Glaucoma: quem realmente precisa fazer tais exames para prevenir?

O glaucoma é um grupo de doenças que afetam os olhos e podem levar à perda da visão. Na maior parte dos casos, o glaucoma está associado ao aumento da pressão intraocular, que pode causar danos ao nervo óptico. Há vários tipos de glaucoma, mas uma parte significativa avança lentamente, sem dar sinais até que tenha produzido danos irreversíveis. É o chamado glaucoma de ângulo aberto. Outro tipo, menos frequente, o de ângulo fechado, pode evoluir rapidamente e vir acompanhado de sinais, como dores no globo ocular. A doença atinge entre 2% e 3% da população brasileira acima de 40 anos, segundo a estimativa do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), e é realmente mais comum em núcleos familiares em que há um caso. Um estudo feito na Holanda estimou que os riscos de parentes de pessoas com glaucoma desenvolverem a doença é nove vezes maior do que quem não tem nenhum caso na família. As chances são maiores para os irmãos de quem tem a doença (10,4% tiveram glaucoma) do que entre os filhos (1,1% também desenvolveram a doença). Nem todo mundo sabe que os riscos são maiores por causa de um possível componente genético, o que atrapalha na prevenção. Um levantamento feito em 2006 no Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas, em São Paulo, mostra que, entre 100 pacientes, 54% deles não sabiam o que era a doença nem qual era o propósito dos medicamentos que tomavam para controlar o problema. Com a falta de conhecimento sobre a própria condição, fica mais…

Pesquisa do IBGE – De 69 milhões de casas, só 2,8% não tem TV

Divulgada hoje (21) pela primeira vez pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua 2016: acesso à internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal confirma o que foi sinalizado por outros estudos do órgão. O acesso à internet, a substituição de TVs de tubo e a posse de celular são tendências crescentes no país. A pesquisa abrangeu 211.344 domicílios particulares permanentes em 3,5 mil municípios. Realizada no último trimestre de 2016, a sondagem apurou que – de 69,3 milhões de domicílios particulares permanentes no Brasil – apenas 2,8%, ou 1,9 milhão, não tinham televisão, com destaque para o Norte do país, onde o percentual é o mais elevado (6,3%). Por outro lado, no total de 67,373 milhões de domicílios com televisão no Brasil, existiam 102.633 milhões de televisões. E 63,4% eram de tela fina e 36,6% de tubo, com o primeiro tipo em 66,8% dos domicílios e o segundo, em 46,2%. Os maiores percentuais foram encontrados para televisão de tela fina nas regiões Sudeste (73,8%), Sul (71,1%) e Centro-Oeste (69,1%). No Nordeste, os percentuais ficaram equiparados: 54,2% dos domicílios tinham TV de tela fina e 54,3%, televisores de tubo. A gerente da pesquisa do IBGE, economista Maria Lúcia Vieira, disse à Agência Brasil que a tendência é ir diminuindo a presença de televisões de tubo nas casas dos brasileiros porque já não se fabricam mais esses aparelhos. Eles estão sendo substituídos por TVs de tela fina, tipo LED, LCD ou plasma. O…

Mais de mil contribuintes que aderiram ao Refis estão irregulares

Mais de mil contribuintes que aderiram ao Programa Especial de Regularização Tributária (Pert) estão irregulares e podem ser excluídos caso não tomem as providências necessárias até março, de acordo com a Receita Federal. O Pert, também conhecido como Novo Refis, oferece a empresas e pessoas físicas devedoras benefícios como reduções de multas e juros, prazo de até 180 meses para pagamento da dívida e possibilidade de utilização de créditos diversos para quitar parte da dívida, desde que mantenham as contas fora do acordo em dia.

O Pert abrange dívidas vencidas até 30 de abril de 2017. O não pagamento das obrigações posteriores a essa data por três meses consecutivos ou seis meses alternados leva à exclusão do programa. Neste mês, a Receita Federal está enviando cartas para cobrar mais R$ 1,5 bilhão de 915 contribuintes que não pagaram obrigações que venceram após abril de 2017. Este é o segundo lote de cobrança.

Somam-se a esses devedores cerca de 200 que foram cobrados no final de 2017, no primeiro lote de cobrança, e ainda não regularizaram a situação. Segundo a Receita, esse lote envolveu 405 contribuintes com um total de R$ 1,6 bilhão em dívidas. Aproximadamente a metade regularizou as pendências e será mantida no Pert.

De acordo com o órgão, um terceiro lote de cobrança está programado para as próximas semanas. Os contribuintes estão sendo comunicados por meio de cartas enviadas aos domicílios tributários eletrônicos. Aqueles que não regularizarem a situação serão excluídos em março e deixarão de contar com os benefícios do Pert.

