Hospital Regional de Marabá leva serviços de saúde para aldeia indígena

Os índios da aldeia Sororó, localizada em São João do Araguaia (PA), serão os beneficiários da 11ª edição do projeto ‘Hospital Regional Amigo da Comunidade’. A ação ocorrerá nesta quarta-feira, 6/12, das 9h às 16h, e disponibilizará serviços como consulta médica, aferição de pressão, teste de glicemia capilar, orientação em saúde e avaliação nutricional, totalizando mais de 150 atendimentos.

Realizada pelo Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), com o apoio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e da Universidade do Estado do Pará (Uepa), a iniciativa é uma das ’50 Ações do Bem’ promovidas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar em alusão aos seus 50 anos. A entidade é gestora do Hospital Regional de Marabá e de outros cinco hospitais públicos do Pará, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

‘Ação do Bem’

Em outubro, a Pró-Saúde promoveu outra ‘Ação do Bem’ em Marabá, também por meio do HRSP. Foi o I Workshop de Saúde do Idoso, que reuniu mais de 150 pessoas com o objetivo de contribuir para o envelhecimento saudável e humanizado na região. Dentre os assuntos discutidos durante o evento destacaram-se armazenamento e descarte correto de medicamentos, higiene pessoal, prevenção de quedas, principais doenças e tratamentos na terceira idade, alimentação, saúde emocional e Estatuto do Idoso

Compartilhe:

MARABÁ: HOMEM É ASSASSINADO A TIROS EM PLENA LUZ DO DIA NO BAIRRO INDEPENDÊNCIA

4 de dezembro de 2017

Dezenas de curiosos cercaram o local a procura de informações sobre quem seria a vítima. Policiais militares também estavam na área, mas preferiram não gravar entrevista.

De acordo com informações de populares era por volta das 10 horas da manhã quando Gercione Silva da Silva de 29 anos estava trabalhando aterrando um terreno de um cunhado que está iniciando a construção da casa dele no bairro Independência, quando dois homens chegaram a uma motocicleta vermelha e efetuaram os disparos na cabeça da vitima que morreu na hora. Uma outra pessoa não identificada que estava ajudando no trabalho ao perceber a chegada dos criminosos correu do local, Gercione não teve a mesma sorte

A Polícia ainda não tem pistas de quem foram os autores do crime, a Divisão de Homicídios da Polícia Civil vai investigar o caso.

Compartilhe:

Cosanpa convoca 124 candidatos aprovados em concurso

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) publicou nesta segunda-feira, 4, no Diário Oficial do Estado, edital de convocação com uma lista de 124 candidatos aprovados no último concurso público, promovido este ano. O edital informa que no período de 4 a 7 deste mês, o candidato convocado deve agendar por meio do telefone (91) 3202-8478, sua apresentação para análise dos requisitos admissionais.

No período de 12 a 27 de dezembro, os convocados devem comparecer à sede administrativa da Cosanpa em Belém, situada na Avenida Magalhães Barata, 1201, no bairro de São Brás, entre 8h e 12h e das 13h às 16h, com a documentação exigida e os exames médicos solicitados no item 2.8 do edital do concurso. A lista com os nomes dos 124 convocados está no site da Imprensa Oficial do Estado (www.ioe.pa.gov.br) e no site da Cosanpa (www.cosanpa.pa.gov.br).

Compartilhe:

Treinamento focado em pessoas é diferencial no Hospital Galileu

Manter a motivação e a integração de uma equipe formada por muitos colaboradores, ainda é um desafio para muitas instituições. De acordo com a especialista em liderança e coach, Tânia Miranda, inovar na capacitação dos colaboradores e oferecer aquele algo a mais que fará diferença no dia a dia de trabalho é um diferencial dentro das instituições que fazem sucesso e as que não fazem. “É preciso que cada vez mais as instituições entendam que não dá mais para fazer o mesmo que se fazia antes se você quer obter resultados diferentes”. No Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), unidade gerida pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), localizado em Belém (PA), esse investimento em pessoas já é realidade, e é tão importante quanto o investimento em infraestrutura. “Eu trabalho no Hospital Galileu desde 2014, quando inaugurou, e percebo todo o investimento que a instituição faz nos profissionais. Hoje me sinto bem mais preparada do que antes. Todos os gestores estão cada vez mais qualificados”, afirma a coordenadora de Enfermagem, Regiane Bezerra. A coordenadora de Enfermagem é um dos cerca de quarenta membros da equipe gestora, que participaram de um treinamento diferenciado oferecido pela instituição na última quinta-feira, 30/11, no Clube dos Oficiais da Marinha. Os colaboradores saíram dos muros da unidade para experimentar um treinamento, no qual tiveram que se tornar peças de um jogo de damas, expressar seus sentimentos uns pelos outros e até construir um barco de papelão…

