Preço do botijão de gás sofre reajuste de 12%

É o sétimo reajuste anunciado pela Petrobras este ano. Segundo o Dieese, aumento no preço final pode ser de 5%.
 

 

sta terça-feira (10), foi anunciado o reajuste de 12,9%no preço do botijão de gás de 13kg n a refinaria. O aumento autorizado pela Petrobras entra em vigor no Pará e em todo o Brasil, a partir de zero hora desta quarta-feira (11).

Segundo a Petrobras se este aumento for repassado integralmente para o consumidor final, o reajuste no preço final do botijão deverá ser em média de 5,1 % ou cerca de R$ 3,09. Segundo o Dieese/PA, esta será a sétima alteração no preço do gás de cozinha autorizado este ano.

Estudo do Dieese/PA com base em dados da Agência Nacional do Petróleo mostra que em Belém, no final da semana passada, antes, portanto do reajuste anunciado nesta terça-feira (10) pela Petrobras, o preço médio do botijão de gás de cozinha de 13 Kg era de R$ 61,48 com os preços oscilando entre R$ 55 a R$ 70.

Redenção é o município que vende o botijão média mais caro, custando em média R$ 82,40, seguido de Xinguara com o preço médio de R$ 80,83; de Paragominas com o preço médio de R$ 78,67; de Parauapebas com o preço médio de R$ 78,33; Conceição do Araguaia com o preço médio de R$ 79,14 e de Altamira com o preço médio de R$ 78.

Compartilhe:

Professores de escolas municipais estão em greve em Parauapebas

A paralisação da categoria deixa cerca de 40 mil estudantes sem aulas no município.
Professores de escolas municipais de Parauapebas, no sudeste do Pará, entraram em greve por tempo indeterminado desde segunda-feira (9). Os docentes foram às ruas pedir melhores condições de trabalho na última terça-feira (10). A paralisação da categoria deixa cerca de 40 mil estudantes sem aulas.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará, a greve da categoria em Parauapebas é geral e acontece principalmente por dois motivos: os educadores querem eleições diretas para a escolha de diretores de escolas, pois atualmente isso acontece através de indicações feitas pela Secretaria Municipal de Educação; o outro motivo seria o investimento de pelo menos R$ 87 milhões exclusivamente na educação. O dinheiro seria um recurso do Governo Federal e já estaria disponível na conta do município desde agosto.

A Prefeitura de Parauapebas informou que pretende aplicar 100% dos recursos do Fundef para melhoria do ensino público do município. Ainda segundo a prefeitura, isso já foi demonstrado, este ano, com o reajuste salarial de 8% aos servidores da educação, além do aumento do vale-alimentação em 33%.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326.

PARAUAPEBAS

Compartilhe:

Oncológico Infantil destaca a importância da doação de sangue para o tratamento das crianças

Na semana das crianças, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo levanta, mais uma vez, a bandeira da doação de sangue e faz campanha para que os moradores de Belém e região metropolitana ajudem os pacientes infantojuvenis que fazem tratamento na unidade. O tratamento oncológico debilita as células sanguíneas dos pacientes e estas precisam ser repostas. O Oncológico Infantil faz cerca de 400 transfusões de sangue por mês e, por isso é tão importante que o estoque do Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) esteja cheio, para proporcionar estas transfusões às crianças e também atender as outras demandas do hemocentro. “As crianças do Oncológico Infantil são portadoras de leucemia e outros tipos de câncer. Elas recebem tratamentos radioterápicos e quimioterápicos que diminuem as células sanguíneas. Para que elas continuem fazendo o tratamento, elas precisam que você doe sangue. Por isso, vá ao Hemopa”, pede a médica hematologista do Hospital Oncológico Infantil, Iê Bentes. Para doar especificamente ao Hospital Oncológico Infantil, a população pode se dirigir aos hemocentros e informar o código 1766. Em 2016, foram doadas 4.848 bolsas à unidade. Neste ano, de janeiro a setembro, foram 2.759 bolsas doadas. E o hospital segue precisando da sua doação para aumentar este número. Critérios para doar Para ser um doador de sangue, é preciso atender a alguns critérios simples: estar bem de saúde, pesar 50 quilos ou mais e ter entre 16 e 69 anos – sendo que pessoas com 60 anos ou mais só podem se já tiverem feito doação antes. Procure o Hemopa com…