Compartilhe:

Pagamento do PIS – Quem nasceu em março e abril começa a receber nesta quinta-feira

Começa nesta quinta-feira (22) o pagamento do abono salarial PIS (Programa de Integração Social) do calendário 2017/2018, ano-base 2016, para os trabalhadores nascidos nos meses de março e abril. Segundo a Caixa Econômica Federal, os valores variam de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo de trabalho em 2016. Os titulares de conta individual na Caixa com saldo acima de R$ 1 e movimentação receberam o crédito automaticamente na última terça-feira (20). Os pagamentos são realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador, e tiveram início em julho, com os nascidos naquele mês. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis até 29 de junho de 2018. Os últimos a sacar serão os nascidos em maio e junho, a partir de 15 de março. São liberados R$ 15,7 bilhões para 22,1 milhões de beneficiários em todo o calendário. Para os nascidos em março e abril, estão disponíveis R$ 2,664 bilhões para mais de 3,745 milhões de trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco  ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão: 0800 726 0207. A Caixa lembra que tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2016. Quem…

TRABALHADORES RURAIS OCUPAM SEDE DO INCRA CASA DA CULTURA ABRE MATRÍCULAS PARA ESCOLA DE MÚSICA

 

Pelo menos 40 trabalhadores rurais integrantes de dois movimentos sociais estão ocupando a sede do Incra em Marabá. Os manifestantes reivindicam o retorno para as áreas  de onde foram retirados. A ocupação teve início na última segunda-feira e os integrantes dos dois movimentos sociais dizem que permanecerão acampados no local até que todos sejam remanejados de volta as suas terras.

 

A fundação casa da cultura de marabá abriu hoje as matrículas para a escola municipal de música maestro Moisés Araújo. As inscrições estão sendo realizadas de 8h às 14h, até sexta-feira (23).

As matrículas se darão conforme ordem de chegada e as senhas serão distribuídas conforme o quantitativo de vagas dos cursos.

 

São 351 vagas, nos cursos de violão, flauta doce, teclado, musicalização infantil, fanfarra, canto coral, contrabaixo acústico e violoncelo.

 

Compartilhe:

Pará tem dois entre os 10 melhores hospitais públicos do país

Ofertar serviços de saúde eficientes e de qualidade para a população que vive no Pará sempre foi uma das principais metas do Governo do Estado. Esse investimento contínuo em saúde ao longo dos anos propiciou, por exemplo, a ampliação, de três para 10, no número de hospitais de alta e média complexidade, além da reforma, ampliação e requalificação de outros. Mas, a principal mudança foi percebida por quem já precisou fazer uso desse serviço. Pesquisa realizada com pacientes atendidos em diversos hospitais públicos do Estado aponta nível de satisfação acima de 90% em pelo menos seis deles. O resultado foi conquistado após uma intensa mudança que partiu da capacitação e alteração de perfil do capital humano que trabalha nesses hospitais até a padronização e automatização de processos administrativos e gerenciais. Tais mudanças geraram a garantia de eficácia nos tratamentos, qualidade no atendimento e, principalmente, confiança e segurança aos seus pacientes. Após toda essa mudança de perfil, hoje o Pará é o estado do Norte do país que mais possui hospitais públicos certificados e acreditados. Seis deles possuem a certificação da Organização Nacional de Acreditação (ONA), dada aos hospitais que atendem aos critérios de segurança do paciente em todos os seus processos, incluindo estrutura adequada, pessoal capacitado e processos institucionalizados, ou seja, hospitais que adotam as mais modernas práticas de gestão e ofertam atendimento seguro, de qualidade e humanizado. “Posso assegurar que o Pará nunca viveu um momento como esse. É um reconhecimento acrescido sobre essas unidades que tanto se esforçaram para se adequar a esses…

Sespa divulga informe sobre dengue, zika e chikungunya

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou nesta segunda-feira (19) o primeiro Informe Epidemiológico de 2018 sobre os casos registrados no Pará de dengue, zika e febre chikungunya, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Até o dia 30 de janeiro deste ano foram contabilizados 28 casos de dengue, 24 de febre chikungunya e nenhum de zika. No mesmo período de 2017, foram registrados 212 casos de dengue, uma redução de 97%. As maiores ocorrências de dengue são nos municípios de Marapanim (8), Abaetetuba (5), Marabá (3), Alenquer (2), Ananindeua (2), Palestina do Pará (2), Barcarena (1), Belém (1), Capitão Poço (1) e Marituba (1). Os municípios com maior número de casos de chikungunya são Ananindeua, Belém, Benevides, Barcarena, Jacundá e Novo Repartimento. Em 2017, até 30 de dezembro, foram registrados 4.738 casos de dengue, 332 de zika e 6.734 de febre chikungunya. Em 2016, no mesmo período, foram confirmados 6.711 casos de dengue, 1.418 de febre chikungunya e 3.052 de zika vírus. Informação – No período de abrangência do Informe Epidemiológico não houve registro de mortes no Estado em função dessas doenças. A Sespa continua pedindo às secretarias municipais de Saúde que informem, no período de 24 horas, a ocorrência de casos graves e mortes que podem ter sido causadas pelas doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Para confirmar a causa da morte é necessária a investigação epidemiológica, com aplicação do Protocolo de Investigação de Óbito do Ministério da Saúde, que prevê exames específicos em laboratórios credenciados, como o Laboratório Central (Lacen) e o Instituto Evandro Chagas (IEC), preconizados pelo Programa Nacional de Controle da Dengue. O procedimento garante o correto encerramento de casos graves…