HRBA participa de projetos nacionais para garantir assistência mais segura e de qualidade

Brasília recebeu o evento de encerramento do Projeto Paciente Seguro – Implantação do Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP). Na oportunidade, os 15 hospitais participantes compartilham os resultados e aprendizado obtido ao longo do Projeto, que teve como objetivo buscar soluções para prevenir eventos adversos e melhorar a segurança de usuários nos hospitais públicos. O encontro aconteceu nesta semana. O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), foi um dos três representantes da região Norte. Desenvolvido por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde,  o Projeto foi realizado em parceria com o  Hospital Moinhos de Vento (RS). De 2016 a 2017, a equipe composta por enfermeiros e farmacêuticos realizou o diagnóstico e desenvolveu atividades voltadas para melhoria dos processos assistenciais relacionadas as metas de segurança do paciente. Levantamento realizado em setembro deste ano apontou uma média de redução de 33% na taxa de quedas de pacientes e 15% nos índices de lesão por pressão, metas prioritárias dentre as demais estabelecidas. “É uma oportunidade celebrar as importantes conquistas, estimular a sustentabilidade do trabalho e avançar nas perspectivas futuras. Todos avançaram e houve uma grande mobilização dos profissionais em prol da segurança do paciente. Temos muito orgulho do trabalho desenvolvido”, ressalta a coordenadora do Projeto Paciente Seguro, Elenara Ribas. Entre as instituições que integram a iniciativa, estão os hospitais públicos e filantrópicos que têm mais de 100 leitos. Os hospitais com Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), aqueles que realizam procedimentos de alta complexidade…

Hospital Galileu encerra quarta turma de curso de cuidadores de idosos

O técnico de Enfermagem, Saimo Pires, de 30 anos, já trabalhava como cuidador de idosos há três anos. Porém, apesar da experiência prática, ele sentia que ainda lhe faltavam conhecimentos para atender melhor o público idoso. “Eu já cuidava de idoso, porém não tinha muitos conhecimentos sobre como cuidar, como agir. Quando vi no site do Governo do Estado que o hospital estava oferecendo esse curso, eu me interessei bastante, justamente, para me capacitar ainda mais. Tinham atividades que eu realizava, mas tinha muitas vezes dificuldades como, por exemplo, saber quais cuidados ter com a pele do idoso, e tudo isso o curso ofereceu”, afirmou. O curso ao qual Saimo se refere é o curso de “Cuidadores de Idosos” oferecido gratuitamente pelo Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém (PA), unidade gerida pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), no período de 20/11 a 1/12, no auditório da unidade. Saimo participou da quarta turma, encerrada nesta sexta-feira, 1/12, com 40 h/aula. A próxima etapa para o agora cuidador de idosos, certificado pelo curso, será a de ir atrás de um espaço no mercado de trabalho, porém ele acredita que com a capacitação será mais fácil se posicionar no mercado. “Era isso que eu estava precisando para me sentir mais capacitado e complementar o meu currículo”, disse. Assim como Saimo, a técnica de Enfermagem, Simone Costa, de 45 anos, encontrou no curso a oportunidade de capacitação que lhe faltava. E ela…

Helder Barbalho garante mais R$ 156 milhões para os municípios do Pará

O Ministério da Integração Nacional anunciou na última sexta-feira (1), o empenho de R$ 156 milhões para a pavimentação e asfaltamento de ruas e estradas em 78 municípios do Pará. Outros R$ 14 milhões já estavam reservados para as obras em mais 14 municípios, aguardando apenas medidas administrativas das prefeituras para que os valores sejam liberados pela Pasta. No total, serão R$ 170 milhões em 92 municípios para facilitar a movimentação de pessoas e de mercadorias e devem beneficiar cerca de 3,2 milhões de paraenses. O anúncio foi feito em cerimônia na sede da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), em Belém. “Todas as regiões do Estado estão sendo atendidas, em uma clara demonstração de parceria entre todos os entes políticos para que o Pará possa crescer, se desenvolver e oferecer mais qualidade de vida para a população”, afirma o ministro Helder Barbalho. Os prefeitos receberam as notas de empenho dos referidos convênios, que é a documentação que garante integralmente os recursos à disposição de cada município. “Agora, eles precisam concluir os projetos executivos, realizar as licitações, iniciar as obras e enviar as medições para que os pagamentos possam ser executados”, reitera Helder. Os recursos se somam a outros já anunciados anteriormente pelo ministro para o desenvolvimento regional no Pará. Cerca de R$ 55,2 milhões foram empenhados para obras de prevenção e recuperação nas orlas da Ilha do Mosqueiro, em Belém, Mãe do Rio, Marabá, Monte Alegre e Santarém. Deste total, R$ 28 milhões já se encontram na conta das prefeituras. As ações preveem a…