3ª EDIÇÃO: “GOVERNO MAIS PERTO DE VOCÊ” CHEGA À FOLHA 33 NESTA QUARTA-FEIRA (11)

Em entrevista a Rádio Clube, durante programa Clube da manhã, com Zeca Moreno, o vice-prefeito de Marabá, Toni Cunha, falou sobre mais uma edição do programa “Governo mais perto de você”, realizado pela Prefeitura de Marabá, que ocorre nesta quarta-feira (11), das 8h até às 18h, desta vez na Escola Silvino Santis, Folha 33, Nova Marabá. Uma das novidades dessa edição é a atuação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com esclarecimentos sobre benefícios e encaminhamentos. Segundo Toni Cunha, em média, cerca de 3 mil pessoas têm sido atendidas neste projeto, que oferece atendimento de saúde com ginecologista, pediatra, clínico geral, cardiologista e nutricionista, além de  vacinação, exames de HIV, sífilis e Hepatites B e C. “O programa ocorre nas regiões mais carentes onde os equipamentos públicos estão mais distantes. A gente leva toda a estrutura do serviço público para dentro de um prédio publico para prestar um dia inteiro de atendimento à comunidade”, enfatiza o vice-prefeito de Marabá Toni Cunha. Durante todo o dia a comunidade também terá a oportunidade de fazer o cadastramento e recadastramento do Bolsa Família, Tarifa Social, Identidade Jovem e o Cartão do Idoso (DMTU). A Celpa estará presente com três funcionários atendendo a comunidade e cadastrando na Tarifa Social. Lembrando que para usufruir o benefício, o consumidor deve ser cadastrado no CadÚnico. O vice-prefeito destacou que o programa é uma ação de cidadania e na oportunidade parabenizou a iniciativa do 3º RBA Cidadania, que será realizado nesta quinta-feira (12), no Ginásio Poliesportivo da Folha 16, das 8h as…

PARÁ GANHARÁ 800 NOVOS LEITOS EM SEIS HOSPITAIS PÚBICOS EM CONSTRUÇÃO PELO GOVERNO DO ESTADO

Da Agência Pará de Notícias: Mesmo com a grave crise econômica que o Brasil atravessa, o Governo do Pará continua investindo pesado na área da saúde, com a construção de seis novos hospitais públicos em diversas regiões do estado. São unidades consideradas estratégicas para cada região que vai recebê-las, totalizando 800 novos leitos e um investimento de cerca de R$ 540 milhões. O objetivo do governo é ampliar e descentralizar o atendimento na rede pública, melhorando a assistência à população em todo o Pará. No interior, cinco importantes hospitais de grande e médio porte que tiveram os serviços paralisados em função da crise, já estão com as obras a todo vapor: Castanhal (230 leitos) e Capanema (58 leitos), no nordeste do Pará, e Itaituba (160 leitos), no sudoeste, ganharão, cada um, seu Hospital Regional. O governo também já está finalizando e deve entregar ainda este ano as obras de reforma e ampliação do Hospital Municipal Santa Rosa, em Abaetetuba, que terá 72 leitos, e do Hospital Materno-Infantil, de Barcarena, com 30 leitos. Além destes, a Região Metropolitana de Belém também vai ganhar um reforço importante na rede hospitalar com a conclusão, em 2018, das obras do Abelardo Santos – que será o maior hospital público da região metropolitana da capital, beneficiando cerca de 1,2 milhão de pessoas. Com dez andares e 250 leitos, a unidade recebe recursos de cerca de R$ 196 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Entre os serviços que serão oferecidos estão urgência e emergência, clínica pediátrica e cirúrgica,…

CRÉDITO RURAL Sicredi disponibiliza R$ 2,363 bilhões no Plano Safra 2017/2018

O Sicredi Centro Norte, que abrange os estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, segue sua parceria com os produtores rurais e tem um orçamento de R$ 2,363 bilhões em crédito para o Plano Safra 2017/2018. O montante é 47,6% maior que o orçamento da temporada 2016/2017 para a região, quando somou R$ 1,6 bilhão. Em todo o país, o Sistema Sicredi, tem disponível para contratação R$ 14,8 bilhões e projeta atingir mais de 195 mil operações entre custeio, investimento e comercialização. Os recursos podem ser contratados por pequenos, médios e grandes produtores.             As cooperativas do Sistema Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,5 milhões de associados e atuação em 21 estados brasileiros – já estão aptas a receber os produtores que desejam contratar o crédito rural. Para os meses de julho e agosto, o Sistema já disponibilizou R$ 3,73 bilhões em recursos para contratação, sendo que as cooperativas da região Centro Norte ficaram com 12,1% deste volume, com R$ 452,8 milhões disponíveis nas agências do Sicredi.             Focado em apoiar os seus associados por meio de produtos e serviços adequados às suas necessidades, o Sicredi busca disponibilizar crédito consciente. Antes de solicitar o recurso é importante que o produtor rural faça o planejamento técnico da próxima safra, podendo contar com a consultoria da sua cooperativa para identificar a linha de crédito mais apropriada.             O presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Spenthof, destaca o compromisso da instituição financeira cooperativa com a agricultura e pecuária na região, especialmente a agricultura…

Vale informa sobre liminar favorável no caso Onça Puma

A Vale informa que ingressou com mandado de segurança e obteve liminar favorável, concedida ontem (8/10), garantindo o funcionamento da usina de Onça Puma. A liminar também impede que o empreendimento seja lacrado, conforme anterior decisão monocrática do desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, Souza Prudente, na última quinta-feira, dia 5/10. Com relação às atividades de extração mineral de Onça Puma, a Vale informa que vem cumprindo a decisão judicial da 5ª Turma do Tribunal Regional da Primeira Região ( TRF1), a qual determinou a sua paralisação. A Vale informa, ainda, que contra esta decisão interpôs o recurso cabível. A Vale reuniu diversos laudos de empresas técnicas e de profissionais de elevado conhecimento, demonstrando a inexistência de qualquer relação entre os elementos dissolvidos na água e os alegados problemas de saúde com a atividade de mineração de Onça Puma, o que foi também ratificado por laudo emitido recentemente pelos técnicos da SEMAS/PA. O prefeito de Ourilândia, Romildo Veloso e Silva (PSD) participou do protesto desta segunda-feira e se declarou extremamente preocupado com a situação. Para ele, o momento é crítico para o município e não existe nenhuma veracidade nas afirmações de prejuízos causados pelo projeto aos indígenas. “Não há, nas atividades da Vale aqui, nenhum impacto ambiental, social ou econômico que prejudique os Kayapó e muito menos os Xikrin. Isso é uma mentira deslavada e descabida por parte da Funai [Fundação Nacional do Índio] e daqueles que estão em Brasília advogando essa causa”, afirmou. Veloso disse que todas as cidades ao longo da rodovia PA-279 (Ourilândia,…

EspecialPontificadoFrancisco300 ANOS APARECIDASantuário Nacional recebe Rosa de Ouro enviada pelo Papa Francisco

Entrega da Rosa de Ouro foi feita pelo Cardeal Giovanni Batista Re no último dia da Novena a Nossa Senhora
Nesta segunda-feira, 9, foi entregue ao Santuário Nacional de Aparecida a Rosa de Ouro enviada pelo Papa Francisco, por ocasião dos 300 anos de encontro da imagem de Nossa Senhora. 
O presente representa a particular estima do Pontífice por personalidades e Santuários insignes, e já foi entregue duas vezes ao Santuário Nacional de Aparecida, a primeira vez pelo Papa Paulo VI e a segunda, pelo Papa Bento XVI. 
A terceira entrega histórica foi feita pelo Cardeal italiano Giovanni Battista Re, Legado pontifício e representante do Papa Francisco, durante a oração do último dia da Novena.
Após a entrada da imagem de Nossa Senhora, e das homenagens dos missionários redentoristas, Dom Orlando Brandes, Arcebispo de Aparecida, que presidiu a noite da novena, acolheu o Cardeal:
“De onde nos vem a honra de receber o cardeal? Vem em nome do Papa Francisco, vem como peregrino, vem nos confirmar na fé.”, disse, recordando a visita de Nossa Senhora a sua prima Isabel. “Nós o recebemos de braços abertos, é grande a nossa alegria e profunda a nossa gratidão.”
 

Compartilhe:

Americano ganha Nobel por estudos sobre economia comportamental

O americano Richard H. Thaler ganhou nesta segunda-feira (9) o prêmio Nobel de Economia pelos estudos da economia comportamental, anunciou a Real Academia Sueca de Ciências. A informação é da Agência EFE. O prêmio reconhece o trabalho de Thaler por integrar a economia e a psicologia, explorando “como as limitações no racicíonio, as preferências sociais e a falta de autocontrole afetam as decisões individuais e as tendências do mercado”. A Real Academia afirma, além disso, que o americano foi “pioneiro” nessa matéria, ao contribuir para construir uma ponte entre a análise psicológica e econômica dos processos de decisão individual”. A perspectiva de conduta incorpora à economia “uma análise mais realista de como pensam e atuam as pessoas quando estão tomando decisões econômicas”, o que ajuda a “desenhar medidas e instituições que aumentam os benefícios para o conjunto da sociedade”. Essa aproximação da economia difere da teoria tradicional, que assumia que as pessoas tinham bom acesso à informação e podiam processá-la de forma correta, algo que em algumas ocasiões se distanciava muito da realidade. A contribuição de Thaler foi redefinir a análise das decisões, incluindo elementos psicológicos que “influenciam de forma sistemática na tomada de decisões econômicas”. Richard Thaler, de 72 anos, nasceu em East Orange, graduou-se em 1967 na Universidade Case Western Reserve e fez doutorado na de Rochester, em 1974. Antes de começar a trabalhar na Universidade de Chicago em 1995, deu aula na Cornell University, University of Rochester, além de ser professor convidado na Universidade do British Columbia e diversos centros de ensino…

Golpe no WhatsApp sobre ’14º salário’ chega a milhares de internautas

A empresa de segurança brasileira PSafe, desenvolvedora do antivírus DFNDR, divulgou um alerta nesta segunda-feira (9) sobre um golpe que está circulando no WhatsApp prometendo informar aos internautas se eles estariam aptos a receber um “14º salário” oferecido pelo Governo Federal a quem faz aniversário entre os meses de janeiro e junho. Caso caia no golpe, a vítima terá o celular fragilizado e poderá acabar cadastrada em serviços de SMS Premium, que aumentam a conta do telefone ou utilizam créditos pré-pagos. Ao receber o golpe, a vítima deve clicar em um link, responder perguntas — as respostas dadas não influenciam em nada — e encaminhar a mensagem para dez amigos ou grupos do WhatsApp antes de ter a informação desejada. É assim que o golpe acaba sendo disseminado, pelas próprias vítimas, entre os usuários do WhatsApp. Segundo a PSafe, o golpe chegou a 350 mil pessoas em apenas três dias. O funcionamento do golpe é bastante parecido com outros que já circularam pelo WhatsApp. Um diferencial apontado pela PSafe é que, enquanto a vítima vai seguindo as instruções, ela também deve permitir o envio de notificações. “Isso permite que o hacker consiga envolvê-lo em outros golpes no futuro, sem precisar enviar links”, explicou a empresa. A promessa do “14º salário” mencionada pelo golpe é falsa. O governo está, porém, pagando o abono salarial, o que pode confundir algumas vítimas. Antes de encaminhar qualquer mensagem, é importante consultar o órgão do governo ou empresa envolvida para evitar disseminar um golpe. Saiba mais sobre o abono salarial…