Luiz Fernandes assume a Secretaria de Segurança Pública

O delegado de carreira da Polícia Civil, Luiz Fernandes Rocha, que já comandou a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), assumirá novamente a pasta, a qual comandou entre 2011 e 2015. O atual titular da Segup, general Jeannot Jansen, assumirá a Secretaria Extraordinária de Assuntos Institucionais, que terá o papel de fazer maior articulação com o Governo Federal diante das discussões em Brasília sobre o enfrentamento da violência que vem se agravando em todo o país.

Nesta quarta-feira (21), às 16h30, no Palácio de Governo, o governador Simão Jatene participa da primeira reunião de trabalho do novo titular da Segup, que será realizada com prefeitos de municípios da Região Metropolitana de Belém (RMB). Em seguida, Luiz Fernandes concede coletiva à imprensa para comentar as primeiras ações e o trabalho que será desenvolvido à frente da secretaria.

O atual secretário adjunto da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Thales Bello, assume o posto que era ocupado por Luiz Fernandes Rocha.

Compartilhe:

Membro de igreja evangélica é preso suspeito de estuprar menores no Bairro Araguaia

Até o momento, já foram identificadas seis vítimas do ex-diretor de grupo musical da igreja. Polícia acredita que ainda tenham outras vítimas.

Polícia Civil cumpriu na segunda-feira (19) um mandado de prisão preventiva contra um homem suspeito de estuprar crianças e adolescentes em Marabá, sudeste do Pará. Ele era membro de uma igreja evangélica, exercia a função de diretor de grupo de música e segundo as investigações se aproveitava da função para abusar sexualmente das vítimas durante os ensaios.

De acordo com a Superintendência Regional do Sudeste Paraense, uma das meninas que não aguentava mais os abusos denunciou ao pastor o caso no final de 2017. Mas, o dirigente da igreja apenas expulsou o suspeito da igreja e não o denunciou para as autoridades.

O crime chegou ao conhecimento da polícia após uma das vítimas ter procurado ajuda em um centro de saúde. Até o momento, já foram identificadas seis vítimas do ex-diretor de grupo musical da igreja, mas a polícia acredita que ainda tenham outras vítimas de abuso sexual.

Compartilhe:

Hospital Regional de Santarém abre vagas para quatro cargos

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar está com vagas abertas no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém. Todos os cargos ofertados possuem disponibilidade para pessoas com deficiência (PCD). Agente de portaria Atividades: controlar o acesso de usuários, visitantes, acompanhantes e colaboradores; controlar o acesso de veículos; orientar usuários, visitantes e acompanhantes. Experiência: na área de vigilância ou portaria; desejável possuir curso de formação de vigilantes. Requisitos: ensino médio completo; Horário: 180h mensais. Benefícios: Salário + vale-transporte. Copeiro hospitalar Atividades: atender clientes e distribuir os alimentos servidos aos usuários e colaboradores; providenciar o preparo de dietas conforme ordem da nutricionista; efetuar a lavagem das louças e demais utensílios utilizados, deixando-os em perfeita ordem e higienização. Requisitos: ensino médio completo. Experiência: desejável experiência em cozinha industrial. Horário: 180h mensais. Benefícios: salário + vale-transporte. Farmacêutico Atividades: organizar a operacionalização do serviço de Farmácia; assessorar o Serviço de Enfermagem, na utilização correta do acervo Profilático e terapêutico; controlar e conferir a entrada e saída dos psicofármacos, de acordo com a legislação vigente. Requisito: ensino superior completo em Farmácia. Especialização em Farmácia Clínica ou Hospitalar. Experiência: experiência na área; desejável experiência na área hospitalar. Horário: 180h mensais. Benefícios: salário + vale-transporte. Técnico de Enfermagem (PCD) Atividades: prestar serviço assistencial de Enfermagem hospitalar. Requisitos: ensino médio completo e curso técnico completo em Enfermagem. Registro atualizado e ativo no Conselho Regional de Enfermagem do Pará. Experiência: como Técnico em Enfermagem. Horário: 180h mensais Benefícios: salário + vale-transporte Forma de candidatura: cadastre o currículo no www.prosaude.org.br/trabalheconosco A Pró-Saúde tem 50 anos de história, promove e valoriza a…