Beto Salame e prefeitos do sudeste do Pará questionam a ANEEL sobre a ineficiência do programa “Luz Para Todos”

Representando o Consórcio de Municípios atingidos pelo Lago Tucuruí, os prefeitos de Itupiranga e Nova Ipixuna, José Milesi e Draª Graça, acompanhados pelo deputado Federal Beto Salame, foram até Brasília reivindicar da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) a falta de energia elétrica que tem assolado os moradores das zonas rurais destes municípios. Eles foram contemplados com o programa “Luz Para Todos”, porém não desfrutam deste benefício. Articulada pelo parlamentar, na reunião foi possível os gestores relatarem a revolta das comunidades por viveram em municípios paraenses às escuras e vendo o Linhão transmitindo energia para outros estados. Para Beto Salame, este problema é inadmissível. Nós não iremos ficar de braços cruzados. Vamos lutar para levar luz as comunidades que merecem viver com dignidade, por direito”, pontuaram o deputado. Do Consórcio participam os municípios de Jacundá, Breu Branco, Goianésia, Itupiranga, Nova Ipixuna, Novo Repartimento e Tucuruí. José Milesi e a Drª Maria das Graças argumentaram que não se conformam em ter uma das maiores Usinas Hidrelétricas do País, a Usina de Tucuruí, usando uma força de expressão popular “no quintal de casa e não ter a iluminação pública”, disse o prefeito. A prefeita Maria das Graças lembrou que “a comunidade não tem energia suficiente e ainda paga a Celpa a taxa de energia mais cara do país”. Representando a ANEEL, participaram da reunião o Superintendente de Regulação de Distribuição, Carlos Alberto Calixto Mattar, o Procurador Federal, Eduardo Estevão Ferreira Ramalho e a Assessora Parlamentar da Aneel, Rita de Cássia Ravália Vieira. Beto Salame, nascido em Marabá, sugeriu a…

MARABÁ: 19 DETENTOS FOGEM DO CRRAMA 

Cerca de 19 detentos fugiram do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes – Crama, em Marabá no sudeste paraense, na tarde deste domingo. A fuga aconteceu nos pavilhões A, B, Forte 1, Forte 2 e Marcenaria Semiaberto. Um dos agentes que não teve o nome divulgado foi tomado de refém na ação de rebelião dos detentos, no interior da cela 5 no Pavilhão B. Foi feito um disparo de arma não letal (Elastômero). Ele foi liberado e passa bem.

Na fuga foi utilizado duas pistolas que estavam em poder dos internos Felipe Chagas dos Santos e Renan Araújo do Nascimento. As guarnições de Grupamento de Polícia e do Grupamento Tático Operacional – GTO, composta por 14 policiais, foram acionadas para darem apoio aos agentes na conferência e recaptura dos presos. Não houveram presos lesionados, apenas o uso da força para a realização da recaptura.

Os foragidos confirmados foram: Ari Reinaldo Pinto Batista, Caio Adriano da Rocha Silva, Gabriel Sousa da Silva, Paulo Henrique Pereira da Silva, Cristoph da Silva Lopes, Daniel Lopes dos Santos, Francisco Danilo Pereira, Geovane da Silva Assunção, Savio Silva Lima, Wanderson Ferreira Silva, Fabiano Feitosa Sousa, Renan Araújo Nascimento, Jonata de Souza, Paulo Henrique de Freitas Mendes, Eugilson da Silva Costa, Ronivon Araújo do Nascimento, Melque Henrique Silva, Ronan Aladin Alves e Felipe Chagas dos Santos.

 

Compartilhe:

Eleição de 2018 terá somente 30 mil urnas eletrônicas com voto impresso

O ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), confirmou ontem (1º) que somente em torno de 30 mil urnas eletrônicas estarão aptas a emitir o voto impresso nas eleições do ano que vem.

“Estamos estimando em torno disso”, afirmou Mendes. “Não temos condições nem recursos”, acrescentou o ministro sobre a implantação do voto impresso em todas as cerca de 600 mil urnas eletrônicas que serão utilizadas em 2018. “Vamos comunicar ao Congresso”.

O ministro foi questionado por jornalistas após a informação ter sido antecipada pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, nesta sexta-feira.

A implantação do voto impresso nas eleições de 2018 foi aprovada pelos parlamentares no ano passado. Na ocasião, o custo da implantação integral foi estimado pelo TSE em R$ 1,8 bilhão.

Pela lei aprovada, em nenhum momento o eleitor terá contato com seu voto impresso, que será depositado em uma urna física para ser utilizado posteriormente em eventual auditoria das eleições.

Compartilhe: