Chaves.
O capitão estava na Corporação há 11 anos e 9 meses e foi transferido do município de Marituba.

Compartilhe:

Cheia impacta mais de 14 mil paraenses

Só nos primeiros 15 dias de fevereiro choveu 94% do volume esperado para o mês inteiro. Em todo o Pará, 15 municípios estão impactados por enchentes e o número de pessoas prejudicadas ultrapassa 14 mil. Em razão do nível elevado do rio Tocantins, as comportas da hidrelétrica de Tucuruí serão abertas na segunda-feira, 19, e Eldorado dos Carajás e Marabá já decretaram Situação de Emergência. O transbordamento de rios e afluentes desalojou 160 famílias de Eldorado e deixou, ainda, outras 26 desabrigadas no perímetro urbano, além de 2.585 famílias isoladas na zona rural. Em Marabá, as cheias dos rios Tocantins e Itacaiúnas atingem 300 famílias.

Os mais afetados pelas chuvas são Quatipuru, Rio Maria, Tucuruí, Eldorado dos Carajás, Parauapebas, Santa Maria das Barreiras, Trairão, Água Azul do Norte, Bannach, Cumaru do Norte, Jacareacanga, Marabá, Oriximiná, Rio Maria e Xinguara. Nas regiões Sul e Sudeste, a Defesa Civil está atuando com os efetivos do Corpo de Bombeiros dos quartéis de Marabá, Redenção, Parauapebas e Canaã dos Carajás. As unidades do CBM em Santarém e Itaituba estão de plantão.

Em Belém, na sala de situação do comando geral, Polícia Militar, Setran, Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop) e Secretaria Extraordinária de Municípios Sustentáveis (Semsu) orientam as prefeituras. Na foto, entrega de água potável em Parauapebas.

Compartilhe:

Pará se destaca no combate ao câncer infantojuvenil

O Dia Internacional do Combate ao Câncer Infantil, lembrado em 15/2, serve para chamar a atenção da sociedade para a doença que, a cada ano, atinge mais de 12 mil crianças e adolescentes, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). O Pará tem se tornado referência no tratamento à doença, principalmente por conta da atuação de duas unidades de saúde: o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, e o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém. Ambos são gerenciados pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Inaugurado em 2015, o Hospital Oncológico Infantil já é uma referência no diagnóstico e tratamento do câncer infantojuvenil no Norte e Nordeste do País. Sem filas de espera, a unidade atende gratuitamente e de forma humanizada, a cerca de 700 crianças e adolescentes de 0 a 19 anos de diversos municípios do Pará. Euclides Rodrigues Moraes acompanha o filho de 15 anos, em tratamento no Oncológico Infantil há cerca de seis meses. Vindos de Gurupá, município localizado no nordeste paraense, os dois enfrentam o segundo câncer do jovem. “Passamos por isso quando ele tinha três anos e agora estamos aqui novamente. Tem sido um tratamento diferente porque hoje ele já um adolescente. A equipe médica é ótima e acreditamos que vai dar tudo certo”, contou. O pai, assim como o filho, aguardava ansioso pela penúltima sessão de quimioterapia, das dez agendadas. Para a médica oncologista pediátrica, Alayde Vieira, a atenção de Euclides…

Marabá: Nível do Rio tem previsão de baixa

Boletim de vazões e níveis do rio Tocantins, distribuído pela Eletronorte, prevê redução do ímpeto das águas nos próximos três dias (fotos).

Nesta quinta-feira, 15, o rio estava com sua lâmina d´água marcando 11 metros, às 7 horas quando foi monitorado.

Para dia 18, domingo, a previsão é de que o volume da cheia caia um pouco,  11, 4 metros.

Em Marabá, estima-se que cerca de 400 famílias já estejam desalojadas.

No início da noite de quarta-feira, 14, flagelados que se encontram alojados na antiga Feirinha da Velha Marabá, interditaram o acesso ao Núcleo, fechando a entrada da avenida Antonio Maia, exigindo da prefeitura melhorias no atendimento.

Agora pela amanhã, comissão de desabrigados reuniu-se com o prefeito Tião Miranda apresentando reivindicações capazes de melhorar a estadia dos flagelados.

Prefeitura comprometeu-se de instalar iluminação, terraplanagem do terreno com a colocação de seixos, banheiros químicos e cobertura com telhas tanto dos galpões como também dos novos abrigos que serão construídos.

Também equipes da saúde estarão nos locais e a assistência social foi autorizada a fazer a distribuição de cesta básica as pessoas desalojadas.

 

Compartilhe:

Cachê de MC Loma sobe 20 vezes depois do hit ‘Envolvimento’

 

Além de desbancar Vai Malandra, de Anitta, do primeiro lugar na lista Top 50 Brasil do Spotify, Mc Loma e as Gêmeas Lacração começam a ver o retorno do sucesso também em dinheiro.O cachê para o show do trio subiu para 10 000 reais, valor quase 20 vezes maior do que o cobrado no início do ano, quando os contratos eram fechados de forma amadora, pela família. Até agora, são 40 shows marcados para as próximas semanas.

Compartilhe: